GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

sábado, 21 de março de 2015

CONCURSO PÚBLICO: Estado lança edital para seleção de 54 novos professores para a UPE



Durante a plenária do segundo ciclo do Todos por Pernambuco, em Arcoverde, na tarde deste sábado (21), o governador Paulo Câmara assinou dois decretos que vão ampliar e regulamentar o quadro de professores na Universidade de Pernambuco (UPE). O primeiro determina a abertura de edital para um concurso público que preencherá 54 de um total de 280 vagas de docentes na instituição. Já o segundo documento define a distribuição desse total de vagas até 2017. 

A medida é um esforço do Governo do Estado para suprir a demanda urgente e também uma ação estratégica e planejada para solucionar a falta de professores na UPE, uma pauta, inclusive, que foi tratada pelo governador no Todos por Pernambuco de Petrolina, na semana passada, em reunião com o Reitor Pedro Falcão, professores, estudantes e representantes acadêmicos.

Segundo Paulo Câmara, os decretos representam um reforço importante para a Universidade. “Reforçar a UPE faz parte do nosso planejamento, da nossa estratégia e abrange todas as regiões do Estado. Mas vamos priorizar o interior”, argumentou o governador.

A previsão de lançamento do edital de preenchimento das 54 vagas é de 15 dias. Elas serão distribuídas da seguinte forma: Petrolina (20), Garanhuns (14), Serra Talhada (9), Arcoverde (4) e Recife (7). Esse é o segundo edital para seleção de professores lançado pelo Governo do Estado neste semestre. 

Com a assinatura do segundo decreto, ficaram estabelecidos os critérios de distribuição dos 280 novos docentes que serão nomeados nos próximos três anos. O calendário dos certames foi pactuado entre o Estado, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, e Universidade de Pernambuco.

Entre os critérios para alocação dos docentes estão a correlação entre o número de alunos por professor em cursos tecnológicos e de graduação, a consolidação dos cursos de graduação do interior e da Região Metropolitana e a consolidação da pós-graduação stricto sensu.

Vice-reitora da UPE, Socorro Cavalcanti destaca que, com a assinatura dos decretos, Paulo Câmara soluciona o déficit atual de docentes na Universidade. “Teremos uma situação confortável de trabalho pelos próximos três anos. Com essas novas vagas, vamos atender os diferentes cursos, nas diversas regiões do Estado, no Interior e RMR”, ressaltou Socorro, ao salientar que as vagas vão atender aos novos cursos e também repor a vacância por aposentadorias a afastamento.

Prefeitura de Garanhuns já reformou as escolas Abílio Camilo Valença e Francino Albino da Silva



 



NOTA INFORMATIVA

A Secretaria de Educação e Esportes de Garanhuns esclarece que, as informações publicadas ontem (20), no blog VeC Garanhuns, a respeito do sucateamento de escolas municipais, localizadas na zona rural do município, estão desatualizadas. As escolas foram encontradas em mau estado, numa herança da gestão anterior, mas ambas foram reformadas pela atual gestão. Neste sábado (21) foi realizada uma visita às duas instituições citadas na publicação, para comprovar que as informações publicadas não fazem parte da realidade atual das escolas. 

A Escola Abílio Camilo Valença, localizada no sítio São Vicente, recebeu, em janeiro deste ano, alguns serviços de reparo e manutenção, como retelhamento e piso antiderrapante, no pátio, revestimento interno com forro de PVC, nas salas de aula, banheiros e depósito, restauração hidráulica e elétrica, substituição de portas e janelas, pintura nova, paredes dos banheiros com revestimento de cerâmica, entre outros reparos, confirmando assim, que a escola está em perfeito estado de conservação e limpeza.

Já a Escola Francino Albino da Silva, localizada no sítio Estrela, além de reformada, foi, também, ampliada. A instituição está com ótima estrutura física, foi retelhada, forrada internamente com PVC, possui banheiros com revestimento em cerâmica, que contam com acessibilidade, novas portas e janelas, tiveram sua estrutura hidráulica e elétrica restaurada, nova pintura e ampliação de salas. Além dessas e outras melhorias, agora a escola possui, também, sala de leitura e sala de informática.

As fotos das duas instituições, tiradas hoje (21), estão anexadas à nota e confirmam cada informação aqui apresentada.

.
AGORA COMIGO: Excepcionalmente, o blog está excluindo a postagem em que menciona a suposta falta de condições de funcionamento das escolas citadas, reconhecendo a explicação e o serviço realizado pela Secretaria de Educação do município.


Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns‏ tem fim de semana de comemoração pelos seus 115 anos



A Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns (IPCG) completou 115 anos de Fundação no dia 22 de janeiro. O momento foi marcado pela realização de um Culto de Gratidão na IPCG.

Neste fim de semana, sábado e domingo, dias 21 e 22 de março serão realizadas as comemorações oficiais pela passagem da data. Hoje e amanhã a Igreja celebra o aniversário com a participação do Coral Semírames Bezerra, Grupo Voz e Melodia e do Rev. Sérgio Vitalino – Pastor da Igreja Presbiteriana de Boa Viagem (Recife).

O Culto deste sábado (21) está marcado para começar às 19h30 e o de amanhã (22) às 19h. As comemorações pelo aniversário da Igreja seguem por todo o ano.

História

A Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns foi idealizada pelo missionário e médico norte-americano George William Butler - natural da Georgia (EUA). Casado com Humphrey Butler, estudou medicina em Baltimore (EUA) e chegou ao Brasil em 1883. Em 1894, passou a morar em Garanhuns, onde trabalhava como missionário presbiteriano e médico, já que nessa época houve uma epidemia de febre amarela na cidade.

Em 1895, ele fundou a Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns. Neste ano, em Garanhuns, foram batizados os primeiros conversos protestantes presbiterianos. Um deles foi o Reverendo Jerônimo Gueiros, educador e jornalista.

A Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns foi oficialmente organizada em 22 de janeiro de 1900. Seu primeiro pastor foi o Rev. Martinho de Oliveira.

Fonte: Blog Igreja Central de Garanhuns - http://ipcentralgaranhuns.blogspot.com.br/


Texto: Jacqueline Menezes  / Foto: Marcelo Jorge

Caminhada comemora Dia da Água com conscientização ambiental em Garanhuns



Comemorando o DIA MUNDIAL DA ÁGUA, no próximo domingo dia 22 de março, os Amigos Caminhantes do Parque Euclides Dourado, realizarão mais uma grande caminhada ecológica com destino à Nascente Olho D'Água (Boa Vista), em Garanhuns.

A caminhada terá início no Parque Euclides Dourado, às 06h, e fará o trajeto: Rua XV de Novembro, Av. Dantas Barreto, Rua Barão do Rio Branco, Rua Dom José, Rua São Miguel, Av. Bom Bastor e BR 424 até o acesso em frente à Natto.

Participe!

Ministério Público de Pernambuco apoia Rodrigo Janot e ações contra corrupção


O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Carlos Guerra de Holanda, participou de uma reunião com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em Brasília, e procuradores-gerais de Justiça de todo o País, em Brasília. O encontro serviu para Janot solicitar apoio à elaboração de um conjunto de medidas de aperfeiçoamento do processo de recuperação de ativos e de combate à corrupção. “O Ministério Público pernambucano hipoteca apoio ao procurador-geral da República, que vem agindo em consonância com a Carta Magna no combate à improbidade administrativa no Brasil”, disse Carlos Guerra.

De acordo com o chefe do MPPE, “as instituições precisam cumprir seu papel e o Ministério Público tem atuado com firmeza no enfrentamento à corrupção e isso desagrada os infratores”. Ainda na avaliação de Carlos Guerra, todo aquele que lesa o patrimônio público acaba privando o Estado de desenvolver ações em benefício da população. “Isso compromete as políticas públicas nas mais diferentes áreas, a exemplo da saúde, educação, habitação e segurança, e quem perde é a sociedade”, acentuou.

Ao se dirigir aos procuradores-gerais, Janot lembrou que a Constituição dotou o Ministério Público de um arcabouço jurídico que pode ser considerado especial em muitos sentidos. Ele explicou que, antevendo os desafios que a democracia brasileira enfrentaria, cuidou o constituinte de 1988 de "criar uma instituição destacada da esfera dos três poderes clássicos, a quem cometeu a responsabilidade de defender a sociedade brasileira, inclusive contra a força, às vezes, do próprio Estado".

Janot recordou carta encaminhada a todos os membros do Ministério Público brasileiro, no começo do mês, na qual antecipava o cenário político em que provavelmente estaria enredado o MP, após o afastamento do sigilo das medidas que havia adotado contra diversas autoridades da República com prerrogativa de foro. "De fato, não seriam necessários dons premonitórios. A história ensina algo sobre o presente”, pontuou.

Por fim, afirmou causar espécie que vozes do Parlamento, aproveitando-se de uma CPI instaurada para investigar o maior esquema de corrupção já revelado no País, “tenham-se atirado contra a instituição que começa a desvelar a trama urdida contra a sociedade. Pelos esforços do Ministério Público, esse esquema foi exposto ao País e será também pela nossa atuação que os verdadeiros culpados irão responder judicialmente e sofrerão as penas cabíveis".

GRE Agreste Meridional oferece formação continuada para professores de Língua Portuguesa

Gestor da GRE-AM, Paulo Lins, participa do encontro


Professores de Língua Portuguesa do Ensino Médio das escolas da rede estadual de ensino participaram na quinta-feira (19) do encontro de formação continuada oferecida pela Secretaria de Educação de Pernambuco e GRE Agreste Meridional. Divididos nos polos Garanhuns e Lajedo, cerca de 150 educadores estiveram presentes no momento de estudos. 

Além do incentivo às práticas interdisciplinares, o trabalho com atividades diversificadas e o estudo do currículo, a formação visou o aprofundamento de conteúdos definidos para cada unidade didática, no componente curricular de Língua Portuguesa, para a melhoria da prática docente. Para o primeiro bimestre, foram tratados especificamente temas como a relação entre oralidade e escrita; produção de roteiros, vídeos ou peças teatrais; recursos ortográficos e efeitos de sentido. 

As formações para professores do Ensino Médio promovidas pela GRE Agreste Meridional têm como premissa a educação humana integral, referenciada por valores éticos, pelo aprofundamento e produção de conhecimento, tendo como princípios norteadores a articulação teoria, conteúdo e prática, bem como o fortalecimento da utilização de metodologias diversificadas e inovadoras.

Adriano Oliveira: Pesquisa mostra grande aprovação popular do PROUNI, FIES e PRONATEC



Pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) em parceria com o Instituto de Pesquisa MDA constatou que as políticas educacionais criadas nos governos Lula e Dilma são aprovadas pela população brasileira. Apesar do desconhecimento de parte dos entrevistados para com elas. Entretanto, quem já ouviu falar nos programas PROUNI, FIES e PRONATEC os aprovam majoritariamente. O tamanho da aprovação sugere que os referidos programas adquiriram o status de consenso entre os brasileiros.

A pesquisa constatou que 50% dos entrevistados conhecem o PROUNI. Neste universo, 93% o aprovam, 93,6% dos entrevistados afirmam que ele contribui para o crescimento econômico do Brasil, 94% asseguram que o governo federal deve apoiá-lo cada vez mais, e 28% pretendem utilizá-lo. Portanto, os dados mostram que o PROUNI é consenso entre os brasileiros. 

O FIES é conhecido por 47% dos entrevistados. Neste universo, 91% o aprovam, 95,2% afirmam que ele contribui para o crescimento do Brasil, 94% desejam que o governo federal o apoie cada vez mais e 34% frisam que pretendem utilizá-lo. Quanto ao PRONATEC, 34% declaram conhecê-lo. Entre estes entrevistados, 93% o aprovam, 96,7% declaram que ele contribui para o crescimento econômico do Brasil e 30% pretendem utilizá-lo. Portanto, os dados apresentados sugerem que FIES e PRONATEC são, também, consensos entre os brasileiros.

Se tais políticas educacionais conquistaram o consenso na sociedade, qual é a razão delas não continuarem a existir com vigor? No universo de 47% dos entrevistados que declaram conhecer o FIES, 30% frisaram que souberam das recentes medidas do governo federal em relação a ele. A pesquisa revela que parcelas dos entrevistados sabem elencar as diversas medidas, dentre as quais: “reduziu o número de vagas do FIES”, “dificuldade para acessar o FIES” e “diminuição da verba do FIES”. 73% dos entrevistados, no universo de 30%, discordam das medidas do governo em relação ao FIES.

Portanto, os dados apresentados não só apresentam o consenso existente, mas revelam que grande parcela dos brasileiros não está propensa a admitir qualquer retrocesso no âmbito dos programas educacionais. Se parte dos brasileiros não deseja o retrocesso, observo que eles reconhecem a educação como instrumento eficiente para o crescimento econômico, a redução da desigualdade social, e, por consequência, como indutor da inclusão social. 

Adriano Oliveira – Doutor em Ciência Política. Professor da UFPE. Consultor do IPMN. Sócio da Cenário Inteligência. Coordenador da Pesquisa.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.