GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 21 de abril de 2015

PERNAMBUCO DE LUTO: Secretaria de Cultura e Fundarpe lamentam morte de Mestre Camarão



As portas do céu se abriram no feriadão e três pernambucanos subiram para lá. Depois de Manoel Santos, o mundo da política ficou chocado com a morte prematura de Pedro Eugênio. E pra findar, a arte perdeu o Mestre Camarão.

Instituições, gestores públicos e artistas passaram o dia lamentando, através de notas, a morte do Mestre Camarão. 

A Secretaria de Cultura de Pernambuco e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) emitiram nota pelo falecimento do sanfoneiro Camarão, na manhã desta terça-feira, em função de complicações provocadas por uma infecção generalizada. Mestre para mais de 150 sanfoneiros, ele era patrimônio vivo do estado desde 2003 pelas contribuições prestadas à cultura pernambucana.

Na nota enviada à imprensa, o secretário de Cultura, Marcelino Granja, e a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, destacam a contribuição de Camarão para cultura nordestina.

Confira o texto:

"Em nome de todos que fazem a gestão estadual de Cultura, o secretário Marcelino Granja e a presidente da Fundarpe, Márcia Souto lamentam o falecimento do sanfoneiro Camarão, patrimônio da cultura pernambucana. Nascido Reginaldo Alves Ferreira, o nosso mestre da sanfona partiu na manhã deste 21 de abril, aos 74 anos. 

Natural de Brejo da Madre de Deus, Camarão dedicou a maior parte de sua vida à música, sobretudo, à sanfona. O interesse pelo instrumento surgiu dentro da própria família. Foi nos oito baixos do seu pai que ele tocou “Maria Bonita” com apenas sete anos de idade. Aos 20, ingressou na Rádio Difusora de Caruaru e já com uma carreira bastante influenciada por Luiz Gonzaga, criou em 1968 a primeira banda de forró do Brasil, a "Banda do Camarão". 

Após mais de meio século animando a música nordestina e formando novos sanfoneiros - especialmente na Escola Acordeom de Ouro, fundada por ele e localizada em Areias (Recife) -, Camarão parte deixando um rico repertório e um exemplo de dedicação à difusão da nossa cultura. Que a alegria de suas imortais criações e seu exemplo de mestre generoso sigam inspirando não apenas as novas gerações de sanfoneiros, mas a todos nós, que assumimos como missão contribuir para a formação cultural da nossa gente".

Marcelino Granja (Secretário de Cultura de Pernambuco) 
Márica Souto (Presidente da Fundarpe)

Arcoverde participa do Recife Antigo de Coração e lança São João 2015. SAIBA MAIS!



Arcoverde, a capital do São João visita o Recife Antigo de Coração, nesse domingo (26), Marco Zero. A cidade sertaneja aproveita o momento para lançar a edição 2015 dos festejos juninos, que acontecem entre os dias 19 e 28 de junho.

Com o tema “O Reino do Baião na Capital do São João”, o Portal do Sertão se transforma em reino de um dos mais importantes ritmos da trilogia musical nordestina do FORRÓ – o XOTE, o XAXADO e o BAIÃO.

“Esse tema, pois, se encaixa perfeitamente no conceito do SÃO JOÃO DE ARCOVERDE, a partir do momento que interage, de forma harmônica, com o padrão temático das edições anteriores, tão apreciada por turistas e nativos”, declara o Secretário de Turismo e Eventos, Albérico Pacheco.

Na ocasião do Recife Antigo de Coração, a programação começa pela manhã com feirinha típica, exposição de imagens, artesanatos e degustação gastronômica. À tarde, a partir das 14h, as apresentações culturais começam com o Tricampeão do Carnaval do Recife, o Boi Maracatu, seguidos dos forrozeiros arcoverdenses e homenageados do São João desse ano, Paulinho Leite, Mazinho, Wagner Carvalho, George Silva e no encerramento o Coco Raízes de Arcoverde.

O evento é uma realização da prefeitura de Recife, com a participação especial de Arcoverde e apoio da Associação das Secretarias de Turismo – Astur, idealizadora e incentivadora da inclusão dos municípios no programa da capital pernambucana.

SÃO JOÃO 2015 – Assim como em anos anteriores, a estrutura do São João de Arcoverde 2015 vai oferecer ao público 10 polos de animação, sendo 08 com atrações artísticas e culturais, proporcionando a apreciação de shows, espetáculos teatrais e recitais. Os espaços serão divididos em: Multicultural, Artes, Pé de Serra, Multimusical, Forrogospel, Vila de Rio Branco, Gastronomia, Diversão, Raízes do Coco e Budega da Poesia.

O São João é o segundo mês mais rentável para Arcoverde, perdendo apenas para as festas de fim de ano. Em 2015, devido à crise, o investimento municipal deve diminuir e ser ampliada a captação de recursos por meio de patrocínios. Toda essa estrutura gera cerca de quatro mil empregos temporários, diretos e indiretos, e um grande incremento na economia, promovendo o turismo e proporcionando maior visibilidade a cidade.

“A programação do melhor São João do Nordeste será lançada aos poucos. Manteremos a tradição do evento multicultural, porém explorando o tema atrelado as homenagens aos forrozeiros de Arcoverde. O arrasta pé está garantido, além da forte cultura dos bois, samba de coco, quadrilhas temáticas, poetas declamadores e sons alternativos como, rock e jazz”, finaliza o secretário de Turismo, Albérico Pacheco.

Divulgação: Robson Lima

ELEIÇÕES 2016: Caldeirão começa a esquentar na política de Bom Conselho

As eleições do próximo ano estão começando a esquentar, como já falamos aqui, em vários municípios da região. Na maioria deles ainda não estão definidos os adversários, mas os nomes começam a surgir. Onde tem o prefeito candidato a reeleição, é a oposição que precisa articular e criar opções viáveis para a disputa, nem sempre é fácil, pois em alguns casos existem muitos grupos políticos, a exemplo de Garanhuns e Bom Conselho.

Na Terra do Papacaça o prefeito Dannilo Godoy parte para tentar a reeleição, mas por lá o eleitorado é arredio. É curioso perceber que nunca um prefeito foi reeleito, o que é um dado que liga o sinal de alerta dos governistas. A situação financeira atual também prejudica Dannilo, e o distanciamento com grupos que foram importantes em sua eleição também.

A favor do prefeito está o fator de disputar a reeleição comandando o município e ter se aproximado da Frente Popular, trocando o palanque de Armando Monteiro pelo de Paulo Câmara, isto pode lhe dar mais tranquilidade, pois disputaria a eleição com um candidato apoiado pelo Governo Estadual. Não deve mais acontecer isto, pois o prefeito tem agora o comando do PSB.

Uma pesquisa, nos bastidores, feita por pré-candidatos, mostra que os nomes que podem concorrer à prefeitura são conhecidos do eleitorado, como Judith Alapenha, Boanerges, Washington, além do Coronel Campos, que foi bem votado para deputado na terrinha.

Outra surpresa significante foi ter aparecido na pesquisa um dos filhos do ex-prefeito Audálio Ferreira. Segundo nossa fonte, é um bom nome. Mas não disse qual deles seria.

A pesquisa teria apontado certa rejeição à administração municipal.

A eleição de Bom Conselho tem tudo para ser equilibrada, principalmente se as oposições conseguirem se entender, como fizeram em 2012.

Capoeiras agora tem curso de Pós-Graduação




As professoras Juliana Melo e Izabel Marina estão trazendo com exclusividade para Capoeiras os cursos de Pós-Graduação em Gestão Psicopedagogia Institucional Clínica, Libras Educação Inclusiva, pela FUNESO/UNESF. 

É uma oportunidade única, pois é faculdade credenciada pelo Capes, Mec, Funeso, e todos os professores são da Universidade Federal, qualificados em Mestrado e Doutorado.

As aulas estão previstas para o início do mês de maio, em Capoeiras, e as matriculas já estão sendo feitas no Instituto Monteiro Lobato. E em Caetés, na Escola Nsa. Sra. do Perpétuo Socorro, ao lado do Colégio Municipal. 

A mensalidade é de apenas R$ 180,00, e com aulas duas vezes por mês. 

Contato:  
(87) 9632-1472 ou 9604-1136

Com informações de Gilmar Alves, direto de Capoeiras

REPORTAGEM FOTOGRÁFICA: Formatura dos 825 novos sargentos e cabos do Corpo de Bombeiros‏ de Pernambuco








O governador Paulo Câmara promoveu, nesta segunda-feira (20), 1.920 policiais militares e bombeiros, em mais uma demonstração da prioridade que a segurança pública terá na sua administração. Eles integram um grupo de 7.119, cuja ascensão na carreira já havia sido autorizada pelo chefe do Executivo estadual em março. Até o final do ano, quando esses profissionais assumirem seus novos postos, o Governo terá realizado a maior promoção da história das duas corporações em Pernambuco.

À tarde, o governador condecorou 1.095 praças e oficiais da PM em cerimônia no Quartel Geral do Derby. Após entregar as insígnias aos policiais, Câmara foi ao Centro de Convenções presidir a mesa da formatura de 410 novos sargentos e 415 novos cabos do Corpo de Bombeiros.

"Tenho a honra de, ainda no primeiro ano do meu governo, viabilizar a maior promoção da história da PM e dos Bombeiros. Junto com cada um de vocês vamos oferecer as condições para cuidar ainda mais da segurança dos pernambucanos. O povo de Pernambuco espera de nós um trabalho que melhore a sua vida. Não tenho dúvida que essas promoções concretizadas hoje nos colocam no caminho certo", cravou Paulo Câmara.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, viabilizar as promoções não foi fácil. "Esse ato materializa a preocupação do Governo do Estado com a valorização das pessoas. Nenhuma instituição, por mais investimento que seja feito, será uma instituição respeitada se não houver essa prioridade", comentou.

Comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Antônio Francisco Pereira Neto afirmou que as promoções representam o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela corporação. "É mais um gesto de sensibilidade do governador. E nós vamos responder à essa confiança", ponderou.

Já o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Cunha, enalteceu "o gesto nobre" do governador. "Nós crescemos com a nossa emancipação, em 1994, e com a injeção de recursos por parte do Governo Eduardo Campos, em 2007. Agora, também crescemos como pessoas, através do resgate das promoções viabilizado por Paulo Câmara", frisou.

INCLUSÃO - A solenidade do Corpo de Bombeiros também foi marcada por duas homenagens: ao ex-governador Eduardo Campos, representado pelo seu filho João Campos, e ao cabo Gil Sormany, que ficou afastado das suas atividades por cinco anos após perder a visão em decorrência de um tumor.

Mesmo sendo considerado inválido para a atuar como bombeiro, Gil Sormany não desistiu de voltar às suas atividades. Em 2013, quando tomou conhecimento do desejo do militar de retornar ao trabalho, Eduardo Campos assinou um decreto que garante o retorno do qualquer bombeiro, policial civil ou militar, que tenha se tornado deficiente. Depois de passar por um treinamento, Gil Sormany se transformou no primeiro bombeiro reintegrado à corporação do Brasil.

NOTAS DE PESAR: Mundo da política lamenta morte de Pedro Eugênio




Pedro Eugênio foi um quadro qualificado da política de Pernambuco e sempre se destacou nas funções públicas que exerceu, em nível estadual e nacional. Quero apresentar minhas sinceras condolências aos seus familiares e aos seus companheiros da sua longa militância social e política”.
Paulo Câmara
Governador do Estado de Pernambuco

É um momento de luto no PT de Pernambuco. Lamento profundamente a morte do amigo e companheiro Pedro Eugênio. Mesmo nos momentos mais difíceis, Pedro nunca perdeu o bom humor e nem sua capacidade de resistir e lutar. Na época da ditadura militar, foi preso e torturado, mas manteve sempre os seus valores e aquele ideal de vida, que nos leva pra frente sempre: um Pernambuco e um Brasil mais justo. Perdemos um dos maiores quadros do nosso partido no Estado e no País.
Pedro Eugênio foi deputado estadual, federal e secretário ainda no governo de Miguel Arraes, além de diretor do Banco do Nordeste. Sua atuação política sempre foi pautada pela ética e pela dedicação às causas daqueles que mais precisam. Assim como Manoel Santos, Pedro também sempre foi comprometido com a luta do homem do campo. Ele deixa uma lacuna na política e uma saudade enorme. Toda minha solidariedade à família neste momento. 
Humberto Costa
Líder do PT no Senado

O falecimento do ex-deputado federal Pedro Eugênio foi um grande choque para todos nós. Conheci Pedro ainda nos anos 80 e estivemos juntos, diversas vezes, nas mesmas lutas. Pedro sempre foi um homem correto e que soube fazer política discutindo ideias. Um técnico admirado por todos, de grande visão estratégica e compreensão da realidade brasileira. Seu desaparecimento nos enlutece a todos. Desejamos que a família encontre conforto e paz de espírito neste momento de tanto sofrimento.
Fernando Bezerra Coelho
Senador PSB/PE

Com a morte de Pedro Eugênio, Pernambuco perde um dos seus quadros mais respeitados e admirados, sobretudo pela maneira íntegra, séria e correta com que fazia política, mas também por seu excepcional desempenho técnico. Em todas as funções que ocupou, no Executivo e no Legislativo, Pedro Eugênio conseguia aliar as habilidades de liderança política com as qualidades de um economista com sólida formação. Além de tudo isso, era um amigo de todos, alguém que sabia viver de maneira leve e feliz.
Que Deus abençoe e conforte toda a sua família.
Douglas Cintra
Senador - PTB/PE

Pedro Eugênio em todas as atividades que exerceu sempre demonstrou competência e zelo pela coisa pública. Tive a oportunidade de ter sido colega de bancada na Câmara dos Deputados e sou testemunha de seu empenho e trabalho em prol do nosso Estado. Na atividade parlamentar, dentre outras, ele foi um grande defensor das micros e pequenas empresas. Um homem brilhante, que sem sombra de dúvidas irá fazer muita falta a Pernambuco. Quero aqui prestar minha solidariedade a sua família e aos seus amigos.
Jorge Côrte Real
Deputado Federal - PTB/PE


A política pernambucana perde um de seus melhores quadros, um homem público de grande dimensão e comprometimento. O desaparecimento do ex-deputado federal Pedro Eugênio (PT) deixa consternados não apenas aos que tiveram o privilégio de conhecê-lo e com ele conviver, mas também o conjunto da sociedade de Pernambuco e os que fazem a política brasileira.
Pedro Eugênio foi um dos homens públicos mais preparados que Pernambuco teve o privilégio de contar nas últimas décadas. Sua formação de economista, aliada à sensibilidade social, deram imensa contribuição às conquistas de nossa população.
Sua passagem pela Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados também trouxeram um legado de avanços para Pernambuco.
Líder partidário que valorizava o diálogo, parlamentar brilhante e dotado de imensa energia para o trabalho, Pedro Eugênio deixa uma lacuna e o exemplo para os que querem abraçar a vida pública como missão.
Aos seus amigos, familiares e correligionários, expressamos nosso mais profundo pesar.
Deputado Estadual Silvio Costa Filho (PTB)
Líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco


Pedro Eugênio sempre nos recebeu muito bem em Brasília durante os seus mandatos de Deputado Federal. Era um homem comprometido e zeloso nas funções públicas que desempenhou. Um apaixonado pela política e pelo estado de Pernambuco pelo qual sempre trabalhou e se dedicou. Junto com Manoel Santos, outro nome do PT de Pernambuco que nos deixou esta semana, Pedro Eugênio era comprometido com a luta do homem no campo. Deixo aqui as minhas condolências e solidariedade à família deste grande homem.”
Izaías Régis Neto 
Prefeito de Garanhuns - PE


Há um ano e meio, blog registrou momento político histórico com Eduardo Campos, Pedro Eugênio e Manoel Santos

Respeito e amizade, mesmo nos momentos mais difíceis marcaram a vida de Eduardo, Pedro e Manoel


Era 21 de outubro de 2013, e a ruptura entre o PT e o PSB chegava ao ponto do Partido dos Trabalhadores deixar o governo de Pernambuco, anunciando oficialmente a Eduardo Campos que estava entregando os cargos, ou melhor, quase todos os cargos, pois muita gente permaneceu, dando origem ao que a imprensa chamou de queijo-do-reino, vermelho por fora e amarelo por dentro. O principal motivo da saída era o desconforto gerado pela crescente crítica de Eduardo a Dilma Rousseff, colocando-se como pré-candidato a Presidente da República.

A foto registra o então presidente do PT estadual, Pedro Eugênio, Deputado Federal, acompanhado de Manoel Santos, líder da Fetape, dos trabalhadores rurais e deputado estadual, em um encontro protocolar, porém, com o respeito e a amizade que sempre marcaram as relações destas grandes lideranças.

Pois é, um ano e meio depois, Pernambuco não tem mais Eduardo Campos, Manoel Santos nem Pedro Eugênio...

A foto e a reportagem original do blog e você podem recordar clicando aqui.

PT perde mais uma grande liderança, morre Pedro Eugênio



O Partido dos Trabalhadores (PT) acaba de perder mais um grande nome. Faleceu há pouco mais de uma hora o ex-deputado federal pernambucano Pedro Eugênio, de 66 anos. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do PT em Pernambuco, Bruno Ribeiro. O político estava internado há três meses no Hospital São José – Beneficência Portuguesa, em São Paulo, devido a complicações cardíacas. Na semana passada voltou para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e não resistiu.

“Não conseguimos nem nos recuperar da perda de Manoel (deputado estadual petista Manoel Santos, que morreu no último dia 19) e recebemos agora esta notícia. Para mim é uma perda política e pessoal”, destacou Bruno, que esteve há vinte dias com Pedro, que, mesmo no hospital, celebrava a chegada da primeira neta.

Os problemas cardíacos de Pedro Eugênio começaram há quatro anos. Durante uma reunião na sede da Amupe, ele passou mal e precisou ser socorrido às pressas. Exames apontaram que ele tinha um aneurisma no coração. O político passou por uma cirurgia e conseguiu se recuperar bem. Porém, há três meses, depois de passar por exames, identificou novas complicações.

Para saber mais: Blog do Jamildo

Para ter apoio no Congresso, Dilma aumenta fundo partidário para quase R$ 1 bilhão


A presidente Dilma Rousseff vai sancionar o Orçamento de 2015 sem vetar a emenda que triplicou os recursos destinados ao Fundo Partidário, o principal mecanismo hoje de financiamento dos partidos. Em comparação a 2014, a verba vai triplicar.

Originalmente, a peça orçamentária destinava R$ 289,5 milhões para o fundo. O relator do Orçamento no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), foi o responsável por alterar o valor para R$ 867,5 milhões.

Dado o impacto da medida nas contas públicas em pleno momento de ajuste fiscal, a expectativa era de que Dilma vetasse o aumento.

Mas a necessidade de recompor sua base de sustentação no Legislativo justamente para a aprovação das medidas que compõem o ajuste, além da aprovação do indicado por ela para o Supremo Tribunal Federal, Luiz Edson Fachin, levaram o governo a recuar do veto.

O fundo partidário é usado para custear os gastos dos partidos, financiado com recursos públicos. Cabe às siglas definir como são utilizados.

Outra medida que impacta diretamente os cofres do governo, incluída no Orçamento de 2015, é o repasse de recursos obrigatórios para emendas parlamentares, que somam R$ 12,3 bilhões.

O governo já tinha assumido anteriormente o compromisso de não vetar os R$ 10 milhões que cada um dos 267 novos deputados e senadores, que, por não estarem na legislatura passada, não teriam direito a emendas.

A medida custará R$ 2,68 bilhões a mais no repasse das emendas. O valor será somado aos R$ 9,69 bilhões destinados aos congressistas antigos.

No total, o Orçamento saiu do Congresso com o acréscimo de R$ 13 bilhões em relação ao valor encaminhado pelo governo.


SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.