HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

terça-feira, 5 de maio de 2015

TV JUSTIÇA: Escritor de Garanhuns fala da influência do Festival de Inverno em sua obra. VEJA O VÍDEO!



O programa Iluminuras da semana passada (24/04/2015), exibido pela TV Justiça, recebeu os escritores Luciano Junior e Camila Silvério. O primeiro é autor do livro “Desilusões apaixonadamente amorosas”. Já a segunda é responsável pelo capítulo sobre multiparentalidade da obra “Novas Tendências do Direito das Famílias”.

Luciano Junior tem, apenas, 19 anos. Nascido em Garanhuns, o pernambucano falou sobre a influência do Festival de Inverno da cidade na sua obra e sobre os gêneros literários que mais lê. Gosta, principalmente, de ficção. E revela que seu livro mistura casos reais e outros “nem tanto”. “Tem um pouco das minhas histórias – eu peguei as minhas decepções e coloquei no livro. Mas, no geral, é uma obra ficcional. São histórias criadas a partir das minhas e das histórias que eu li ou ouvi”, afirma.

No segundo bloco do Iluminuras, a escritora Camila Silvério conta o que a levou a cursar a faculdade de Direito após estudar Administração de Empresas. Conta, também, quais são seus escritores preferidos e explica detalhes da multiparentalidade – tema que desenvolveu em “Novas Tendências do Direito das Famílias”. “Hoje em dia, há muitos casos de famílias reconstituídas. São famílias em que o pai já tem filhos e a mãe também. Esse pai e essa mãe formam uma ‘nova’ família. E a relação de afetividade que se forma entre essas pessoas gera a vontade do ‘novo’ pai e da ‘nova’ mãe de registrar seus ‘novos’ filhos”, conta.

Com informações: Assessoria Melanogaster Entretenimento

Vereador pode receber 13º Salário?? TCE-PE responde!




Vereador pode receber o 13º salário, desde que o pagamento esteja previsto em resolução da Câmara ou em lei municipal. Foi esta a resposta dada pelo TCE na sessão do Pleno da última quarta-feira (29) por meio de um processo de consulta (TC n.º 1501969-0) que teve como relator o conselheiro Ranilson Ramos.

O consulente, Flaviano Assis de Andrade, presidente da Câmara Municipal de Lajedo, fez três questionamentos ao TCE, a saber: a) É possível o pagamento de 13º salário aos vereadores? b) Sendo possível, o valor que deixou de ser pago no exercício anterior pode ser pago no exercício seguinte? c) Sendo possível o pagamento no exercício seguinte, o valor será considerado para cálculo do limite de despesa com a folha de pagamento?

O conselheiro Ranilson Ramos disse que a consulta atendeu aos pressupostos de admissibilidade e que a questão principal já foi alvo de apreciação por parte do TCE.

MÉRITO - Na análise do mérito, respondeu ao consulente nos seguintes termos: a) Em ano de eleições municipais, os subsídios dos vereadores para a legislatura seguinte devem ser fixados antes do pleito eleitoral, observando-se o princípio da anterioridade e os limites remuneratórios estabelecidos pela Constituição; b) O 13º salário pode ser atribuído aos vereadores, desde que previsto em resolução ou em lei municipal; c) Por ter natureza remuneratória, o 13º salário deve ser computado para fins dos limites constitucionais e da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Acompanharam o voto do relator os conselheiros Carlos Porto, Teresa Duere, Marcos Loreto e Dirceu Rodolfo. O procurador geral Cristiano Pimentel representou o Ministério Público de Contas.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 30/04/2015
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco

CONCURSO BANCO DO BRASIL



Conforme previsto, sai o resultado final do concurso público para escriturário do Banco do Brasil (BB). A informação é do Diário Oficial da União desta segunda-feira (04). No endereço eletrônico da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br), organizadora do certame, o candidato pode verificar sua colocação utilizando o número do CPF.

A prova objetiva do certame ocorreu no dia 15 de março deste ano em 15 estados do País: Pernambuco, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Ceará, Maranhão, Rondônia, Roraima, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

A seleção oferece 2.499 vagas para a função e contabilizou 534.995 inscritos. Segundo a instituição, houve aumento de 58% de participantes em relação ao último concurso da empresa, ocorrido em 2012.

Novo Concurso

O BB deve lançar mais um edital de concurso público para a mesma função neste ano. Os estados contemplados devem ser Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Amazonas. O prazo de validade do último processo seletivo para esses locais encerra-se em setembro de 2015. Já em São Paulo, não contemplado em nenhum dos dois certames, o tempo de espera para o lançamento de uma nova seleção deve ser um pouco maior. O último concurso para o cargo no estado deve ter a validade prorrogada por mais um ano, até abril de 2016.



NEY VITAL: Blogueiro de Petrolina se apaixona pela Budega de Zé, em Garanhuns

O blogueiro Ney Vital, de Petrolina, forrozeiro de primeira, veio conferir o Festival Viva Dominguinhos, que aconteceu no feriadão do final de semana. Dentre várias postagens que fez sobre o evento, Ney enalteceu o verdadeiro forró pé-de-serra da Budega de Zé, bar de Garanhuns que valoriza a prata da casa e a música do Mestre Dominguinhos. Vale a leitura.


De espírito empreendedor, Luiz de Barros Silva Neto – mais conhecido como Neto – é movido pela busca de sempre inovar e surpreender seu público. Ele é o gerente, proprietário da Cachaçaria A Budega do Zé, localizada em Garanhuns, Pernambuco, uma referência na cidade, berço do sanfoneiro Dominguinhos.

A cachaçaria foi criada pelo saudoso Zé de Barros, há 10 anos. O filho, Neto, prossegue a tradição da cachaçaria e oferece novos e exclusivos produtos no mercado, aliado ao atendimento da gastronomia, que vai da tripa aos mais refinados pratos.

A cachaçaria serve mais de 99 rótulos de sabores de cachaça de primeira qualidade. Vai do gengibre a rapadura. Todas deliciosas.

Jadson, do Forró do Matuto
A Cachaçaria é lider no segmento restaurante/bar, sendo reconhecidos como as melhores opções de lazer e gastronomia brasileira em Garanhuns. O ambiente reúne culinária de excelência, diversidade de bebidas e produtos exclusivos e uma arquitetura rústica..

A Budega do Zé é um espaço cultural, os amigos, visitantes, clientes e turistas escutam no ambiente forró do bom, pop, e até rock. Funciona de segunda a sábado.

Durante o Festival Viva Dominguinhos, a atração foi o sanfoneiro e cantor Jadson- O Matudo do Acordeon. “É um ambiente muito acolhedor. Garanhuns é aqui que venho nas horas de lazer”, diz a médica Juliana Cavalcanti, que veio de Minas Gerais, participar do evento.

O empresário Anésio Lino, o Neto Tintas, aponta que o empreendimento é de festa e boa música. “O espaço foi criado para ressaltar a brasilidade desde a gastronomia e a bebida, até a decoração e a música. Na Budega do Zé você encontra um pedaço da formação da história musical do Brasil”, finalizou o empresário que mora em Petrolina.

RESISTE OLHO D'ÁGUA: Priscila Krause entra na briga em defesa de nossas fontes e nascentes






Conforme antecipamos na quinta-feira, a Deputada Priscila Krause esteve visitando a Nascente Olho D'Agua em Garanhuns, que vem despertando a militância dos garanhuenses em defesa da natureza e das nossas fontes e nascentes.

Neste final de semana prolongado do Dia do Trabalhador, Pricila aproveitou para conhecer a reserva ecológica e a Nascente Olho D'Água, localizada no Sítio Olho D'Água, integrantes da Bacia Hidrográfica do Rio Mundaú.

Acompanhada por amigos e assessores, a Deputada foi recepcionada pelos proprietários da reserva Fernando Luna, Socorro Alves e Matheus Alves. Estavam também presentes; Luis Sebastião, Presidente do Conselho Municipal de Defesa do Consumidor de Garanhuns-CODEMA , a ONG ECO-NORDESTE, representada pelo Professor Renato Mattos e pela jornalista e blogueira Waldéria Santana. 

Após ouvir atentamente todos os relatos e informações históricas e técnicas do eco-sistema formado pelo resquício de Mata Atlântica e pelo manancial, teve a oportunidade de conhecer as canaletas do equivocado e desastroso sistema de drenagem da COHAB II e Loteamentos, que vem contribuindo para a formação de gigantesca erosão com a finalização de uma enorme voçoroca. 

Pelas ligações de esgotos domésticos e fossas, esse sistema de "drenagem" está provocando a contaminação do reservatório conhecido como Açude Novo, responsável pelo abastecimento de água de Garanhuns.

Ao final, a Deputada Priscila Krause​, mostrou-se muito interessada em colaborar para, através de propostas e ações de curto, médio e longo prazo, possamos enfrentar os riscos de novos e iminentes desastres ambientais.​

PERNAMBUCO: Líder do Governo faz desafio à oposição



O líder do Governo na Assembleia Legislativa, Waldemar Borges (foto), respondeu na tarde desta segunda-feira (04.05) as críticas da Oposição sobre o atraso nas obras de Navegabilidade do Rio Capibaribe e fez um desafio à bancada. 

“Vamos listar todas as obras que interessam a Pernambuco e analisar onde é que há entrave. Vamos localizar se esse entrave se dá em nível estadual, federal, em função da complexidade da situação, se ele se dá em função de questões ambientais, por conta de questões municipais ou se é de ordem financeira. Transposição, Transnordestina, Adutora do Agreste, Arco Metropolitano, vamos ver que esfera de poder está emperrando essas obras. Vamos analisar cada uma e nos juntar todos para resolver esses entraves, obra por obra. Faço esse desafio à oposição para o bem de Pernambuco. O que não se pode fazer é ficar tentando, num movimento próprio de quem sabe que é inadimplente em termos de cumprimento de prazos, responsabilizar a vítima, no caso o Governo de Pernambuco e a população pernambucana”, ressaltou.

O deputado explicou que a navegabilidade do Rio Capibaribe é uma obra de R$ 203 milhões, sendo R$ 170 milhões de responsabilidade do Governo Federal e R$ 32 milhões do Estadual. “A contrapartida do estado quase toda já foi dada. Já do Governo Federal chegou muito pouco”, disse, acrescentando que só em janeiro o Governo recebeu o posicionamento da CAIXA em relação ao projeto, após 10 meses dele ter sido entregue e de incontáveis idas e vindas do projeto”, disse. 

“Passaram-se 10 meses para que, em janeiro, o Governo Federal devolvesse o projeto. Tivemos que segurar o ritmo da obra o ano passado porque as regras do PAC Grandes Cidades - que financia o Projeto de Navegabilidade – diz que caso o Estado fizesse o avanço destas obras não teria direito ao ressarcimento dos recursos pagos. Até entregar o projeto, a CAIXA fez mais de 10 novas exigências ao governo. Lamentavelmente isso não é incomum quando se trata do Governo Federal, na verdade é um pouco a regra. Estão aí outras obras importantes pra Pernambuco, como a Transnordestina e a Adutora do Agreste caminhando (lentamente) no mesmo sentido”, completou.

Por fim, o líder do Governo enfatizou que há uma dificuldade do Governo Federal de analisar com agilidade esse tipo de projeto. “O passado e o presente das obras federais revelam as dificuldades deles no que diz respeito à execução de obras. Não é por outra razão que a obra a mais tempo em execução no planeta Terra é a Transposição do Rio São Francisco. O Governo Federal não é exatamente o melhor exemplo quando se trata do problema de execução de obras. Por outro lado, o Governo do Estado nesses oito anos entregou uma quantidade de intervenções e de obras que testemunham exatamente uma agilidade que Brasília já não tinha antes de quebrar o País, agora então, nem se fala!", concluiu.

CHARGE DO DIA: Os Ministérios do PMDB



Seria cômico, se não fosse trágico!

Arte: Alpino

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.