GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

sábado, 6 de junho de 2015

Suicídios em Bom Conselho




Mostramos aqui, esta semana, o lançamento de um documentário da psicanalista e cineasta Isabela Cribari sobre o alto número de suicídios em Itacuruba, Sertão de Pernambuco (relembre aqui).

Bem mais perto de Garanhuns, o município de Bom Conselho também merece um olhar especial das autoridades de saúde e outras áreas que possam detectar motivos e soluções para este grave problema social.

Com população que não chega à metade de Garanhuns, a Terra dos Papacaças tem ganhado destaque nos noticiários por tragédias familiares, com suicídios pelos mais variados motivos.

O blogueiro Cláudio André relata que na manhã desse sábado (06), foi localizado em uma propriedade rural um homem enforcado uma árvore. A decisão suicida se deu após desentendimentos com a esposa, que teria saído de casa. 

O suicídio tem sido uma alternativa comum após este tipo de problema, tão comum na sociedade moderna, mas que em Bom Conselho tem tomado proporções além da média.

Triste e assustador.

GARANHUNS: Chuva abaixo da média preocupa Governo Municipal



A precipitação pluviométrica acumulada no período de janeiro a maio de 2015, em Garanhuns, Agreste Meridional do Estado, ficou em apenas 129,9 mm, enquanto que a média dos últimos dez anos foi de 400,1 mm, ou seja, choveu apenas 32,5% do esperado no período. A explicação para isso é que no oceano Pacífico as Temperaturas da Superfície do Mar (TSM) estão mais aquecidas do que o normal, indicando a condição de El Niño – que é um fenômeno causado pelo aquecimento das águas do Pacífico, além do normal, afetando o clima.

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento de Garanhuns, Epaminondas Borges Filho, esse volume de chuvas é preocupante. “A quantidade de chuvas que caiu até agora é menor do que no mesmo período em 2012, quando a região passou pela pior seca das últimas décadas”, relembra. O titular da pasta alerta: “Em 2012, os produtores possuíam água nos açudes e reserva de alimentos para o rebanho, como palma, capineira e silagem, o que não observamos agora na maioria das propriedades”, acrescenta.

Sustentabilidade – Diante de tal cenário, a indicação dos técnicos da área ambiental é que a população, tanto da zona urbana, quanto da área rural, possa economizar água em reservatórios e, na utilização diária, economizar na quantidade. As atividades de limpeza da casa, tempo no banho e outros serviços domésticos precisam ser revistos nas residências para que não falte água por um período ainda maior.

A previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), para o trimestre de maio a julho deste ano é de chuvas abaixo do normal para a Região Metropolitana do Recife (RMR), Zona da Mata e Agreste.

SECOM GARANHUNS

PACTO PELA VIDA: Cai número de homicídios no mês, mas oposição aponta crescimento no acumulado do ano



O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), chamou a atenção nesta sexta-feira (05) para o aumento do índice de homicídios no Estado em 2015, em comparação ao mesmo período do ano passado. Para ele, o resultado divulgado ontem pelo Governo do Estado – de 12 homicídios a menos este ano com relação a 2014 – merece ser comemorado, mas é preciso que se fique atento ao acumulado do ano, que ainda apresenta um crescimento elevado.

“Mesmo com esta leve redução que tivemos no mês de maio, é importante registrar que nós tivemos 168 homicídios a mais este ano em comparação com os primeiros meses de 2014. A verdade é que a violência, infelizmente, cresceu no Estado”, reforça.

Silvio diz esperar que o resultado de maio seja o início da queda de uma tendência de aumento na criminalidade que perdura desde o ano passado, e que se consiga reduzir a trágica média de mais de 10 assassinatos em Pernambuco por dia.

“É importante ressaltar ainda que o Pacto pela Vida precisa retomar o seu propósito inicial, que é o de reduzir o número de assassinatos em Pernambuco em 12% ao ano. Infelizmente, em 2015, ainda não temos esta perspectiva”, afirma o parlamentar, que cobra do Governo do Estado medidas como uma política de valorização dos profissionais de segurança pública e a retomada do modelo de condução do Pacto pela Vida.

NÚMEROS

Dados oficiais da Secretaria de Defesa Social indicam que: 
·         Entre janeiro e maio de 2014, Pernambuco teve 1.446 assassinatos
·         Em 2015, esse número sofreu foi ampliado para 1.614 homicídios. 168 mortes a mais
 TABELA 2014/2015 
Mês
2014
2015
Janeiro
256
323
Fevereiro
261
324
Março
311
334
Abril
296
323
Maio
322
310
TOTAL
1.446 homicídios
1.614 homicídios

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.