GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

sábado, 6 de junho de 2015

Suicídios em Bom Conselho




Mostramos aqui, esta semana, o lançamento de um documentário da psicanalista e cineasta Isabela Cribari sobre o alto número de suicídios em Itacuruba, Sertão de Pernambuco (relembre aqui).

Bem mais perto de Garanhuns, o município de Bom Conselho também merece um olhar especial das autoridades de saúde e outras áreas que possam detectar motivos e soluções para este grave problema social.

Com população que não chega à metade de Garanhuns, a Terra dos Papacaças tem ganhado destaque nos noticiários por tragédias familiares, com suicídios pelos mais variados motivos.

O blogueiro Cláudio André relata que na manhã desse sábado (06), foi localizado em uma propriedade rural um homem enforcado uma árvore. A decisão suicida se deu após desentendimentos com a esposa, que teria saído de casa. 

O suicídio tem sido uma alternativa comum após este tipo de problema, tão comum na sociedade moderna, mas que em Bom Conselho tem tomado proporções além da média.

Triste e assustador.

GARANHUNS: Chuva abaixo da média preocupa Governo Municipal



A precipitação pluviométrica acumulada no período de janeiro a maio de 2015, em Garanhuns, Agreste Meridional do Estado, ficou em apenas 129,9 mm, enquanto que a média dos últimos dez anos foi de 400,1 mm, ou seja, choveu apenas 32,5% do esperado no período. A explicação para isso é que no oceano Pacífico as Temperaturas da Superfície do Mar (TSM) estão mais aquecidas do que o normal, indicando a condição de El Niño – que é um fenômeno causado pelo aquecimento das águas do Pacífico, além do normal, afetando o clima.

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento de Garanhuns, Epaminondas Borges Filho, esse volume de chuvas é preocupante. “A quantidade de chuvas que caiu até agora é menor do que no mesmo período em 2012, quando a região passou pela pior seca das últimas décadas”, relembra. O titular da pasta alerta: “Em 2012, os produtores possuíam água nos açudes e reserva de alimentos para o rebanho, como palma, capineira e silagem, o que não observamos agora na maioria das propriedades”, acrescenta.

Sustentabilidade – Diante de tal cenário, a indicação dos técnicos da área ambiental é que a população, tanto da zona urbana, quanto da área rural, possa economizar água em reservatórios e, na utilização diária, economizar na quantidade. As atividades de limpeza da casa, tempo no banho e outros serviços domésticos precisam ser revistos nas residências para que não falte água por um período ainda maior.

A previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), para o trimestre de maio a julho deste ano é de chuvas abaixo do normal para a Região Metropolitana do Recife (RMR), Zona da Mata e Agreste.

SECOM GARANHUNS

PACTO PELA VIDA: Cai número de homicídios no mês, mas oposição aponta crescimento no acumulado do ano



O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), chamou a atenção nesta sexta-feira (05) para o aumento do índice de homicídios no Estado em 2015, em comparação ao mesmo período do ano passado. Para ele, o resultado divulgado ontem pelo Governo do Estado – de 12 homicídios a menos este ano com relação a 2014 – merece ser comemorado, mas é preciso que se fique atento ao acumulado do ano, que ainda apresenta um crescimento elevado.

“Mesmo com esta leve redução que tivemos no mês de maio, é importante registrar que nós tivemos 168 homicídios a mais este ano em comparação com os primeiros meses de 2014. A verdade é que a violência, infelizmente, cresceu no Estado”, reforça.

Silvio diz esperar que o resultado de maio seja o início da queda de uma tendência de aumento na criminalidade que perdura desde o ano passado, e que se consiga reduzir a trágica média de mais de 10 assassinatos em Pernambuco por dia.

“É importante ressaltar ainda que o Pacto pela Vida precisa retomar o seu propósito inicial, que é o de reduzir o número de assassinatos em Pernambuco em 12% ao ano. Infelizmente, em 2015, ainda não temos esta perspectiva”, afirma o parlamentar, que cobra do Governo do Estado medidas como uma política de valorização dos profissionais de segurança pública e a retomada do modelo de condução do Pacto pela Vida.

NÚMEROS

Dados oficiais da Secretaria de Defesa Social indicam que: 
·         Entre janeiro e maio de 2014, Pernambuco teve 1.446 assassinatos
·         Em 2015, esse número sofreu foi ampliado para 1.614 homicídios. 168 mortes a mais
 TABELA 2014/2015 
Mês
2014
2015
Janeiro
256
323
Fevereiro
261
324
Março
311
334
Abril
296
323
Maio
322
310
TOTAL
1.446 homicídios
1.614 homicídios

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.