GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Claudiano Filho vai à Compesa buscar informações das obras da Adutora do Agreste‏



O deputado estadual Claudiano Martins Filho esteve, ontem (02) à tarde, com o Diretor Regional de Interior da Compesa. Leonardo Selva, para buscar informações sobre o andamento das obras da Adutora do Agreste, especialmente o trecho que fica em Águas Belas.

O deputado foi procurado por setores da sociedade do município e pelas entidades Rotary, Maçonaria e Câmara Municipal que reclamam do atraso nas obras, prejudicando o abastecimento no município.

Segundo informações de Selva, a obra está com embargo no trecho que alcança Águas Belas, porém a Compesa já está providenciando os trâmites legais jurídicos perante a justiça para destravar os impedimentos que haviam sido identificados, além de ter providenciado um estudo de impacto ambiental e arqueológico junto ao Instituto Tecnológico de Pesquisa de Pernambuco - ITEPE. "No tocante ao governo estadual todas as exigências estão sendo cumpridas, estamos com dificuldade em relação aos repasses federais", alerta.

Ainda conforme falou o diretor, a obra da adutora custa o valor total de R$1bi e 300 milhões e até agora só foi pago R$500 milhões. A previsão que o governo federal deu é de que será repassado apenas o valor de R$10 milhões mensais para a continuação dos serviços. "Isso é uma notícia lamentável, levaríamos muito mais do que o esperado para concluir a Adutora e o município de Águas Belas ficará prejudicado quanto ao abastecimento", reclama Claudiano.

O deputado busca acelerar a conclusão marcando uma posição firme de cobrança para que sejam cumpridas as previsões dados pelos governos e o município de Águas Belas não seja vítima de mais uma obra pública parada.

CONSELHO TUTELAR eleição nacional acontece em outubro




No próximo dia 4 de outubro de 2015, os municípios brasileiros realizam o processo de escolha dos conselheiros tutelares. Será a primeira vez que a votação ocorrerá em data unificada em todo o país. O Ministério Público do Trabalho (MPT) ressalta a importância da eleição e do papel dos conselheiros, sobretudo o ligado à rede de proteção da criança e do adolescente, por serem atores fundamentais no combate ao trabalho precoce.

Para incentivar a população a votar, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) lançou a campanha “Escolha os Conselheiros Tutelares do seu município. 4 de outubro, vote”.

Qualquer cidadão maior de 16 anos e com título de eleitor pode participar do processo. Para conhecer os candidatos e os locais de votação, as pessoas devem procurar o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE GARANHUNS: POR UMA ESCOLA PARA TODAS E PARA TODOS



Prezadas Senhoras e Prezados Senhores, 

Os membros do Fórum Municipal Permanente de Educação de Garanhuns vêm expressar as suas inquietações em torno da emenda nº. 03/2015, proposta ao Plano Municipal de Educação de Garanhuns – PME, aprovado e sancionado pela Lei Municipal nº 4.147/2015. 

O referido documento estabelece 20 (vinte) metas e 244 (duzentas e quarenta e quatro) estratégias que serão desenvolvidas no decorrer do decênio 2015 – 2025, constituindo-se um documento norteador de políticas públicas para a educação, referência para todos aqueles que atuam direta e indiretamente na Educação, no âmbito municipal. 

A partir da efetivação deste PME, espera-se contribuir para assegurar o direito de toda pessoa ao seu pleno desenvolvimento, à preparação para o exercício da cidadania e à qualificação para o trabalho, na vivência e convivência em ambiente educativo, e tendo como fundamento a responsabilidade que o estado brasileiro, enquanto federação, a sociedade e a família têm de garantir democratização do acesso, a inclusão, a permanência e a conclusão com sucesso das crianças, dos jovens, adultos e idosos na instituição educacional. 

Questionamos, portanto, a emenda nº. 03/2015 - modificativa/supressiva, que suprime as expressões "...a diversidade a fim" e "...e de gênero" na estratégia 2.7, uma vez que trata-se de temáticas já contempladas na diretrizes curriculares nacionais dos diversos níveis e modalidades de ensino, assim como no inciso X, do Art. 2º, da Lei Municipal nº 4.147/2015. 

Boa Notícia: Número de Microempreendedores Individuais cresce 24% em Garanhuns‏




De acordo com dados levantados pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em relação à adesão ao programa do Governo Federal, o Microempreendedor Individual (MEI), o número de microempreendedores na cidade passou de 2.350, em 2014, para 2.915 até o momento. Um aumento superior a 24%, que mostra um perfil de garanhuenses interessados em abrir e formalizar o seu próprio negócio.

O MEI José Carlos Carvalho de Araújo, de 50 anos de idade, trabalha no ramo de importados desde 1998 e se formalizou no ano de 2013. O microempreendedor conta que, desde então, passou a ter maiores benefícios com a adesão. “Depois que me formalizei, passei a comprar e vender com notas fiscais e, contribuindo com o INSS, posso ter direito a minha aposentadoria no futuro”, registra o comerciante do Pop Shop.

Microempreendedor Individual (MEI) - é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 5 mil ao mês ou até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. O microempresário pode ter até um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria. O microempreendedor individual, além de ter seu registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o mesmo tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

Os interessados em aderir ao MEI devem procurar a sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, ou o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A inscrição é gratuita.

Texto e fotos: Samara Pontes - Com informações do Portal do Empreendedor


Posse de Adelma Elias na GRE Agreste Meridional reúne gestores regionais



Débora Almeida, Adelma Elias, Luís Melo, Albérico Fernandes, Flávio Rodrigues e Armando Duarte

União e parcerias serão características cada vez mais presentes na administração pública. A posse da professora Adelma Elias, nova gestora da GRE Agreste Meridional, nesta terça-feira (01/09), reuniu dezenas de gestores públicos, inclusive prefeitos, secretários, representantes de governos e gestores de órgãos regionais, serviu também para conversas informais que levam a estas parcerias, com marcações de novos encontros em busca de melhorias em suas áreas.

O encontro de prefeitos como Débora Almeida, Genaldi Zumba, Edimilson da Bahia, Armando Duarte, Celina Tenório, entre outros, e gestores como Luís Melo (Hospital Regional Dom Moura), Flávio Rodrigues (Ciretran), Ivânia e Geniu (SESC), Elizabeth (SENAC), Giane Lira (AESGA), Rosângela Falcão (UPE), CEL Sandro (71 BI Mtz), entre muitos outras autoridades civis, militares e religiosas, aproxima e oportuniza ações em conjunto, otimizando recursos e oferecendo resultados.

O diretor do Hospital Dom Moura, Luís Melo, comentou a solenidade: "Vimos uma mostra de carinho e prestígio de Adelma, isto demonstra que sua gestão já comenta com a aprovação da sociedade e, principalmente dos que fazem a educação em nossa região". 

Quanto ao encontro com outros gestores, Luís Melo afirmou que é sempre uma oportunidade de pensar em parcerias. "Vivemos um momento muito importante para isto. Já estamos tendo encontros de gestores na saúde, que têm resultado em ações integradas. Vamos continuar ampliando esta integração e buscando soluções em conjunto." _ finalizou o diretor do HRDM.

Diretores de colégios públicos e particulares, faculdades, entre outras instituições se fizeram presentes à solenidade.Ivan Rodrigues e Sandoval Cadengue representaram o Governo do Estado. O Deputado Claudiano Filho também prestigiou a posse de Adelma Elias.


Nota de Esclarecimento da UPAE Garanhuns




A coordenação da UPAE de Garanhuns rechaça qualquer hipótese de fechamento do serviço e esclarece que, diante da paralisação dos médicos da unidade, as consultas ambulatoriais estão temporariamente suspensas. A coordenação, no entanto, continua dialogando com os profissionais e a Secretaria Estadual de Saúde sobre a regularização dos pagamentos.

Gustavo Amorim - Coordenador Geral
UPAE Prof. Antônio Simão dos Santos Figueira
Rodovia BR 423 km 96,8 - Magano - Garanhuns - PE
Fone: (87) 3764.9000

COOPAF, ProRural e Projeto Cooperar Paraíba trocam experiências em Garanhuns




Na Manhã de hoje a COOPAF- Cooperativa da Agricultura Familiar recebeu a visita de representantes do Projeto Cooperar da Paraíba. A visita teve como objetivo de troca de experiências entre a COOPAF, o ProRural e o Projeto Cooperar Paraíba. 

Dentre os presentes estavam, Paulo Mota (Presidente da COOPAF), Ricardo Jucá (Coordenador do ProRuaral de Garanhuns), Maria Rocha (Coordenadora Social do ProRural de Garanhuns), Dario Ferraz (Tec. Prestação de Contas do ProRural de Garanhuns), Sarah Cordeiro Vidal (Supervisora de Unidade Regional do ProRural) bem como a equipe do Projeto Cooperar.

A cooperativa é um projeto apoiado pelo Governo do estado de Pernambuco com o objetivo de incentivar a organização social dentro da Cadeia Produtiva do território do feijão que reúne os agricultores familiares de 12 (doze) municípios, Garanhuns, Caétes, Jupi, Jucati, Lajedo, Calçado, São Bento do Una, Ibirajuba, Jurema, Canhotinho, São João e Angelim. A COOPAF está sediada no município de São João, maior produtor de feijão do Território de Pernambuco.

No encontro os representantes do Projeto Cooperar ficaram impressionados com as instalações e o modelo de gestão e organização da cooperativa. Este ano foi lançada a embalagem de feijão que serão comercializadas. O Presidente da COOPAF esclareceu que o objetivo deste projeto é tentar diminuir a ação dos atravessadores que compram seus produtos a preços que eles determinam, ou seja, bem abaixo do valor real de mercado, e revendem após beneficiado as grandes redes de supermecados, ganhando desta forma, altos valores em cima do trabalho suado do homem e da mulher do campo, que anualmente tem diversos prejuízos. 

“É um sonho realizado. Agradecemos ao ProRural por atender as necessidades dos nossos trabalhadores”, destacou o presidente da Cooperativa dos Produtores Familiares - Coopaf, o agricultor Paulo Mota.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.