GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

CHARGE DO BLOG: Dilma demite ministros


Movimento Unidos Pela Ordem - A Advocacia Avança - é lançado em Pernambuco



Os advogados de Pernambuco ganham um reforço na luta pelas prerrogativas da classe no Estado, com a criação do Movimento Unidos pela Ordem – A Advocacia Avança. O movimento será lançado oficialmente, nesta quarta, 16, a partir das 19h, com o Seminário Novo CPC – Código de Processo Civil. O evento ocupará o auditório da FIEPE, na Avenida Cruz Cabugá, 767, em Santo Amaro. Para debater os aspectos mais relevantes do Novo CPC, o Movimento convidou, como palestrantes, os renomados advogados e professores Leonardo Cunha, Misael Montenegro e Mozart Borba analisarão o tema.

O objetivo do grupo é contribuir com a construção de novas soluções para os diversos temas que se apresentam no cotidiano de todos os segmentos da advocacia. O movimento, formado por advogados de áreas distintas, vai colher sugestões que intensifiquem os avanços já alcançados na defesa dos interesses da advocacia. O advogado Gustavo Ramiro é um deles. À frente do movimento, ele enfatiza que a luta é permanente e o desafio se renova a cada dia. “Para haver mudanças, é necessário o nosso engajamento e, sobretudo, a união de todos em torno de um propósito comum: a crescente valorização da profissão”, alertou.

O movimento tem como base a defesa permanente dos direitos dos advogados para que estes exerçam suas funções com liberdade profissional, sem violações das prerrogativas legais e o cometimento de arbitrariedades, que usualmente acometem a classe. A baixa qualidade do ensino jurídico; a ausência de planejamento e de uma estrutura adequada no Poder Judiciário, além da proletarização da profissão; o exame de Ordem; a qualificação profissional e o apoio ao advogado no exercício do seu mister - sobretudo em início de carreira são pontos que integram a agenda de preocupações.

Para começar a participar do Movimento Unidos Pela Ordem- A Advocacia Avança”, os interessados devem curtir a página no Facebook e colaborar com sugestões:

https://www.facebook.com/movimentounidospelaordem?fref=ts

A página no face foi lançada semana passada como um canal de comunicação para integrar os advogados, interagir com a classe e estreitar o relacionamento. 

Serviço:
O movimento "Unidos Pela Ordem - A Advocacia Avança"
Seminário Novo CPC - Código de Processo Civil, análise-CPC
Palestrantes: Leonardo Cunha, Misael Montenegro e Mozart Borba.
Dia: Quarta, 16, a partir das 19h.
Local: Auditório da Fiepe: na Avenida Cruz Cabugá, 767, Santo Amaro- Recife.
(Aberto do público)

Dilma pode perder apoio de Lula e do PT

Fica cada vez mais difícil a relação entre Dilma e Lula, e o PT está mais para o ex-presidente. 

Aparentemente Lula não sabia que as finanças do Brasil estavam nesta situação. O que passavam para ele era pouco, já que Dilma saiu tirando o pessoal de Lula que monitorava seu Governo, como Gilberto Carvalho. O grupo da presidente tem sido encabeçado por Aloízio Mercadante, que está para deixar a Casa Civil a qualquer instante.

Lula acha que Dilma poderia ter barrado a investigação na Petrobras e o trabalho da Polícia Federal, que já convocou o ex-presidente para depor. A PF quer saber se Lula se beneficiou dos esquemas de corrupção e propinas que estão sendo investigados.

No campo da política, Lula também tem duas fortes razões para estar arretado com Dilma. 

O governo deve cortar recursos de programas sociais, carro-chefe da gestão petista e que atende milhões de famílias pelo Brasil, principalmente no Nordeste. O problema é que o desmando no Governo torrou dinheiro e agora não tem mais. 

Consequentemente, Dilma está colocando em risco a continuidade do PT no poder, seja agora, pois corre o risco de impeachment, ou em 2018, já que o desgaste tem afundado o partido, perdendo lideranças políticas, espaços nos estados e municípios e o apoio da população.

Lula tem feito críticas cada vez mais pesadas ao governo, à condução da economia, redução de empregos e salários... E agora vem a queda nos programas sociais.

Dilma havia deixado de ouvir Lula, e só voltou a consultá-lo quando viu o risco real de perder a reeleição. Achou que tinha que ter seu próprio governo.

Resumindo: Lula acha que Dilma afundou o país e está levando junto o PT e ele próprio. Mas vai tentar consertar, pois é pior se o PT perder o governo. Mas se os programas sociais forem muito afetados, ai ai.

Lula conversou em off com Michel Temer no final da semana passada. 

Talvez seja melhor para Lula tentar 2018 sem Dilma à tiracolo.

O PT é Lula.

Prefeitura de Garanhuns divulga nota sobre funcionamento de semáforos

Nota à Imprensa

A Diretoria de Trânsito da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) informa que deslocou parte de seu efetivo de guardas municipais para organizar o fluxo de veículos nos principais cruzamentos, em que há semáforos, da cidade. 

A medida é em decorrência da falta de energia elétrica que atingiu parte da área urbana, atingindo o alimentador. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) já está ciente do fato e está com três equipes de manutenção trabalhando para normalização do problema.

De acordo com a AMSTT, por causa de dois acidentes de trânsito, um nas proximidades da praça Dom Pedro II, bairro Boa Vista; e outro nas proximidades do antigo Colégio Meridional, bairro Heliópolis, haverá reforço dos agentes nas áreas.


Municípios, estado e União: Não dá só aumentar imposto e arrecadação, tem que diminuir despesas

A reunião dos Ministros com Dilma no final de semana teve alguns grandes assuntos; cortes no orçamento dos ministérios, avaliação econômica após o revés da S&P esta semana, análise do Congresso Nacional quanto ao apoio ao Governo, e claro, aumento de impostos.

O Governo Federal precisa fechar as contas, e para isto precisa diminuir as despesas e aumentar a receita. Como todo pai de família. Aliás, Dilma também tem o receio neste momento de ser demitida.

Com o arrocho, estados e municípios também estão na pindaíba. Tem estado atrasando e parcelando salários. A dificuldade é quase generalizada.

PERNAMBUCO

O governador Paulo Câmara também já apontou pelo equilíbrio das contas com o enxugamento das despesas, com novos cortes no orçamento do estado e o aumento de impostos estaduais. Até agora o estado conseguiu chegar, atrasando fornecedores e contratos, mas conseguiu. O problema é daqui pra frente, em 2016 o bicho pega e se não planejar agora, pode ficar mais complicado. 

AGRESTE

Os municípios também devem fazer suas partes. Muitas das prefeituras da região vivem exclusivamente dos repasses da União, principalmente FPM. Um problema é que ao longo dos últimos anos, a União concedeu benefícios fiscais que tiraram receitas das prefeituras, e muito da verba que chega é vinculada, ou seja, já tem o direcionamento de sua aplicação, principalmente saúde e educação.

Para fazer alguma coisa diferente, prefeitos precisam mendigar em gabinetes de deputados e vagar entre ministérios em busca de verba para isto e aquilo.

CORTAR DESPESAS 

Mas os municípios também precisam fazer suas partes, cortar despesas e contratos supérfluos. No mundo atual não dá mais para empregar amigos e pagar com dinheiro público para não se fazer nada, quando a população espera melhores serviços e ações. Não dá mais para ter centenas de contratados somente pelo laço político. Não dá para não cobrar IPTU, ISS e outros impostos municipais, como acontece em diversos municípios do Agreste.

Cada prefeitura precisa pensar em melhorar sua arrecadação, a médio e longo prazo, para no futuro ter mais independência do Governo Federal.

Neste sentido, a Codeam estará reunindo prefeitos da região para debater a Crise Econômica, e buscar meios de superá-la.

Cada um tem que fazer sua parte.

Com aumento da CIDE, gasolina pode passar de R$ 4,00

Uma das medidas que o Governo Federal planeja para cobrir o rombo do caixa, previsto em R$ 30 bilhões, é o aumento da Contribuição sobre os Combustíveis, que não é imposto, é uma contribuição "provisória", que vai direto para os cofres da União.

A possibilidade maior é que seja em torno de R$ 0,60 por litro, o que chegaria na maioria das cidades a estourar os R$ 4,00 por litro. Em Garanhuns, ficaria bem próximo deste valor, já que temos atualmente uma gasolina mais barata em relação a outras regiões.

O valor pode ser maior que os R$ 0,60, pois se trata ainda de uma proposta, que aliás precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional, onde muitas lideranças, inclusive do PMDB, já avisaram que não votam aumento de imposto ou nada que mexa no bolso da população.

Para tentar acalmar os ânimos e facilitar que os parlamentares e a população engulam a CIDE, ela deve ser anunciada como necessária para continuar os investimentos nos Programas Sociais, aí o Governo vai jogar para a população que aqueles deputados e senadores contrários à medida querem o fim de programas como o bolsa-família.

E a gente paga a conta.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.