PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Pernambuco realiza Conferência da Pessoa com Deficiência

Esta matéria vai especialmente para meu amigo Jarbas Trindade, que acompanha o blog diariamente, ouvindo as postagens através da acessibilidade de seu Iphone. Os textos são "lidos" pelo aparelho e, assim, o advogado fica muito bem informado. 

Fica aí a dica para que as pessoas com dificuldades de leitura ou com deficiência visual, acompanhem as informações em sites, blogs e portais. É só procurar a opção "Acessibilidade" no celular.

Eu não sabia desta possibilidade, e Jarbas deu um show de conhecimento e habilidade!


Envolvidos debatem políticas públicas para o segmento. Representantes e propostas que seguirão para a Conferência Nacional serão escolhidos


Políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência estão sendo debatidas nestas segunda (23) e terça-feira (24), durante a 5ª Conferência Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O evento, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD), e o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Coned), acontece no auditório do Centro de Formação e Lazer do Sindsprev-PE, na Guabiraba, no Recife.

Cerca de 200 pessoas, entre delegados vindos de 33 municípios do Estado, representantes de prefeituras municipais, entidades e ONG com atuação no segmento, participam dessa 5ª Conferência, que foi aberta pelo secretário Isaltino Nascimento, que representou o governador Paulo Câmara. Da solenidade de abertura também participaram dirigentes e representante dos conselhos Nacional (Conade), Estadual (Coned-PE) e Municipal (Comude) de Defesa das Pessoas com Deficiência; do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), da OAB-PE e da Secretaria Estadual da Mulher.

De acordo com o Censo 2010 do IBGE, Pernambuco tem cerca de 2,4 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. “Estamos aqui para refletirmos sobre os avanços que obtivemos e o que ainda precisamos construir e conquistar para a população com deficiência. Temos, ainda, o compromisso maior de operacionalizar e fazer funcionar o que ainda esteja pendente e foram conquistados nas conferências anteriores”, afirmou Isaltino. O secretário também delegou ao superintendente da SEAD, Bernardo Klimsa, iniciar um processo de discussão e formação de um grupo de trabalho para a formatação de um esboço da legislação pernambucana da inclusão.

PROGRAMAÇÃO

Microcefalia: ORIENTAÇÃO ÀS MULHERES E GESTANTES

Desde a notificação do aumento de casos de microcefalia em Pernambuco, ocorrida na segunda quinzena de outubro, técnicos do órgão estão analisando as informações, realizando exames nas mães e nos bebês e fazendo pesquisa de campo, além da produção de protocolos de atendimento, para que se saiba mais sobre a situação, para que haja uma resposta ao público em tempo oportuno e para que as mulheres e as gestantes tenham as recomendações para lidar com a situação.



CULPA DE FHC? Prefeitos do PT poupam Dilma e o PAC, mas fazem marcha para pedir conclusão da Adutora do Agreste

Em destaqque na foto, o senador Humberto Costa ao lado dos prefeitos Felipe Porto (Canhotinho), Padre Jorge (Iati) e Genivaldo Menezes (Águas Belas)


Esta é destaque no Blog do Jamildo

Orçada em R$ 1,3 bilhão, a Adutora do Agreste faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas vem sofrendo com o atraso na obra, que foi iniciada há dois anos e ainda não tem previsão definitiva para a sua conclusão. A adutora deve beneficiar diretamente 32 municípios da região e a sua conclusão se torna ainda mais importante por conta do período prolongado de estiagem, que vem atingindo todo o Agreste.

Centenas de pessoas saíram na última quinta-feira (19) do município de Iati e percorreram a pé cerca de 100 quilômetros até chegar à cidade de Tupanatinga, na manhã deste domingo. O ato foi feito para pedir agilidade nas obras da Adutora do Agreste, mas o governo Federal foi poupado de críticas, em função da filiação partidária.

O prefeito de Águas Belas, Genivaldo Menezes (PT), fez questão de agradecer o empenho do senador em garantir mais recursos para a adutora. “O que a gente viu aqui foi o compromisso do senador Humberto com o povo, de caminhar lado a lado e entender a seca que a gente está passando”, afirmou.

Para o prefeito de Tupanatinga, Manoel Tomé (PT), a ação foi apenas o início de uma série de atividades que irão garantir a agilidade na construção da adutora. “Vamos em frente. Vamos ao Palácio do Campo das Princesas, vamos a Brasília. Esta Marcha não vai parar até atingir o seu objetivo”, afirmou.

Em algumas regiões, há cinco anos não chove.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT), se integrou, neste domingo (22), à marcha.

Segundo o coordenador do MST em Pernambuco, Jaime Amorim, o problema da falta de água, que vem afetando a região, pode ter um grande efeito acelerador. “A seca é um grande problema, mas também pode ser o início da solução. É a possibilidade da gente lutar para resolver as coisas”, afirmou.

“É uma alegria poder participar desta marcha e assumir um compromisso de a gente continuar lutando pela adutora. O que se vê aqui é a união de forças de diferentes atores políticos que estão dizendo o quanto é importante esta obra para a população. Não adianta o governo federal e o governo estadual ficarem jogando a responsabilidade um para o outro. O que a gente tem que fazer é trabalhar juntos, é garantir mais recursos. Asseguro aqui que vou fazer o possível e o impossível para que a obra caminhe com mais celeridade. Vou, inclusive, pedir uma audiência pública para conversarmos com o ministro da Integração”, garantiu o senador Humberto Costa, que vai agendar um encontro da comitiva com o gestor da pasta, Gilberto Occhi.

Agora vai.

DATAFOLHA: 40% dos petistas acham governo Dilma ruim ou péssimo



No dia do programa de TV do PT, o Datafolha revela que a maior parte dos petistas acha o governo Dilma ruim ou péssimo: 40% – contra apenas 32% que avaliam a gestão da companheira de partido como boa ou ótima. Outros 27% a classificam de regular. É a principal novidade da pesquisa, porque há menos de dois meses a opinião dos simpatizantes do PT era inversa: 40% diziam que o governo era ótimo/bom, e 25%, ruim/péssimo. Logo, foram os petistas que ajudaram a puxar Dilma ainda mais para baixo.


Ao mesmo tempo, na média da população, a taxa de ruim e péssimo do governo aumentou de 65% para 71%, segundo o Datafolha. Nesse período, o governo anunciou mais cortes nas áreas social e de infraestrutura, como parte do plano de ajuste das contas públicas. Mas boa parte das medidas foi descaracterizada pelo Congresso e não produziu o efeito positivo esperado e que poderia levar à melhora das expectativas econômicas.

Como resultado, aumentaram o desemprego e o endividamento das pessoas, caiu a renda originada pelo trabalho, sem que houvesse uma mudança de perspectiva que aumentasse o otimismo. Em outras palavras, a impossibilidade de aprovar a nova política econômica no Congresso aprofundou a crise, não recuperou a simpatia de outros segmentos da população e ainda alienou boa parte daqueles poucos que avaliavam positivamente o governo. A nota média do governo entre os simpatizantes do PT é 5 (e 3 no resto).

Ainda mais surpreendente, 1 em cada 3 petistas concorda com a frase apresentada pelo Datafolha na pesquisa segundo a qual “o Congresso deveria abrir um processo de impeachment, isto é, um processo para afastar a presidente Dilma da Presidência”: 35% disseram “sim, deveria”, e 62%, “não deveria” (3% não sabem). Ao responder à questão seguinte, 24% dos simpatizantes do PT disseram acreditar que a presidente vai ser afastada.

A tentativa de agradar esses ex-petistas talvez explique a decisão do partido de veicular um programa na TV que enfatiza a crítica aos opositores e tenta resgatar os períodos em que a popularidade dos governos do PT estava em alta. Isso no mesmo momento em que figuras proeminentes do governo Dilma, como o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e o vice-presidente Michel Temer fazem sinais à oposição em busca de trégua.

Soma-se às novidades negativas para o PT o fato de a preferência pelo partido ter descido abaixo de dois dígitos. É a primeira vez que isso acontece desde que o partido ultrapassou o PMDB na preferência partidária, ainda nos anos 90. Só 9% dos eleitores declararam ao Datafolha ser simpatizantes petistas hoje. Eram 11% em junho, 12% em fevereiro e 22% em dezembro de 2014.

Concurso Federal oferece 60 vagas e salários de mais de R$ 7 mil




O Ministério das Relações Exteriores está com inscrições abertas em concurso público com 60 vagas para oficial de chancelaria, cujo salário é de R$ 7.292,02 para uma carga horária de 40 horas semanais. Para concorrer, é necessário curso superior em qualquer área.

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até 16 de dezembro através do site da FGV. A taxa de inscrição é de R$ 120.

Provas

As provas estão previstas para o dia 31 de janeiro de 2016, nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Recife (PE), Porto Alegre (RS) e Belém (PA). Elas acontecerão das 8h às 12h, seguindo o horário de Brasília.

Ministério das Relações Exteriores
Vagas: 60
Cargo: oficial de chancelaria
Nível: superior
Salário: R$ 7.292,02
Inscrições: até 16/12/2015
Taxa: R$ 120
Prova: 31/01/2016

Inaldo Sampaio diz que aliança em Garanhuns será desfeita

Esta é destaque no blog de Inaldo Sampaio

Aliança desfeita

Em Garanhuns, maior cidade do Agreste Meridional, a aliança PTB-PT precedeu à que os dois partidos fizeram em 2014 para apoiar Armando Monteiro (PTB) para governador e João Paulo (PT) para o Senado. Lá, o então deputado Izaías Régis (PTB) elegeu-se prefeito em 2012 com a ex 1ª dama Rosa Quidute (PT) na vaga de vice. Os dois brigaram em 2014 e a chapa não será repetida em 2016. Izaías está à procura de um novo vice, que ainda não se sabe quem será.

AGORA COMIGO: Rosa e Bartolomeu foram para o PSB de Paulo Câmara. Quanto ao PT, deve continuar na aliança governista, que aliás deve se repetir na capital. Portanto, assim como em 2012 e 2014, PT e PTB devem seguir juntos em Garanhuns em 2016 e 2018, na eleição para prefeito e depois de governador.

O PT local reclamaria a perda do espaço com a vice-prefeitura? Ameaçaria romper? Não acredito.

Trata-se de uma aliança aparentemente simples. Isolados, PTB e PT se enfraquecem no estado. Lembrando que Armando é ministro de Dilma.

O PTB na capital tem o nome de Sílvio Costa Filho, mas pode apoiar João Paulo sem dificuldades.

Geraldo Júlio é favorito absoluto. Izaías também.

Olha a situação de um orelhão em Garanhuns





Este orelhão está assim há pelo menos 15 dias. 

Um leitor entrou em contato com o blog na quarta-feira, mas não enviou fotos. Fomos somente no sábado dar uma olhadinha, e ainda está lá, assim.

Fica na Rua Euclides Dourado, esquina com a Thompson, Heliópolis. Se no bairro nobre está assim...

Não sei se alguém ainda usa orelhão, mas em todo caso.

Provável ação de vândalos, mas deixar assim também é prejudicial.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.