GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Michel Temer, o PMDB e o Governo na CHARGE POLÍTICA do Blog


Compartilhe, clicando nos ícones abaixo do título da postagem!

Instituto do Hospital Sírio-Libanês inicia Curso de Especialização em Garanhuns‏‏‏

Com informações do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês e da Imprensa da Universidade de Pernambuco - UPE



Acontece em Garanhuns, nesta quarta-feira, dia 25/11, a partir das 08:30h, a cerimônia de abertura dos cursos de Especialização dos Projetos de Apoio ao SUS na V Região de Saúde do Estado de Pernambuco. O evento será realizado no auditório da AESGA (Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns).

Os cursos são promovidos por meio da parceria institucional do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e, no caso específico de Garanhuns, da Universidade de Pernambuco (UPE). 

E por falar na UPE, o Campus Garanhuns participa da iniciativa sedendo infraestrutura para os cursos, com salas de aula, secretaria, equipamentos multimídia, sala de videoconferência, auditório, secretaria, entre outros, inclusive docentes. A professora Régia Leite é a representante da Universidade na Comissão Gestora Local de Apoio aos Projetos do SUS, em parceira do Instituto Sírio-Libanês. Nesta comissão também constam representantes de outras instituições, a exemplo de Catarina Tenório, gerente da V GERES, e Dr. Harley Davidson, pela Secretaria de Saúde do município. 

O Reitor da UPE, professor Pedro Falcão, comentou o início dos cursos: "Esta parceria com a Secretaria de Saúde do município, a V Geres, representando a SES, o Ministério da Saúde e o Instituto do Hospital Sírio Libanês vem consolidar os cursos na área de saúde da UPE no Agreste, sendo muito importante para o desenvolvimento regional".

A solenidade de abertura contará com a presença de várias autoridades ligadas à gestão do SUS nos municípios da região e do Estado de Pernambuco, além dos cerca de 150 estudantes e professores diretamente envolvidos. Neste mesmo dia, vários profissionais com inserção na rede pública de saúde de Garanhuns e região começam sua participação no programa de especialização de cinco cursos:

- Regulação em Saúde no SUS - 40 alunos; 
- Preceptoria no SUS - 20 alunos; 
- Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde - 40 alunos; 
- Vigilância em Saúde - 40 alunos e; 
- Processos Educacionais na Saúde com ênfase em Metodologias Ativas de ensino aprendizagem - 10 alunos. 

Todos os cursos terão uma duração de 10 meses, entre dezembro de 2015 e novembro de 2016.-- 

INSTITUTO SÍRIO-LIBANÊS DE ENSINO E PESQUISA

Estas iniciativas educacionais têm sido promovidas e realizadas por esse conjunto de organizações desde o ano de 2009, tendo já formado milhares de especializandos, contemplando várias regiões de saúde em todo o Brasil. Durante o desenvolvimento dos cursos, profissionais de saúde e gestores de inúmeras instituições de saúde da V Região de Saúde de Pernambuco, além de educadores da área da saúde de instituições parceiras, poderão trocar experiências com os seus pares de outras 29 regiões, distribuídas em quase todos os estados do país, além de interagir com o quadro de especialistas do Hospital Sírio-Libanês. 

A partir de encontros presenciais, teleconferências, e atividades de educação à distância, esses atores debaterão suas práticas com o objetivo de produzir conhecimento que gere o aperfeiçoamento do SUS em nível regional. Para vencer esse desafio continental sem que a qualidade do processo de ensino aprendizagem seja prejudicada, estes cursos tiveram seus programas especialmente desenvolvidos pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa utilizando abordagens pedagógicas inovadoras, incluindo a aprendizagem baseada em problemas, a problematização, a aprendizagem significativa, a aprendizagem baseada em equipes (Team-based learning), a educação à distância e a avaliação de competências. Estas atividades educacionais possibilitam que os profissionais tragam para a sala de aula as experiências e os casos vivenciados em seu cotidiano e fornecem suporte para a construção de projetos aplicativos de intervenção na realidade de saúde local. Os cursos apostam, portanto, não apenas na importante construção significativa do conhecimento, que possibilita a transformação das pessoas, mas também na construção de projetos que possam ser aplicados nas diferentes realidades de cada região. 

Programação da Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Lajedo. Tem Muído, Vumbora, Edson Lima e Forró dos Firma



Com apoio da Empetur e do Governo do Estado de Pernambuco, a Prefeitura de Lajedo através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Cultural e Turismo realizará entre os dias 26 a 29 de novembro, a 87ª Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Tida como a principal e mais tradicional festa religiosa e profana do município lajedense, a Festa será realizada com programação de bandas locais, bandas de forró e bandas religiosas, sendo estas últimas, a critério da Igreja Católica, responsável também pelas missas que ocorrem nas 3 noites e de festa e na culminância no domingo à tarde, após a procissão.

As bandas da festa profana estão previstas para começar às 21 horas na Rua Pacheco de Medeiros, Praça do Socorro.

Paranatama receberá investimento da R$ 270 milhões em novo Parque de Energia Eólica



O Nordeste está despontando como um novo polo de energia eólica no Brasil. Com o objetivo de ampliar cada vez mais esse potencial, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou investimentos da ordem de R$ 665,4 milhões para a implantação de parques eólicos em Pernambuco e no Rio Grande do Norte.

A unidade de Pernambuco será instalada no município de Paranatama, no Agreste do Estado. O Complexo Eólico Serra das Vacas receberá o montante de R$ 269,4 milhões para a criação de quatro parques eólicos com capacidade instalada total de 90,745 megawatts (MW). A conexão desses parques com o Sistema Interligado Nacional (SIN) será na subestação de Garanhuns, que já está em operação e tem capacidade para receber a energia produzida pelo novo complexo.

A viabilidade do projeto se deu graças à criação de quatro Sociedades de Propósito Específico (SPE), subsidiárias integrais da Eólica Serra das Vacas Holding. O controle da SPE é dividido entre a PEC Energia e a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

O Estado do Rio Grande do Norte receberá recursos da ordem de R$ 396 milhões, que serão investidos em cinco parques eólicos nos municípios de Lagoa Nova, Cerro Corá, São Vicente, Tenente Laurentino Cruz, Bodó e Santana do Matos.

Com informações da Assessoria do Senador Humberto Costa

Congresso analisa PEC da Bengala e afastamento de Eduardo Cunha. Vai esquentar!

O Congresso Nacional deve apreciar nesta terça-feira (24), em sessão conjunta, vetos da presidente Dilma Rousseff. Dentre esses vetos está o projeto de autoria do senador José Serra (PSDB), que estende os efeitos da “PEC da Bengala” para todos os servidores públicos. O presidente da Associação Nacional dos Desembargadores, o pernambucano Bartolomeu Bueno, que há anos vem encampando essa luta a favor da extensão da PEC para todo o funcionalismo público, afirmou que vai acompanhar a votação de perto.

Em grosso modo, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da bengala estende a aposentadoria compulsória para 75 anos, e a Presidente Dilma vetou a mudança aprovada no Congresso. Se os parlamentares derrubarem o veto, vira lei, e os servidores públicos poderão optar se desejam se aposentar na data que adquirirem o direito, ou se preferem continuar trabalhando, podendo continuar na ativa até completar 75 anos, quando a aposentadoria é obrigatória.

Bartolomeu Bueno vem se articulando com as principais lideranças da Câmara e do Senado Federal em prol da rejeição ao veto da chefe do poder executivo. A sessão marcada para às 19h depende da presença da maioria absoluta dos deputados e senadores. Segundo o desembargador, essa proposta além de contribuir com o atual momento de crise financeira nacional, gerando uma economia da ordem de R$ 1,5 bilhão, por ano, também traria o benefício de reter a experiência profissional desses servidores em prol da melhoria dos serviços públicos.

“Considerando que a presidenta Dilma Rousseff sancionou, recentemente, a Lei 13.183, que institui nova regra para aposentadoria que varia progressivamente de acordo com a expectativa de vida da população brasileira, entendemos que o veto mostra-se incoerente com a finalidade social e econômica da referida Lei”, acrescentou Bartolomeu Bueno.

PEC da Bengala – Emenda Constitucional que altera de 70 para 75 anos de idade a aposentadoria compulsória dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Tribunal de Contas da União (TCU) e de outros Tribunais Superiores.
EDUARDO CUNHA NA BERLINDA

Nesta terça-feira, também, a Comissão que analisa a situação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, vai analisar o parecer do relator que indica pela admissibilidade do afastamento de Cunha, mas já está combinado com os parceiros do presidente, que vai ser pedido vista do parecer, para postergar ainda mais o processo que pode destituir Cunha da presidência, e que pode chegar até à cassação de seu mandato.

A oposição desconfia que por baixo dos panos, o Governo Dilma está articulando para "salvar" Eduardo Cunha, na contrapartida do deputado fazer o mesmo pela presidente.

Cunha arquivou mais três pedidos de impeachment de Dilma na semana passada.

Facebook faz ação em Santa Cruz do Capibaribe


O Facebook chega a Pernambuco, na próxima quinta-feira (26), para uma grande ação de empreendedorismo no Agreste do Estado. Em conjunto com o senador Humberto Costa, líder do PT no Senado, a maior rede social do mundo elegeu a cidade de Santa Cruz do Capibaribe para realizar o "Impulsione seu negócio", cuja proposta é ajudar os micro e pequenos empresários a fazerem seu negócio crescer e ganhar dinheiro.

Humberto foi convidado, há dois meses, pelo Facebook a acompanhar essa parceria no Estado e sugeriu a região do Polo de Confecções do Agreste para sediar o evento, em razão de as atividades do setor naquela área reunirem mais de 19 mil micro e pequenas empresas, que empregam direta e indiretamente cerca de 130 mil pessoas.

A programação do "Impulsione seu negócio", que ocorrerá no Setor Vermelho, do Moda Center, vai contar, também, com palestras sobre como usar o Instagram e vídeos criativos para atrair clientes, oficinas sobre o Facebook e capacitação dos micro e pequenos empreendedores para as redes.

Em abril deste ano, a presidenta Dilma Rousseff se encontrou com Mark Zuckerberg, criador do Facebook, na Cidade do Panamá, durante a VII Cúpula das Américas. Na oportunidade, o governo brasileiro fechou com o Face uma parceria para aumentar a inclusão digital no país. 

A última pesquisa PNAD, realizada pelo IBGE, demonstrou que, no Brasil, mais da metade da população residente com idade superior a 10 anos já acessa a internet por meio de microcomputador. A posse de telefone celular, pelos quais é possível ter acesso às redes sociais, alcançou 136,6 milhões de pessoas. 

DIREITOS HUMANOS: Garanhuns lança OAB Mulher pela equidade de gênero



Nesta terça-feira, às 19h, a Secretaria da Mulher e a Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência de Gênero de Garanhuns lançam a OAB/Mulher, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

Na ocasião, será ministrada a palestra “Educar para nunca mais: As questões de gênero e direitos humanos”, conduzida pela mestra em Educação pela UFPE, Karinny Oliveira.

No evento, a palestrante trará um importante referencial sobre a questão da equidade de gênero. A iniciativa também disponibilizará certificado aos participantes com carga horária de 6 horas/aula. As inscrições podem ser realizadas no local.

Entenda o projeto
A OAB/Mulher é uma ação que tem como objetivo assistir às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, através das advogadas que compõem o órgão, bem como acompanhar outras demandas jurídicas das detentas de Garanhuns que se encontram no presídio feminino de Buíque.


OPOSIÇÃO: Deputados do PTB cobram Governo do Estado


Sílvio Costa Filho, líder da oposição na ALEPE
A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), apresentou nesta segunda (23) um pedido para que o presidente da Comissão de Finanças, Clodoaldo Magalhães (PSB), convide os secretários do Planejamento, Danilo Cabral, e da Fazenda, Márcio Stefani, para a próxima reunião da comissão, quando serão debatidas as emendas da Lei Orçamentária Anual (LOA) para esclarecer melhor o plano de investimentos para 2016 e a real situação financeira do Estado.

Segundo o deputado Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição, há três pontos que precisam ser melhores esclarecidos. “É preciso ficar claro quanto, efetivamente, o Governo conseguiu economizar daquele pacote de cortes de gastos de R$ 920 milhões; quanto ficará, de fato, de restos a pagar, e qual será a real capacidade de investimento do Estado em 2016”, ponderou o parlamentar.

Costa Filho destacou ainda a necessidade de o Governo do Estado reforçar o caixa da saúde, com anulação de dotação orçamentária de áreas meio (como publicidade e consultoria) e priorizar os investimentos já iniciados, ao invés de anunciar novas ações. “Visitamos na última sexta-feira um conjunto de obras paradas no Sertão do Moxotó. E isso tem sido constante no que estamos encontrando nas visitas do Pernambuco de Verdade”, destacou.

“Foram oito obras prometidas e não entregues só em Arcoverde e Buíque, que vão desde a sede do Corpo de Bombeiros, à Estrada do Catimbau e Campus da UPE. É assim que o Governo está trabalhando. Anuncia um novo investimento e esquece o que tinha prometido antes”, completou o deputado Júlio Cavalcanti (PTB).

Pernambuco lidera campanha contra a flexibilização do Estatuto do Desarmamento

Encontro contou com grandes lideranças nacionais como o Ministro da Justiça e o Secretário de Segurança do Rio de Janeiro, além de senadores, deputados e especialistas na área




Sob a liderança do governador Paulo Câmara, parlamentares, especialistas em segurança pública e representantes da sociedade civil reuniram-se no Palácio do Campo das Princesas, nesta segunda-feira (23/11), em um ato suprapartidário pela preservação e fortalecimento do Estatuto do Desarmamento. O movimento - pioneiro no Brasil - é uma resposta ao risco de forte retrocesso nas políticas de controle da violência com a possibilidade da aprovação do projeto de lei, em tramitação no Congresso Nacional, que permite às pessoas andarem armadas nas ruas.

O chefe do Executivo estadual afirmou que fortalecimento do Estatuto dialoga diretamente com as políticas de segurança do Estado, que, através do Pacto pela Vida, tem atuado incessantemente na redução de homicídios e, sobretudo, na preservação de vidas. Desde 2004, Pernambuco já recolheu mais de 10 mil armas.

“Estamos iniciando por Pernambuco uma cruzada contra uma temeridade. A flexibilização do Estatuto do Desarmamento é uma tentativa de desmontar o esforço de muita gente que se empenhou nesse país para promover uma cultura de paz”. A advertência foi feita pelo deputado Tadeu Alencar (PSB), ao discursar durante o ato suprapartidário pela preservação e fortalecimento do Estatuto do Desarmamento, já batizado de “Movimento menos armas, mais vida”.

Comandado pelo governador Paulo Câmara, o evento contou com a participação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do presidente do Senado, Renan Calheiros, vários parlamentares federais e estaduais de diversos partidos, além de especialistas em segurança pública e representantes da sociedade civil. Todos tendo em comum a preocupação de evitar a aprovação do projeto de lei, em tramitação no Congresso Nacional, que permite às pessoas andarem armadas nas ruas.

Esse projeto, de acordo com o deputado socialista, faz parte de uma agenda conservadora que vem sendo equivocadamente debatida por alguns parlamentares no Congresso. “Essa agenda conservadora nos preocupa. Não podemos continuar discutindo retrocessos, a exemplo de propostas como a redução da maioridade penal, da precarização das relações de trabalho ou do projeto do presidente da Câmara que dificulta a punição de agressores de mulheres vítimas de estupro. São absurdos que sequer deveriam ter sido colocados em pauta”, afirmou Tadeu Alencar.

Para o ministro José Eduardo Cardozo, o projeto em tramitação é um retrocesso, e que o ato suprapartidário desta segunda-feira é a chance de dialogar contra essa possibilidade de recuo nas políticas públicas contra a violência. “Armas não são instrumentos de defesa. Armas são instrumentos de ataque”, resumiu.

O presidente do Senado Renan Calheiros afirmou que não há como ter certeza de que a matéria será aprovada pelo Congresso, mas prometeu combate-la. “A mobilização social vai influir diretamente, tanto na Câmara quanto no Senado. A flexibilização é um retrocesso e o parlamento não pode se associar com esses mercadores de vida", concluiu.

Considerado uma das maiores autoridades na área no País, o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, participou do ato e defendeu a aplicação de uma pena mais dura para quem faz uso de armas de fogo. “O cidadão comum não quer andar armado. Ele tem vergonha de ter que portar uma arma. Ele pode dizer que não tem segurança. Então, vamos canalizar os esforços para melhorar a segurança”, afirmou.

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.