CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNOPAR

UNOPAR
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Abre-se a Porta Santa no Santuário Mãe Rainha em Garanhuns


Ir. M. Eliane Cunha – Com alegria a Família de Schoenstatt vivenciou no dia 20 de dezembro de 2015, no Santuário Tabor da Santidade de todos os dias, em Garanhuns/PE, a abertura da Porta Santa da Misericórdia, com a Santa Missa, presidida pelo Sr. Bispo, Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza e concelebrada por Mons. Benevenuto Sátiro de Araújo, capelão do Santuário, e por Dom Mauro Roberto dos Santos, monge beneditino.

Devido ao sol forte, o rito de abertura da Porta aconteceu no final da Celebração Eucarística. Na homilia, Dom Paulo ajudou a refletir com clareza e propriedade as leituras e o Evangelho, bem como o significado do Ano Santo da Misericórdia. Entre outros, diz: “O Santuário da Mãe e Rainha, o Tabor da Santidade de todos os dias, neste ano, de um modo especial, deverá ser o Santuário da Misericórdia”.

Depois da oração pós-comunhão iniciou o rito com a exortação do Bispo: “… Em comunhão com a Igreja Universal, esta celebração inaugura solenemente o Ano Santo para a nossa Igreja Diocesana, prelúdio de uma profunda experiência de graça e reconciliação. Depois de termos aberto a primeira Porta Santa de nossa Diocese na Catedral de Santo Antônio, preparemo-nos para abrir a segunda Porta da Misericórdia neste Santuário Tabor da Santidade de todos os dias”. Logo em seguida faz uma oração e convida os fiéis a sentarem para ouvir um trecho da Bula de promulgação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia. Mons. Benevenuto então diz: “Irmãos e irmãs, caminhemos para o Santuário em nome de Cristo: Ele é o Caminho que nos conduz neste ano de graça e de misericórdia”.

NOVO VALOR DO SALÁRIO MÍNIMO PARA 2016


Agência Brasil

A partir do dia 1º de janeiro, o salário mínimo passa para R$ 871. O reajuste representa um aumento de R$ 83 em relação ao atual valor. Em conversa com investidores nacionais e estrangeiros, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, garantiu que o governo não pretende mudar as regras do salário mínimo no curto prazo.

O Congresso Nacional já aprovou a norma que corrige o valor, com base no Índice Nacional do Consumidor Amplo (IPCA) do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas pelo país – dos dois anos anteriores. Essa regra vale do ano que vem até 2019.

Pernambuco vai superando a crise. Estados ricos estão falidos!



Estados ricos do Brasil, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e o Paraná, além do Distrito Federal, estão praticamente quebrados, devendo fornecedores e atrasando salários. Até São Paulo está com dificuldades. O estado de Pernambuco, também com dificuldades, consegue manter os salários dos servidores e com algum custo, pagar fornecedores, mantendo o estado funcionando, e ainda fazendo investimentos, como é o caso do FEM em todos os municípios. Resquícios do crescimento dos últimos anos, que elevaram a arrecadação do estado, e deram estabilidade, agora colocada em risco pela crise econômica nacional.

Talvez tenha sido a vantagem de ter eleito Paulo Câmara, um homem das finanças, que tem buscado o equilíbrio nas contas, quando os estados, principalmente os mais ricos, estão falidos. Por não ser um político, como muita gente cobra, Câmara tem a responsabilidade de gerir o estado, e não deve ser fácil, nestes momentos de falta de dinheiro. Assim, só autoriza quando vê a possibilidade no papel, não fazendo demagogia. Cortou contratações, adiou aumento de servidores, diminuiu recursos para eventos, etc. Mas não deixou de realizar, com as dificuldades, vai pagando. Em todas as cidades tem obra com o carimbo do Governo do Estado, embora algumas prefeituras busquem esconder.

Se fosse o político, abrindo o cofre com facilidade, Pernambuco poderia estar na mesma situação do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná  e Brasília. Estampando negativamente jornais de todo o país, e aí, pelo contrário, aos poucos vai conquistando seu espaço, pois o sul do país quer saber como Pernambuco vai vencendo os obstáculos.

Em recente visita a São Paulo, falou em seminário a empresários, concedeu entrevistas em redes de televisão nacional e tem estado frequentemente em Brasília, com ministros, mesmo o PSB adotando uma posição de independência diante do Governo Dilma.

Não está fácil pra ninguém, mas Pernambuco vai superando!

Governo do Rio decreta situação de emergência para saúde por 180 dias



O governo do Estado do Rio de Janeiro conseguiu levantar R$ 297 milhões para aliviar a crise do sistema de saúde fluminense, para o qual foi decretada nesta quarta-feira, 23, situação de emergência por 180 dias. O Ministério da Saúde já depositou R$ 45 milhões na conta do Estado, que obteve ainda R$ 100 milhões em empréstimo da prefeitura do Rio e outros R$ 152 milhões com a entrada de pagamentos de ICMS, informou o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) no início da noite desta quarta-feira. A expectativa é que esse montante normalize a situação dos hospitais na virada do ano, mas Pezão admitiu que serão suficientes apenas até o dia 10 ou, no máximo, 15 de janeiro.

Além desse montante, o governo federal repassará insumos como esparadrapos, gaze e remédios aos hospitais estaduais em crise, em valor aproximado de R$ 20 milhões, garantindo cerca de 200 itens por pelo menos 30 dias. Segundo o secretário de Atenção à Saúde do ministério, Alberto Beltrame, outros R$ 90 milhões serão repassados ao Rio até o dia 10 de janeiro. Segundo ele, cerca de 1.500 leitos dos hospitais federais estarão à disposição para a transferência de pacientes. "O decreto de emergência nos dá mais flexibilidade para auxiliar o Estado no enfrentamento da crise", disse.

Pezão afirmou que vai recorrer de todas as liminares deferidas contra o Estado, a exemplo da decisão do STF determinando o repasse de recursos ao Judiciário até o dia 30 de dezembro e da decisão que deu prazo de 24 horas para que o Estado cumpra a regra de aplicar ao menos 12% de sua receita líquida na saúde. O governo ainda não foi notificado. "Vou recorrer de todas as liminares. O Estado não fabrica recursos, não tem banco. A prioridade é pagar a saúde", disse.

BALANÇO ECONÔMICO DO 8º GARANHUNS JAZZ FESTIVAL

Fonte: Prefeitura Municipal de Garanhuns
Ainda está no site oficial da Prefeitura, postado dias após o evento, em fevereiro de 2015, após minuciosa coleta de informações com o trade turístico e resultado de pesquisas.
O texto é da Secretaria de Comunicação Social (Imprensa), e foi distribuído amplamente.



Número de público superou expectativa

A Secretaria de Turismo de Garanhuns divulgou o balanço da oitava edição do Garanhuns Jazz Festival (GJF). O levantamento mostra que a ocupação nos meios de hospedagem, incluindo hotéis e pousadas, chegou aos 95% durante o evento. Consagrado no calendário do município, este ano, o festival também deixou bons números para o setor de artesanato local, que teve um faturamento 70% superior, se comparado a dias normais. Bares, restaurantes e similares, somados, conseguiram aumento de 40% na comercialização de seus produtos e prestação de serviços.

A Editora Fliporto também levantou alguns números sobre o GJF. Segundo a equipe, durante os quatro dias de festa, poucas ocorrências policiais foram registradas – sendo consideradas sem nenhuma gravidade ou prisão. A Polícia Militar calculou uma média de público presente de 25 mil pessoas. Sobre a satisfação do público, 99% considera o evento como ótimo ou bom.

Em relação à movimentação financeira, a editora informou que o valor aproximado é de R$ 5 milhões.

Numa realização da Prefeitura de Garanhuns, por meio das Secretarias de Cultura e Turismo, curadoria de Giovanni Papaléo Produções Musicais; produção da Mono; patrocínio do Serviço Social da Indústria (Sesi), Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), Secretaria de Turismo do Estado de Pernambuco e apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Garanhuns Jazz Festival já gera expectativa para a próxima edição.

SECOM GARANHUNS

Texto: Cloves Teodorico
Fotos: Renand Zovka

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.