COMPESA

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

domingo, 22 de maio de 2016

Temer decide recriar o Ministério da Cultura



Depois de uma enxurrada de críticas, o presidente em exercício Michel Temer voltou atrás e decidiu manter o Ministério da Cultura. O titular da pasta será Marcelo Calero que, na última quarta-feira (18), foi anunciado como secretário nacional da Cultura. A posse do novo ministro está marcada para a próxima terça-feira (24).

O anúncio foi feito neste sábado (21) pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Desta forma, a Cultura deixa de ser uma secretaria subordinada à sua pasta. Pelo microblog Twitter, informou que havia conversado com Temer e que o gesto tinha o objetivo de "serenar os ânimos" e focar na cultura.

"O fato de não existir um ministério não significa automaticamente que não existe uma política forte, conectada com valores culturais brasileiros. A medida em que se tornou uma bandeira dos segmentos artísticos e foi fortemente explorado por setores radicais da política, o presidente Michel Temer entendeu que não era bom insistir na tese (de extinção). Todo o nosso propósito foi sempre reforçar a política cultural, mesmo com a secretaria vinculada ao MEC", afirmou o ministro Medonça Filho ao Diario, neste sábado, por telefone.

Questionado se Michel Temer poderia ser visto como alguém que não resiste a pressões, o ministro da Educação ressaltou que foi um gesto de diálogo. "O ministério funcionará no mesmo formato que funcionava anteriormente. A estrutura organizacional vai depender da atuação do atual ministro."

A decisão de fundir as pastas de Educação e Cultura foi tomada com base no princípio adotado por Temer, de reduzir o número de ministérios quando assumiu interinamente o governo. O peemedebista sofreu diversas críticas da opinião pública, artistas e servidores federais. Temer já havia anunciado que, mesmo como secretaria, a estrutura da pasta seria mantida.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também sugeriu que o ministério fosse recriado e se comprometeu ele mesmo com a tarefa, por meio de uma emenda no Congresso Nacional.

http://www.diariodepernambuco.com.br/

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.