GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

terça-feira, 5 de julho de 2016

Ministério Público faz novas recomendações à prefeitura de Garanhuns

fonte: Site do MPPE

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou uma série de medidas no âmbito da educação ao prefeito de Garanhuns, Izaias Régis, e aos secretários municipais Bruno Gomes (Administração), Janecélia Branco (Educação) e Evilson Rodrigues (Fazenda).

Entre as medidas o MPPE recomenda que, até o dia 31 de dezembro de cada ano, a começar em 2016, seja realizado o completo levantamento das demandas por creches e pré-escolas da rede pública municipal para garantia de atendimento de 100% da demanda desde o início do ano letivo.

De acordo com o promotor de Justiça Domingos Sávio Pereira, nos autos do Procedimento Administrativo nº 22/2014, que objetiva a garantia do acesso à educação infantil em Garanhuns, existe registro de 184 crianças aguardando vagas no ano de 2016, ou seja, demanda reprimida, conforme informou a Secretaria Municipal de Educação, por meio de ofícios.

A prefeitura tem o prazo de 30 dias para realizar um levantamento completo das vagas reprimidas e aperfeiçoar o sistema de coleta de informação, inclusive com a colaboração do Conselho Tutelar e dos meios de comunicação.

Em 45 dias, as autoridades notificadas deverão disponibilizar vagas de educação infantil para todas as crianças do município que enquadram-se na faixa etária pertinente e que já demandam por vagas este ano na rede pública municipal, nos termos do artigo 11 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, providenciando-se o espaço e profissionais habilitados necessários.

Em outra recomendação, o MPPE também recomenda às mesmas autoridades que disponibilizem, no prazo de 30 dias, professores para o atendimento educacional especializado a todas as crianças e adolescentes com deficiência da rede pública municipal, além de tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras), guias intérpretes e profissionais de apoio escolar.

Deverão ainda ser adotadas todas as medidas cabíveis para recuperar as perdas estudantis de 2016 e evitar nova interrupção do ano letivo para tais estudantes.

Merenda - O MPPE ainda expediu uma recomendação, orientando o prefeito Izaias Régis, a secretária de Educação Janecélia Branco e os conselheiros de Alimentação Escolar de Garanhuns a promoverem o efetivo funcionamento do Conselho e a ampla divulgação de suas reuniões, apresentando, em 30 dias, calendário de reuniões para o ano de 2016.

De acordo com Domingos Sávio Pereira, conforme os autos do Procedimento Administrativo nº 22/2014, em 2015 houve apenas uma reunião do Conselho, e até o momento, não há definição sobre o calendário de reunião do colegiado.

As três recomendações foram publicadas no Diário Oficial do dia 23 de junho.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.