GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

sábado, 2 de julho de 2016

Novas informações sobre o Festival de Inverno de Garanhuns 2016

Tatiana Notaro, da Folha de Pernambuco

O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) deste ano terá “um recorte nordestino”, de acordo com o secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelino Granja, - o que significa que a programação, que deve ser anunciada em 10 dias, priorizará artistas locais. Essa não é uma medida meramente protecionista ou de valorização, mas de economia.

Este ano, a verba do FIG, que já vinha decaindo nos últimos anos, terá uma redução de 30% em relação à edição de 2015. Serão R$ 5,4 milhões investidos no evento; em 2015, o valor foi de R$ 7,8 milhões. 

“O FIG continuará sendo um grande festival de arte. Ano passado homenageou o Pará; este ano, o Nordeste, o que não diminui em nada a qualidade artística, porque a cultura nordestina é fundante da nacional. Temos vários expoentes”, completa Granja. A programação continuará a ter 10 dias corridos e será aberta no dia 21 de julho com um concerto magno, “nos moldes da Mimo de Olinda”, na Catedral de Santo Antônio. “Na sexta-feira, na praça Guadalajara, a noite será em homenagem a Naná (Vasconcelos)”, completou. As negociações com os artistas que comporão a grade ainda estão em curso.

O fato de homenagear o Nordeste vai trazer economia com passagens aéreas, transporte e hospedagem, assegura o gestor. “Teremos redução nas diárias da própria equipe, reestruturando todo processo para torná-lo mais eficaz”, continuou.

Na estrutura, haverá alguns rearranjos, utilizando o palco do parque Euclides Dourado para poupar a montagem de outros. O polo circense terá a montagem da lona, mas economizará energia elétrica e segurança, por exemplo.

O Pavilhão do Artesanato será excluído e a atividade utilizará a estrutura local do Sebrae; apresentações de artes cênicas serão transferidas para teatros, como o Centro Cultural. Já a Praça da Palavra utilizará o prédio da biblioteca da prefeitura de Garanhuns, que também fica na praça. Por fim, o pavilhão que abrigava shows de música pop e forró será reduzido ao palco (vai para a Av. Julio Brasileiro, na entrada do parque), eliminando coberta e piso. “Assim, estamos diminuindo uma enormidade de custos, uma economia de R$ 2,4 milhões”, afirma o secretário.

Por ora, os R$ 5,4 milhões investidos no FIG deste ano vêm dos cofres públicos e tem verba também do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), mas Granja disse que o projeto será submetido à Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (Cnic) e o Estado espera receber incentivos através da Lei Rouanet. Conseguindo esses aportes, R$ 1,2 milhão podem ainda ser economizados. Este ano, o FIG acontece entre 21 e 30 de julho e homenageará o percursionista Naná Vasconcelos, falecido em março deste ano.
http://www.folhape.com.br/

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.