GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNOPAR GARANHUNS

sábado, 26 de novembro de 2016

O DIREITO DE SER SEM-VERGONHA - Por Ivan Rodrigues

É SABIDO QUE TODO VELHO CADA DIA DORME MENOS E COCHILA MAIS e essa é uma das minhas condenações. A vigília insone sempre proporciona tempo bastante para pensar e recordar muito as coisas que marcaram nossa vida. As lembranças chegam aos borbotões, boas e ruins, da saudosa juventude e da curtida maturidade. Algumas vaidades inúteis e poucos orgulhos merecidos Dissabores e alegrias, derrotas e vitórias satisfatórias, fatos jocosos e incidente decepcionantes, mas, no final, o caleidoscópio rola sem fim!

Atiçadas pelo noticiário logo às primeiras horas da madrugada na procura das novidades da Internet, para o que, ligo sofregamente o computador e começo a peregrinação da caça às informações trazidas do nosso mundinho atraente e cheio de surpresas. Quase sempre muita notícia ruim que nos agride pelo inusitado das ocorrências, sobretudo, nos arredores da política. Quando se pensa que atingimos o fim da picada, observamos quanto ainda está longe o nosso horizonte final.

A barbaridade dos fatos, o comportamento despudorado dos homens públicos, a insensatez das decisões governamentais, a postura indiferente dos parlamentares cujo egoísmo ultrapassa qualquer limite de bom senso, leva-nos à reflexão de que se imaginam pairar em outras galáxias, descompromissados com a sorte da Nação e da miséria dos duzentos milhões de brasileiros, cujo único pecado foi votar neles.

Sempre nos espreitam as ocorrências dos colégios que freqüentei e a sucessão despretensiosa da formação de grandes companheiros e amigos, bem como das figuras excelentes de grandes mestres que nos transmitiram lições que permanecem durante toda nossa vida. Observando a indignidade que caracteriza a grande maioria dos nossos dirigentes, lembrei-me de uma figura exemplar de Mestre e de uma de suas clássicas reprimendas.

Ainda no Diocesano de Garanhuns, cursando o ginasial, tive, entre outros bons, um professor do porte de Dr. Antônio Tenório da Fonseca. Por longos anos, não tive notícias dele e de sua família que lamento muito. Sério, primoroso em sua didática, respeitável e respeitado, invariável em seu terno e gravata, paletó de três botões sempre abotoados, exigente e elegante no seu trato com os alunos. Isso não impedia que alguns alunos, por vezes rebeldes e indisciplinados merecessem de vez em quando uma austera chamada à ordem.

Dirigia-se ao indisciplinado e sem levantar a voz, dizia: “Meu filho, você está abusando do direito de ser sem-vergonha.”

Lembrei-me do Prof. Tenório e de como seria oportuna a sua intervenção nos dias de hoje, quando leio sobre o episódio acerca do comportamento de um impúdico Ministro Geddel, confessando que usou o cargo para defender seu interesse pessoal mesmo que chocando-se com uma decisão técnica de um órgão como o IPHAN, e que. para tanto, enfrentasse um seu colega de Ministério e o ameaçando de recorrer ao próprio Presidente da República.

Do mesmo modo, um medíocre Ministro Callero que, ao ser pressionado, comportou-se como menino contrariado, ao invés de, como Ministro da República fazer valer o parecer técnico do órgão que lhe era subordinado e que entendia como correto para o interesse público, preferiu o caminho pusilânime da rendição, deposição das armas e queixas à Polícia Federal. Só faltou ir à Delegacia mais próxima, consignar um B.O. e depois ir reclamar ao seu irmão mais velho! 

Mais triste ainda um vacilante Presidente, dizendo em nota oficial que (sic) : ”sugeriu a participação da AGU para solucionar dúvidas entre órgãos da administração” quando nada disso aconteceu e sim uma decisão do IPHAN nacional, sobreposto hierarquicamente ao IPHAN baiano, apoiada pelo Ministro da Pasta competente. Se algum conflito existiu, foi decorrente da interferência INDEVIDA do Sr. Geddel em defesa de seu interesse pessoal (dono confesso de um apartamento no prédio embargado) e não tem absolutamente NADA A VER com o interesse público.

Diante do ensinamento que recebi do Prof. Tenório em minha juventude, a ilação foi inevitável: Tem muita gente em nossa maltratada Nação que está abusando do DIREITO DE SER SEM-VERGONHA!

P.S – Já tinha redigido esse texto, quando chegou a notícia de que o Geddel (ufa, até que enfim...) entregou o cargo que ocupava sem qualquer pudor!

Ivan Rodrigues

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.