GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O Natal Luz e o Festival de Inverno de Garanhuns



Uma nota do jornalista Inaldo Sampaio mostra que os prefeitos eleitos de Gravatá e Triunfo podem usar a ideia bem trabalhada de Garanhuns e investirem nos seus eventos de Natal, com o objetivo de também atraírem turistas. É bem verdade que boas ações públicas devem ser copiadas, pois a cidade também foi buscar inspiração em Gramado, até no título de "Natal Luz", com suas luzes, decoração, desfiles, apresentações... Mas fica o gostinho de que estão copiando Garanhuns, e que podemos perder alguma coisa economicamente. Mas, deixa quieto, o Natal é para compartilhar mesmo! 

Outra coisa. O sucesso do Natal Luz, e seus quase dois meses de encanto em Garanhuns, deixa claro que o Festival de Inverno precisa se estender por todo o mês de julho, para atraírmos mais turistas em quatro finais de semana e aproveitarmos melhor nossa principal estação do ano.

Espremer mais de 400 atrações culturais, dos mais diversos segmentos, em apenas 10 dias, é um desperdício. Podemos e devemos aproveitar mais, ampliar o período, sem que necessariamente precise aumentar as contratações. Os grandes artistas nacionais se apresentariam nas sextas e sábados. Festivais de teatro, dança, cinema, artes plásticas, literatura, cultura popular, música erudita, circo, entre outros, proporcionariam a movimentação durante a semana, atraindo turistas específicos e especiais.

Portanto, precisamos debater o FIG para que ele possa crescer e deixar mais desenvolvimento cultural e econômico para Garanhuns e região. 

É lógico que ainda não podemos comparar as programações ofertadas com o Natal Luz, pois o FIG traz grandes nomes da música nacional e artistas de várias linguagens, em mais de 15 polos, para aquele que é o maior Festival de Cultura Popular da América Latina, como começamos a chamar aqui e nas emissoras de rádio por onde passamos, e é justamente por isto que ele precisa se estender por mais dias, pois tem muito a oferecer, está sendo subdimensionado. O Natal Luz está ainda engatinhando e pode oferecer também uma ampla programação a exemplo do FIG. 

O Natal Luz tem dado resultado, mas não está ficando barato, embora a prefeitura não tenha divulgado ainda o valor final, fui informado que deve passar de R$ 2 milhões, e o FIG custou pouco menos de R$ 7 milhões, ou seja, o investimento natalino já pode chegar a 1/3 do evento estadual. Mas o grande mérito do Natal Luz é seu tempo de duração, o que atrai gente todas as semanas, desde novembro. Coisa que o FIG tem se limitado a dois fins de semana. Ou seja, o custo/benefício, do ponto de vista econômico, já é um forte argumento para o debate.

Por tudo isto defendo que o Festival possa ganhar todo o mês de julho, e Garanhuns teria um mês inteiro para as pessoas virem curtir o frio junto com a arte que toma conta de todos os cantos da cidade.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.