GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sábado, 2 de janeiro de 2016

Arrecadação de Pernambuco cai R$ 1,5 bilhões em 2015

Em tempos de crise, Paulo Câmara precisou mostrar suas habilidades com as finanças públicas 
para equilibrar o estado, honrando compromissos e fazer investimentos, 
outros estados tiveram um ano mais complicado



A receita de Pernambuco em 2015 foi R$ 1,529 bilhão menor do que 2014 no comparativo entre janeiro e novembro de um ano para o outro. Nos primeiros 11 meses do ano passado, o Estado arrecadou R$ 25.677,8 bilhões contra R$ 24.148,7 bilhões este ano. "Tivemos duas grandes frustrações. Uma foi o volume menor de operações de créditos e a outra foi o menor repasse via convênios. O que ajudou a compensar foi o incremento do ICMS", resume o secretário de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral.

De acordo com dados apresentados pelo governo, a queda das operações de crédito foi de 86,6%. Até novembro de 2014, Pernambuco havia obtido R$ 1,552 bilhão contra R$ 207,9 milhões este ano. Dessa forma, deixaram de entrar no caixa estadual R$ 1,344 bilhão. Em relação aos convênios, a diferença, para menos, foi de 42,7%. Em 2014, Pernambuco recebeu 735,2 milhões contra R$ 421,3 milhões deste ano. O saldo negativo foi de R$ 313,9 milhões.

Os números consolidados de 2015 só serão conhecidos quando o ano se encerrar definitivamente, mas não há chance de o Estado sequer chegar perto da arrecadação de 2014, que foi de R$ 28,631 bilhões. O mês de dezembro tradicionalmente aponta para um boa arrecadação, mas este ano os governistas trabalham com a linha de que será "tudo a menos".

A aposta dos socialistas em um cenário mais promissor para 2016 concentra-se no novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, que se reuniu com o governador Paulo Câmara (PSB) na última segunda-feira. "Ele solicitou o mês de janeiro para analisar essas questões. É um prazo razoável para dar um retorno. Solicitei uma resposta breve porque a gente tem que planejar o ano com ou sem operações de crédito. Queremos que seja diferente de 2015, quando se ficou jogando com a barriga a definição das operações de crédito", disse o governador.


Leitores do Blog reprovam cancelamento do Garanhuns Jazz Festival



Diante do cancelamento por parte da prefeitura da realização da nona edição do Garanhuns Jazz Festival, e a perda do evento que acontecerá em Gravatá, questionamos nossos leitores sobre o assunto.

Foram quase 300 votos, e a grande maioria, absoluta, reprovou a decisão do governo municipal, provavelmente analisando o prejuízo cultural, turístico e econômico para Garanhuns.

A reprovação chegou a quase 80%, baixando para pouco menos de 70% nos últimos minutos. Vamos ao resultado final.

Você concorda com o fim do Garanhuns Jazz Festival?

Sim 32.28% (92 votos)
Não 67.72% (193 votos)

Total: 285 votos

Pesquisas Eleitorais na mira do TSE. Multa é de mais de R$ 50 mil



A partir desta sexta-feira (1º/1), entidades ou empresas que fizerem pesquisas eleitorais para conhecimento público ficam obrigadas a registrá-las no Juízo Eleitoral, segundo resolução do Tribunal Superior Eleitoral. O registro da pesquisa deve ser feito com antecedência mínima de cinco dias de sua divulgação. Os responsáveis por divulgar pesquisa sem o prévio registro das informações obrigatórias estão sujeitos a multa, que varia de R$ 53.205 a R$ 106.410.

Ao registrar a pesquisa, a entidade ou empresa deve informar o nome do contratante da pesquisa e seu número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); valor e origem dos recursos despendidos no trabalho; metodologia e período da pesquisa; plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução, nível econômico do entrevistado e área física de realização do trabalho a ser executado, nível de confiança e margem de erro, com a indicação da fonte pública dos dados utilizados. 

 (Do site Consultor Jurídico / Blog do Magno)

Mudança de cobrança do ICMS beneficia estados dos compradores pela internet


Jornalista Inaldo Sampaio
Desde esta sexta-feira, 1º de janeiro, os impostos estaduais das mercadorias compradas pela internet passam a ser repartidos entre o estado de origem e aquele que será o destino do bem.

De acordo com as novas regras para a cobrança do ICMS de material eletrônico, o estado de destino da mercadoria ficará com 40% do valor do imposto e o estado de origem com 60%.

Já no ano de 2017 a proporção se inverterá: 60% ficarão com o estado comprador e 40% com o estado vendedor. Em 2018 o estado consumidor ficará com 80% e o produtor com 20% e partir de 2019 o valor ficará integralmente com o estado de destino.

É o que diz a Emenda Constitucional 87/2015.

Predomínio avassalador da Música Sertaneja no Brasil - Por José Teles



José Teles - Crítico de Música do Jornal do Commercio
O predomínio avassalador da música popularesca no Brasil é um fenômeno preocupante para o qual poucos têm dado atenção. Uma escalada que não teve paralelo em 2015. Culminando, na última semana do ano, com o sertanejo ocupando as dez primeira posições das canções mais tocadas no país, conforme ranking da Crowley (empresa que monitoriza o que está sendo consumido e tocado nas emissoras de rádio e TV). Em primeirão situava-se o mato-grossense Luan Santana, com Chuva de Arroz.

O preocupante não é o domínio das paradas brasileiras por um só segmento musical. O perigo é que ele aumenta cada vez o embotamento estético de um imenso contingente da população. Música comercial sempre houve e haverá. O grupo mais comercial da história foi The Beatles, e Mozart fazia música para vender. O problema aqui é que é só comercial, no sentido mais estreito do termo, lixando-se para um mínimo de qualidade. São melodias pobres e assemelhadas, com letras de teor poético zero, e produções padronizadas, resultando numa massa sonora amorfa.

VÍDEOS ANTIGOS DE GARANHUNS: O Castelinho de Ruber Van der Linden

Volto a colocar o video do "Castelinho", residência de Ruber Van der Linden, outrora demolida. O vídeo foi postado no youtube pelo Franklin Holanda. A primeira vez que colocamos aqui foi em 2010, praticamente inédito, e deu grande repercussão.

Outro vídeo de Garanhuns, gravado em 1968, também foi um sucesso. Foi trazer de volta à primeira página. Mas não sei o autor. Se alguém tiver alguma informação, entre em contato com o blog. Muita gente gostaria de conhecer a história por trás da filmagem. Quem fez, o motivo, em que trabalhava, a câmera que filmou, como estava o dia, como era a cidade...

Mas vamos ao vídeo do Castelinho. Depois a gente vai colocando aqui os outros vídeos antigos da cidade.



publicado originalmente em 16 de maio de 2010.


Polícia Militar presta homenagem a Sargento Benedito



A radialista Arlete Santos, que por muitos anos foi uma das caras da Rádio Jornal Garanhuns, é mais um grande nome a enriquecer a blogosfera pernambucana.

De seu blog (http://www.arletesantos.com.br/) trazemos esta notícia, muito importante para Garanhuns e região, pelo reconhecimento a outro profissional, muito querido na Polícia Militar e sociedade em Geral. Trata-se de Sargento Benedito, que no final de dezembro foi para a reserva (aposentadoria) depois de tantos anos usando e honrando a farda da Gloriosa Polícia Militar de Pernambuco.

A passagem da ativa para a reserva não passou batida pelo comando do 9º BPM, que através do Tenente Coronel Ely Jobson, outros oficiais e companheiros de corporação, fizeram a devida homenagem a Benedito.

Para ver a matéria completa, é só acessar o blog de Arlete Santos, a quem a gente deseja sorte. Mas sabemos que sua volta ao mundo radiofônico pode estar bem próxima também. Sorte e sucesso!

E a Benedito, nosso muito obrigado, que Deus abençoe!

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.