HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

domingo, 14 de fevereiro de 2016

UPAE Garanhuns realiza procedimentos cirúrgicos. Saiba Mais!‏‏



A UPAE Garanhuns vem realizando cirurgias eletivas em diversas áreas, de pequeno e médio porte, em seu próprio bloco cirúrgico, por médicos especialistas e equipes de enfermeiros e técnicos. 

“Atendemos em nosso Bloco Cirúrgico um paciente que precisa de um procedimento mais simples, com agendamento prévio, após consultas e exames aqui mesmo na UPAE Garanhuns. Os pacientes têm alta no mesmo dia do procedimento.” – afirma Gustavo Amorim, coordenador geral da Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado.

A UPAE Garanhuns oferece atualmente procedimentos cirúrgicos nas áreas de: Oftalmologia, Dermatologia, Otorrinolaringologia, Urologia e Cirurgia Geral, sempre com encaminhamento dos médicos da casa. Os pacientes são agendados pela regulação regional, depois de consulta nos PSF´s dos 21 municípios da V GERES.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DE PALMEIRINA SOBRE GREVE DE PROFESSORES

À pedido da prefeitura de Palmeirina, estamos publicando a nota na íntegra, como recebemos:



NOTA A IMPRESSA

Em resposta a matéria “ Professores de Palmeirina permanecem em estado de Greve” o Governo Municipal ESCLARECE que já quitou os salário dos todos os servidores da educação inclusive o 1/3 férias. Infelizmente os representantes do sindicato no município esqueceram da palavra “mesa de negociação”, ultimamente fazem assembléias e tomam as decisões sem procurar o Governo Municipal  para ouvir a contra proposta, o que entendesse que querem mais aparecer do que resolver os problemas.

Na atual gestão houve implantação do Piso Nacional do Magistério, que deu um ganho ao professor de mais de 70% de aumento salarial ( 22.22% + 7,97% = 30,19% em 2013; 8,32% em 2014; 13,01% em 2015 total 51,52% em 3 anos, este aumento em cima dos quinquênios que os professores tem em media de 3 a 5 quinquênios este índice supera 70% de aumento salarial real.) Lembrando que muitas prefeitura e o Governo do Estado de Pernambuco não tem mais quinquênios e esta conquista se mantém nesta gestão.

Isso ressalta o compromisso do Prefeito Renato com os professores e a educação coisa que não existia na gestão passada que nem piso e nem mesa de negociação, infelizmente não reconhecido pela comissão de base do sindicato no município.

Em momento algum foi encaminhado oficio ao Governo sobre a GREVE ou o pedido de negociação, se tal atitude de GREVE se confirmar, serão tomadas medidas de ações judiciais para decretação a ilegalidade da greve ( de uma vez que estamos em dia), após a decisão favorável abriremos medidas administrativas contra os grevistas.  Esperamos não serem necessárias tais medidas de uma vez que o Governo Municipal NUNCA se negou a negociar.

Assessoria de impressa
Prefeitura Municipal de Palmeirina

Trabalho com Respeito ao Povo

Pernambuco reforça Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti‏




O Governo de Pernambuco reforça, neste sábado (13.02), o Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti, com a intensificação das ações contra o avanço das arboviroses em todas as regiões do Estado. O governador em exercício, Raul Henry, e o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, receberam a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e o Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, para a realização de atividades conjuntas entre os Executivos federal e estadual, além da participação das Forças Armadas. A solenidade de abertura das ações ocorreu no Comando da 7ª Região Militar, no bairro da Várzea, no Recife.

"É uma ação simultânea no Brasil inteiro. Esse é um desafio que a sociedade brasileira, o Estado brasileiro e todas as instituições têm que participar. Só vamos resolver essa tragédia de saúde pública com um grande mutirão nacional. E acho que o caminho é esse mesmo. É o caminho de mobilizar todas as forças de Estado e da sociedade para enfrentar esse desastre, que talvez seja o maior da história do País", destacou Raul Henry.

A ministra Tereza Campello lembrou que muitas das ações de combate ao mosquito podem e devem ser feitas pela própria população, o que reforça a necessidade da conscientização e do engajamento de todos. “Estamos aqui em Pernambuco, com diversas entidades de todas as esferas do Governo, com a participação das Forças Armadas, inaugurando mais um momento importante para mobilizar, alertar e orientar a população sobre a importância do combate ao mosquito. São medidas simples, como limpar calhas, virar vasos e garrafas que vão fazer com que o País ganhe essa guerra contra o Aedes aegypti”, ressaltou a ministra Tereza Campello.
Após a solenidade, o efetivo das forças armadas, com mais de 7 mil homens, seguiu para participar das atividades de promoção à saúde e educação em 31 municípios do Estado. As cidades que estão recebendo as ações são: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Arquipélago de Fernando de Noronha, Belo Jardim, Bezerros, Buíque, Cabo de Santo Agostinho, Carpina, Caruaru, Catende, Garanhuns, Goiana, Ipojuca, Itamaracá, Limoeiro, Nazaré da Mata, Ouricuri, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, São Bento do Una, São Lourenço da Mata, Serra Talhada, Surubim e Vitória de Santo Antão. Nelas, as equipes irão entregar panfletos informativos e dar orientações de como combater o Aedes aegypti, além de identificar e eliminar os focos do mosquito. 

Os demais municípios pernambucanos também foram incentivados a realizar atividades. As 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) do Estado estão prestando apoio às cidades para que sejam feitas, durante toda a semana, vistorias nos prédios públicos de suas regiões para eliminação de possíveis focos do Aedes aegypti.

“O panorama de avanço das arboviroses em nosso País exige uma atuação focada de todos os entes públicos e de toda a sociedade. E este sábado é um dia importante para mobilizarmos a população a se engajar efetivamente no combate ao mosquito Aedes aegypti. Só assim vamos vencer essa batalha, já que sabemos que cerca de 90% dos focos do estão nas residências”, lembra o secretário Iran Costa. 

De segunda (15.02) a quinta-feira (18.02), serão promovidas ações de controle do vetor. No mesmo período, haverá mobilização em escolas públicas e particulares para ampliar a disseminação de informações sobre a luta contra o Aedes.

DADOS – Neste ano, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) já notificou 7.120 casos de dengue (723 confirmados), distribuídos em 142 municípios de Pernambuco. Até o momento, nove óbitos suspeitos foram notificados e estão em investigação. Ainda foram notificados 1.507 casos suspeitos de chikungunya (100 confirmados) em 87 municípios, com 1 óbito em investigação, e 1.386 casos suspeitos de zika. Atualmente, de acordo com o índice de infestação predial, 80 municípios estão em risco de surto para as doenças e 60 em situação de alerta. 

"Pernambuco tem um sistema de notificação muito mais eficiente. E desde o inicio, se fez uma opção de aumentar a notificação do perímetro encefálico para 33 cm que era para acompanhar um número maior de famílias. Então, nós estamos sendo muito rigorosos nisso, em fazer as notificações, em não colocar lixo embaixo do tapete. Mas nós temos que continuar o trabalho de enfrentamento ao mosquito e preparar a rede pública para receber as famílias que vão ter crianças com problema de microcefalia. E, enfim, participar desse grande mutirão nacional", afirmou Raul Henry.

Devido à seriedade e à gravidade da proliferação das arboviroses no Estado, o Governador Paulo Câmara decretou, em novembro de 2015, através do decreto 42.438, Estado de Emergência em Saúde Pública. O Governo também está investindo R$ 25 milhões nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, estruturação da assistência à população e campanhas de mobilização.

GARANHUNS

Em Garanhuns, a ação iniciou às 8h, quando os profissionais da saúde já estavam, junto aos mais de 200 militares, distribuídos nos bairros da cidade que registraram maior índice de infestação predial. Em caráter mobilizador, as atividades tiveram o objetivo principal de intensificar a conscientização da população no papel de erradicar os criadouros do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e do Zika vírus. Durante todo o dia, foram distribuídos materiais informativos, com explicações sobre as medidas de prevenção e orientações sobre a importância do envolvimento de todos os garanhuenses na eliminação dos criadouros do mosquito.

Ainda pela manhã, o prefeito de Garanhuns Izaías Régis, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Alfredo de Góis, do presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT), coronel Emanuel Leite, e do secretário de aeroportos da Secretaria de Aviação da Presidência da República, Leonardo Cruz, esteve reunido com os soldados do 71° Batalhão de Infantaria Motorizada (71°BIMtz). Em seguida, o chefe do poder executivo, juntamente ao efetivo militar seguiram ao aeroporto da cidade, a fim de recepcionar o comandante do Exército Brasileiro, general Villas Bôas e o comandante militar do Nordeste, o general de Exército Pafiadache, que vieram presenciar a ação em Garanhuns. 

A ação foi realizada de forma conjunta entre o 71° Batalhão de Infantaria Motorizado (71° BIMtz) e a Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. A mobilização contou, também, com o apoio da Secretaria de Assistência Social e da V Gerência Regional de Saúde, entre alguns órgãos responsáveis pela segurança pública. (SECOM PREFEITURA DE GARANHUNS)

Fotos: Eduardo BragaDivulgação

Chefe do Estado Maior afirma que recursos para combater Aedes ainda não foram liberados pelo Governo Federal



Um dos coordenadores do Dia Nacional de Mobilização de combate ao mosquito Aedes aegypit, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante-de-esquadra Ademir Sobrinho, afirmou neste sábado (13) que os R$ 136 milhões que as Forças Armadas solicitaram ao Ministério do Planejamento para atuar ao longo da campanha ainda não foram liberados. "Esses recursos são para as Forças Armadas e ainda não foram disponibilizados", disse. "Mas não vamos deixar de atender".

Sobrinho disse que não há uma previsão de liberação, ponderou que houve dificuldade em mapear os custos, mas que já conta com a verba. "Ainda não temos previsão, porque na realidade nós tínhamos que levantar esses custos. E, enquanto estávamos levantando esses custos, já estávamos trabalhando. É demorado levantar isso tudo", explicou.

Segundo o Almirante, esses recursos já estão sendo gastos com despesas de alimentação, combustível e até mesmo material que está sendo utilizado pelos militares que estão em ação. Questionado se os comandos militares estavam "utilizando o cheque especial", o Almirante afirmou que "mais ou menos". "Estamos com próprios recursos."

Fonte: Estadão Conteudo / Diário de Pernambuco

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.