PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

IFPE TAMBÉM PRORROGA INSCRIÇÕES DE CONCURSO PÚBLICO


O concurso público para a área administrativa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) teve as inscrições prorrogadas até o dia 03 de março. Os interessados podem cadastrar-se pelo site cvest.ifpe.edu.br. Já o pagamento deverá ser feito até o dia 04 do mesmo mês nas agências do Banco do Brasil. As taxas de participação custam R$ 100 e R$ 80.

A seleção terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, contados a partir da data de publicação do Edital de Homologação do resultado final no Diário Oficial da União.

Os salários iniciais variam entre R$ 1.739,04 e R$ 3.666,54. Através do incentivo à qualificação, profissionais com doutorado podem ganhar até R$ 6.416,44, além dos auxílios. Todos os candidatos serão submetidos à prova escrita objetiva, que será aplicada no dia 3 de abril, das 9h às 12h. O resultado final será divulgado, no site do IFPE, a partir do dia 13 de maio.

O certame prevê reserva de vagas para pessoas com deficiência e negros. Para os cargos de Jornalista e Auxiliar em Administração, será destinada uma vaga a candidatos autodeclarados pretos ou pardos no ato da inscrição. Para o cargo de Assistente de Alunos e Tradutor e Intérprete de Sinais (LIBRAS), haverá reservas tanto para negros, quanto para pessoas com deficiência.

Oportunidades

São oferecidas 53 vagas nos níveis fundamental, médio e superior em diversas áreas: Técnico de Laboratório (Área Saneamento), Analista de Tecnologia da Informação (Área Redes e Suporte), Analista de Tecnologia da Informação (Área Desenvolvimento), Bibliotecário-Documentalista, Contador, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Enfermeiro (Clínica Geral), Enfermeiro do Trabalho, Tecnólogo (Gestão em Recursos Humanos), Jornalista, Médico Clínico Geral, Médico do Trabalho, Médico Psiquiatra, Revisor de Texto Braille, Técnico em Tecnologia da Informação (Área Redes e Suporte), Técnico em Tecnologia da Informação (Área Desenvolvimento), Tradutor e Intérprete de Sinais (LIBRAS), Técnico em Edificações, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Enfermagem, Técnico em Audiovisual, Técnico de Laboratório (Área Eletroeletrônica), Técnico de Laboratório (Área Cozinha), Técnico de Laboratório (Área Hospedagem), Auxiliar em Administração e Assistente de Alunos.

CONCURSO PÚBLICO DO IBGE TEM INSCRIÇÕES PRORROGADAS



O prazo final de inscrições para o Concurso do IBGE seria domingo (21), mas foi prorrogado. Os interessados poderão se inscrever até o dia 02 de março e concorrer a vagas de níveis médio e superior, com salários de até R$ 7.166,00.

Ao todo serão preenchidas 1.409 vagas, distribuídas nas capitais dos 26 Estados Brasileiros e no Distrito Federal, bem como em 459 municípios distribuídos em vinte e quatro Estados. 

Os cargos contemplados são Analista Censitário, Agente Censitário Administrativo e Agente Censitário Regional. Podem se inscrever profissionais de nível médio e superior. As inscrições deste Processo Seletivo devem ser realizadas no site da Fundação Cesgranrio 

Serão realizadas Provas Objetivas compostas de 60 questões sobre temas de Língua Portuguesa, Conhecimentos Específicos, Raciocínio Lógico e Noções de Administração e Situações Gerenciais. A previsão é que esta avaliação seja aplicada no dia 22 de maio de 2016, e tenha duração de 4 horas.

Com informações do Blog do Tiago Padilha

Com saída de Álvaro Porto e Romário Dias, Izaías vira um líder isolado no Agreste

SAIBA MAIS: http://www.inaldosampaio.com.br/

O governador Paulo Câmara está tomando gosto pela política e já participa intensamente da montagem de chapas governistas às eleições municipais. Ele já tinha no seu “staff” o secretário Antônio Figueira (Casa Civil) para fazer esta articulação e reforçou sua retaguarda, na semana passada, ao empossar o engenheiro João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, na chefia do seu gabinete. 

Jornalista Inaldo Sampaio
O gosto pela política ficou demonstrado nas duas incursões feitas nos últimos 30 dias, que resultaram na adesão ao governo de dois destacados deputados estaduais eleitos pelo PTB: Álvaro Porto e Romário Dias. Ambos abandonaram a oposição e se abrigaram no PSD, que é a principal “linha auxiliar” do PSB desde o governo do seu antecessor. Porto e Dias desfalcaram a oposição justamente na região do Estado (Agreste Meridional) em que o senador Armando Monteiro teve ótimo desempenho em 2014 como candidato a governador.

Líder isolado

Com os deputados Álvaro Porto e Romário Dias fora do PTB, o único líder do partido no Agreste Meridional passa a ser Izaías Régis, prefeito de Garanhuns e candidato à reeleição. Resta ainda saber, todavia, se ele pretende circunscrever sua liderança ao município ou se deseja expandi-la para outras cidades da região. Porto e Dias já foram escalados por Paulo Câmara para recompor as forças governistas na região a fim de levá-las à vitória em outubro próximo.

Jornalista afirma que Governo Dilma já acabou

Carlos Brickmann, no Blog do Magno

Negar é bobagem: com as investigações sobre o marqueteiro João Santana e suas contas no Exterior, com os vínculos que a Operação Lava Jato vê entre essas contas, as propinas do Petrolão e o financiamento da campanha de Dilma, o Governo acabou. Pode cair por impeachment (tese preferida do PMDB, que herdaria o trono, ao menos para convocar eleições), pode cair por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, cassando a chapa, pode até continuar ocupando os palácios até o final de 2018. Mas não como Governo, e sim como fantasma.

Lula, o braço forte do PT, vem sendo acossado pelas investigações sobre ocultação de patrimônio. Seus dois postes, Dilma e Fernando Haddad, estão ligados a João Santana, o marqueteiro do poder, que cuidou da campanha de ambos. Irregularidades nas contas de campanha de Santana podem atingir os dois.

Como funcionam as coisas no mundo político? Boa parte dos parlamentares tem dois órgãos extremamente sensíveis: o bolso (o que inclui nomeações, postos de poder, diretoria que fura poços), e o - digamos, senso de sobrevivência política. Reeleger-se apoiando um Governo manchado fica bem mais difícil. Repetindo a antiga analogia, os ratos sabem a hora de abandonar um navio.

Se, com toda a famosa base aliada, Dilma passou o ano sem conseguir aprovar um orçamento no prazo, e não foi por falta de favores e nomeações, agora terá ainda mais dificuldades para mover-se. Reformas, como a da Previdência?

Dilma parece que se convenceu - mas cadê o poder político para governar?

Membros do Conselho do Idoso de Garanhuns são empossados‏



Na manhã desta quarta-feira (24), os novos membros do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI) de Garanhuns foram empossados para o biênio 2016-2018. Na solenidade, realizada na Casa dos Conselhos, os cargos de presidência e vice-presidência foram eleitos. O CMDI, que é vinculado à Secretaria de Assistência Social do município, é paritário e formado por 12 membros, sendo seis representantes governamentais e seis representantes de entidades da sociedade civil.

A nova presidente do conselho, Bruna Paixão, falou sobre a atuação do conselho em Garanhuns. “O nosso objetivo, enquanto conselho, é assegurar que os idosos tenham os seus direitos garantidos. Eles têm diversos direitos, porém há a necessidade de que o conselho seja sempre atuante, que tenha planos, tenha projetos, garantindo essa proteção ao idoso”, finalizou Bruna.

Joaquim Bernardino Leite, que já era membro do CDMI e foi eleito vice-presidente, acredita que o conselho tem um papel fundamental para o município. “Temos uma tarefa e, eu diria, que é a maior de agora; que é a elaboração do plano de ação para o conselho e cuidar da regulamentação da conta do fundo municipal do idoso. Eu acredito que o conselho funcionando em sua plenitude, a gente vai conquistar uma melhor qualidade de vida para os nossos idosos e isto acontecendo, a gente estará promovendo uma sociedade cada vez melhor”, afirmou.

Texto e Fotos: Ruthe Santana – Secom/PMG

De uma só vez, cinco vereadores ingressam no PSB de São Benedito do Sul e lançam candidatura à prefeitura



Cinco vereadores no município de São Benedito do Sul, na Mata Sul, anunciaram, nesta terça-feira, que vão sair das suas respectivas legendas para se filiar ao Partido Socialista Brasileiro (PSB-PE). O grupo ainda comunicou o lançamento da pré-candidatura de Roberta Queiroga e Maria Joselí (Josa) para os cargos de prefeita e vice da cidade, respectivamente. As duas concorrerão pelo PSB. Além das novas filiações, o partido na cidade passa a ser presidido pelo vice-prefeito Aluísio João, o Lulu. 

O grupo comunicou a decisão ao presidente estadual do PSB, Sileno Guedes. No âmbito municipal, o acordo foi costurado pelo ex-prefeito do município, Fábio Dantas, conhecido como Fabinho. Ele conseguiu trazer para o PSB o presidente da Câmara Municipal, Rizonildo Olímpio (Nildinho do Povo), que estava no PTB; Valdemiro Domingos Sávio (Miro da Mumbuca) e José Adilson (Tatu), do PMDB; Vanderval Bezerra, do PT; e Carlos Antonio, do PSD.

A pré-candidata Roberta Queiroga deixa o PMDB e aposta sua candidatura no PSB. Segundo ela, a mudança foi uma reivindicação popular.

FORRÓ EM GARANHUNS - Ronaldo Cesar e a Tropicana - Começa a temporada forrozeira!!


Audálio solicita à Prefeitura de Garanhuns a construção de duas escolas


Audálio entrega pedido a Secretária de Educação

Em atendimento a diversas reinvindicações de moradores das Comunidades da Brasília e da associação do sítio Mata dos Caibros em Garanhuns, o vereador Audálio encaminhou Requerimento Nº 463/15 ao prefeito Izaias Régis e a secretária de Educação Janecélia Marins para que sejam construídas duas escolas para atender essas localidades.

De acordo com o parlamentar garanhuense essas escolas irão proporcionar o aumento da oferta de vagas para atender a demanda crescente de alunos dessas áreas, sendo uma unidade atendendo a Brasília, Vila Canadá e parte do Magano e a outra na zona rural atendendo os sítios Mata dos Caibros, Estrela, Mãe D’água, Saquinho e Lagoa Seca.


Senadores aprovam aumento de impostos sobre Ganhos de Capital. SAIBA MAIS!



Os senadores aprovaram, nesta terça-feira (23), a Medida Provisória (MP) que torna progressiva a tributação do imposto sobre a renda da pessoa física sobre ganhos de capital obtidos na venda de imóveis. Com 56 votos favoráveis, 11 contrários e uma abstenção, a matéria segue agora para sanção da presidenta Dilma Rousseff. 

Para o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), a matéria, que faz parte do pacote de ajuste fiscal promovido pelo Governo Federal para sanear as contas públicas do país, é importante porque estabelece alíquotas maiores a valores superiores em decorrência da alienação de bens e direitos de qualquer natureza. 

“A Constituição Federal prevê que os impostos serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte. Esse princípio é consagrado como o da capacidade contributiva. Quem tem mais, paga mais. É justo”, afirma.

SAIBA MAIS: O ganho de capital corresponde à valorização de um determinado bem na comparação do valor de compra desse bem com o valor da venda. Se uma pessoa compra um imóvel e, depois de um período, o bem se valoriza, houve um ganho de capital. Sobre esse ganho é incidido um imposto, o chamado imposto sobre ganho de capital.

NOVAS ALÍQUOTAS: De acordo com Humberto, o ganho de capital percebido por pessoa física em decorrência da alienação de bens e direitos de qualquer natureza, antes sujeito à incidência do imposto à alíquota única de 15%, passará a ter quatro percentuais diferentes e progressivos. 

A atual alíquota única de 15% passará a ser a mais branda, sendo aplicável sobre a parcela dos ganhos que não ultrapassar R$ 1 milhão. A parcela dos ganhos que exceder R$ 1 milhão e não ultrapassar R$ 5 milhões será tributada em 20%. A que exceder este valor e não ultrapassar R$ 20 milhões estará sujeita a 25%. Por fim, a que ultrapassar R$ 20 milhões será tributada a 30%.

A proposta aprovada no Senado reduziu as previsões feitas pelo Governo no texto original da MP, que eram ainda maiores. Com as alterações, a arrecadação prevista de R$ 1,8 bilhão deverá ser menor. “Mesmo assim, a medida é importante em razão da necessidade do ajuste fiscal. É necessário que os contribuintes tenham regras claras, transparentes e seguras”, disse Humberto. 

A MP nº 692/2015 também altera o termo final de adesão, as condições de pagamento e o pagamento mínimo em espécie referentes ao Programa de Redução de Litígios Tributários (PRORELIT), instituído em julho do ano passado.

Licitação de pessoal faz prefeitura de Garanhuns gastar meio milhão de reais a mais por mês

 
Dias depois de Rosa Quidute, como prefeita interina, convocar os 59 aprovados no Concurso Público da Prefeitura, acabou chamando a atenção uma informação soltada pela comunicação oficial, pois até aquela data, contando desde a realização do concurso ao dia anterior à convocação de Rosa, um total de 11 pessoas haviam assumido suas funções, convocadas do certame. Ou seja, apenas 11 aprovados chegaram à última etapa após a convocação e adentraram no serviço público. Irrisório, e explica-se pela falta de interesse da administração de convocar os concursados, desrespeitando prazos estipulados pelo Ministério Público e conseguindo cada vez mais tempo. O prefeito chegou a dizer que a Secretaria de Administração não daria conta se chamasse muitos aprovados ao mesmo tempo.

Até que veio a convocatória de Rosa Quidute.

De lá pra cá, já houve algumas convocações, a principal delas tentou descredibilizar a vice-prefeita, logo após o retorno do prefeito da Europa, mas nenhuma teve a repercussão causada pelo chamado de Rosa, que é vista como responsável por ter destravado o chamado do concurso. Se a iniciativa da vice teve ou não cunho político-eleitoral, a verdade é que deu certo, pois a prefeitura começou a chamar os aprovados.

A administração Municipal passou muito tempo com o pé no freio para convocar os concursados, e por isto é estranho que agora, de uma hora para outra, resolva terceirizar e contratar 400 pessoas, através de uma licitação para empresas, a um custo altíssimo, que pode levar dos cofres públicos valores superiores a meio milhão de reais por mês, caso fossem contratos diretos.

Além de continuar utilizando o instrumento da contratação.

É estranho ouvir o discurso que a prefeitura não tem dinheiro para bancar Hospital Municipal, Clínica de Reabilitação, UPA24h, Festival de Jazz, e contratar 400 pessoas deixando uma margem de R$ 580 mil reais para a empresa vencedora da licitação, que arcaria com as despesas funcionais.

A denúncia é do vereador Sivaldo Albino, que enviou aos meios de comunicação, com cópias das planilhas. Albino questiona os encargos que serão pagos, na ordem de 82% e também o fato da prefeitura não ter colocado os cargos que serão preenchidos no edital do Concurso Público.

Confiram o texto que o parlamentar enviou à imprensa.


"A Prefeitura Municipal de Garanhuns abriu Processo de Licitação nº 12/2016 na modalidade de Pregão Eletrônico nº 006/2016 que tem como objeto a contratação de empresa para prestação de serviços diretos na contratação de pessoal para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Eletricistas e Motoristas. 

Dentro do edital consta que a necessidade da Prefeitura será de 300 auxiliares de serviços gerais, 10 eletricistas, 32 motoristas de ônibus/caçamba/pipa, 67 Motoristas de veículos leves e 1 motociclista. O estranho, é que se tem a necessidade de contratar via empresa essa quantidade de servidores, por qual motivo não foi inserido no concurso público esses cargos?

No processo de licitação que terá suas propostas abertas no próximo dia 1º de março de 2016 o preço máximo admitido será de R$ 998.318,73 (novecentos e noventa e oito mil trezentos e dezoito reais e setenta e três centavos) por mês.

O fato que chama atenção é que na composição do preço a ser pago pela Prefeitura (conforme tabela em anexo) os encargos correspondem a 82,66% e o BDI (Benefício e Despesas Indiretas) correspondem a 29,07%. No edital não fala o que compreendem esses encargos que chegam a 82,66%, já o BDI a tabela na página 30 do edital trás a relação do que compreende, mas a somatória dos itens só chega a 23,65% e não as 29,07% como prevê a tabela.

Vejam, o auxiliar de serviços gerais deverá receber da empresa um salário de R$ 805,99 (oitocentos e cinco reais e noventa e nove centavos), mas o Município pagará a empresa por este funcionário o valor de R$ 1.900,16 (hum mil e novecentos reais e dezesseis centavos) quer dizer R$ 1.094,17 (hum mil noventa e quatro reais e dezessete centavos) a mais só pelo fato do mesmo ser contratado através de uma empresa. Na tabela abaixo você poderá ver a comparação dos outros cargos. No total, o custo do salário base desses servidores por mês para empresa será de R$ 415.425,85, mas a Prefeitura irá desembolsar por mês para pagar a empresa o valor de R$ 998.318,73, ou seja, R$ 582.892,88 a mais. 

Uma hora o Prefeito Izaias diz que não se tem dinheiro para arcar com o Hospital Municipal, a clinica de fisioterapia, com o Festival do Jazz que ele acabou esse ano, com a reforma da avenida Santo Antonio, da reforma do Mercado 18 de agosto. De repente somos surpreendidos com um absurdo desses, onde se prefere pagar o dobro para contratação de funcionários que não sabemos qual é esse intuito . Na verdade, precisamos passar a limpo o que está acontecendo na Prefeitura de Garanhuns, não dá pra engolir essas desculpas para umas coisas e em outras querer fazer farra com dinheiro público, que é o dinheiro do povo. Volto a insistir, se tinha a necessidade desses servidores porque não colocaram boa parte no concurso?

A Prefeitura de Garanhuns não vem cumprindo o prazo de convocação dos concursados, a exemplo os 50 Agentes Comunitário de Saúde e os 10 Agentes de Endemias previsto e aprovados no concurso ainda não foram chamados, mesmo com este surto que vive o País de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura não se importa em agilizar esse processo. Outro fato é que o Ministério Público abriu inquérito para apurar o excesso de Estagiários no Município de Garanhuns, especialmente na Secretária de Educação em substituição de professores em sala de aula.

Precisamos ficar atentos, o dinheiro é público e deve ser usado com lisura, transparência e utilizando o princípio da economicidade, porque quanto mais se economiza mais benefícios se faz para a Cidade e sua gente.

Nesse momento conto com apoio da Imprensa de Garanhuns na divulgação desse material e amanhã 24/02/2016 estarei encaminhando ao TCE para que analisem esses supostos erros que constam na planilha e também esses valores absurdos que querem pagar com o dinheiro da nossa população.

Sivaldo Albino
Vereador

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.