GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Pedro Falcão busca verbas para Universidade de Pernambuco em Brasília‏‏

Reitor pede empenho dos deputados pela UPE, a exemplo de Zeca Cavalcanti (PTB), ao centro 

Representantes da Universidade com o Deputado Augusto Coutinho (SD)

Reitor com Norma Gouveia e Izabel Avelar no Plenário da Câmara dos Deputados

O Reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Prof. Pedro Falcão, esteve, nos últimos dias 24 e 25/02, em Brasília, onde participou, de reunião na Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) e de encontros com deputados federais da bancada de Pernambuco, com o objetivo de conquistar recursos para a universidade e seus hospitais, além de defender junto aos parlamentares o fim das contrapartidas nas emendas que beneficiam a instituição.

No gabinete da deputada Luciana Santos (PCdoB)
Na reunião administrativa da Abruem, com reitores de outras instituições de ensino superior estaduais e municipais ligadas à associação, foram deliberados diversos assuntos, como a situação atual do Pibid, o Programa de Mobilidade Nacional da Abruem e o 58º Fórum Nacional de Reitores.

VISITA A PARLAMENTARES NO CONGRESSO NACIONAL

Ainda em Brasília, o reitor visitou os deputados federais João Fernando Coutinho, Tadeu Alencar, Jarbas Vasconcelos, Carlos Eduardo Cadoca, Gonzaga Patriota, Pastor Eurico, Luciana Santos, Wolney Queiroz, Augusto Coutinho, Mendonça Filho e Zeca Cavalcanti. 

Nos encontros, com o objetivo de conquistar emendas e recursos para a Universidade e seus hospitais, estiveram presentes também a Gestora Executiva – Pró-Tempore – do Hospital Universitário Oswaldo Cruz da UPE (Huoc), Profa. Izabel Avelar, o Superintendente Médico do Huoc/UPE, Gustavo Trindade, e a Assessora de Relações Institucionais da UPE, Norma Gouveia.

SAIBA MAIS: www.upe.br

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER, DENUNCIE! LIGUE 180




Terceirização de contratados da prefeitura de Garanhuns não gera novos empregos e vai custar R$ 5,5 milhões por ano, diz vereador


O vereador Sivaldo Albino (PPS) enviou aos meios de comunicação uma contestação ao prefeito Izaías Régis, que vai terceirizar 400 contratados da prefeitura de Garanhuns, que passarão a receber seus salários de uma empresa, que será escolhida através de licitação.

Sivaldo apresentou a denúncia na semana passada e o prefeito, em entrevista à Rádio Jornal, tentou explicar, mas atacou o vereador diretamente, não deixando claro os benefícios da terceirização para o município, que vai passar a gastar mais para manter os mesmos funcionários. Seria interessante uma explicação à sociedade, para que ficasse claro os objetivos desta terceirização, que segundo o vereador, vai custar R$ 5,5 milhões a mais por ano aos cofres públicos.


Sivaldo voltou a contestar, enviando nova nota à imprensa:

"Após levar conhecimento a população de que o prefeito estaria interessado em terceirizar os serviços de mão de obra da prefeitura para os cargos de auxiliar de serviços gerais, motoristas e motociclistas, e assim gastar quase um milhão de reais por mês, fui atacado de forma pessoal pelo prefeito, durante entrevista na Rádio Jornal de Garanhuns.

Infelizmente o Prefeito Izaias não sabe discutir os problemas de Garanhuns de forma clara e institucional, ele parte para agressões pessoais tentando desqualificar o trabalho deste vereador. 

É bom informar que não se trata da criação de novos empregos, porque hoje já existem esses servidores na estrutura do município e eles irão passar para terceirizada, criando apenas a ilusão de geração de emprego para população.

Vejam o quadro de comparações sobre a forma de contratação para esses servidores, que prova que seria mais econômico qualquer tipo de contratação direta do que terceirizar.

Terceirizando a Prefeitura irá em média pagar a mais R$ 5.500.000,00 (cinco milhões e quinhentos mil reais) por ano. Ao invés de dar “lucro” para uma empresa, deveria a Prefeitura gastar esses recursos para investir na saúde e educação de nosso município, que se encontram em péssimas condições, e também em projetos sociais e esportivos, que, diga-se de passagem, tem sido esquecido pela administração dele." - finaliza na nota.

CHARGE POLÍTICA DO BLOG: A faixa de Dilma


Pesquisa da FIEPE revela impacto causado pelas doenças transmitidas através do mosquito Aedes aegypti dentro das indústrias do estado de Pernambuco



A queda na produção foi considerada o principal impacto do mosquito transmissor da dengue, zica e chikungunya dentro das indústrias no estado. De acordo com pesquisa de sondagem, realizada pela Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE), 42,3% dos gestores citaram redução na produtividade no período que compreende os meses de janeiro e fevereiro de 2016.

Das indústrias participantes da coleta, cerca de 80% citaram afastamento de empregados por conta de doenças transmitidas pelo mosquito do Aedes aegypti. A realocação de colaboradores foi indicada por 22% dos entrevistados. Apenas 6,5% dos executivos optaram por hora extra aos funcionários e as novas contratações ficaram com apenas 0,8%.

“A epidemia instalada em Pernambuco traz impactos negativos para as empresas industriais, com o aumento do absenteísmo nos parques fabris. Para isso, realizamos a pesquisa de sondagem que vem corroborar com as campanhas e medidas que o Sistema FIEPE vem tomando para conter o avanço das doenças transmitidas pelo mosquito e que atinge diversas indústrias no nosso Estado”, afirma o presidente da FIEPE, Jorge Côrte Real. 

O número de empresas impactadas pelo mosquito Aedes aegypti em seu quadro de funcionários na Região Metropolitana do Recife foi de 92%, índice superior à média do estado. 

Vereadora denuncia abandono de escolas municipais em Garanhuns




A vereadora Nelma Carvalho (PSB), conhecida por Diretora Nelma, justamente por sua atuação na educação do município, enviou aos meios de comunicação uma denúncia com fotos mostrando a situação de abandono que se encontram escolas em Garanhuns.

Segundo a parlamentar, falta água, merenda, professores e recursos para o bom funcionamento das escolas municipais de Garanhuns. O caso mais alarmante, fiscalizado esta semana pela vereadora é o da Escola Silvino Almeida Oliveira, localizada no bairro Manoel Chéu.  A escola que disponibiliza o ensino de séries inicias e finais do fundamental e a EJA (Educação de Jovens e Adultos), é formada por um complexo de três prédios, onde um serve de sede, e outros dois, de anexos (usados para educação infantil). 

Na sexta-feira (26), as instalações da escola foram alvo de uma fiscalização por parte da vereadora. A ideia, segundo ela, era ver de perto a dura realidade encarada pelos alunos. No Manoel Chéu, já dentro das instalações da escola a vereadora, defendeu uma ampla reforma, iniciada pela construção de um novo muro para cercar aquela unidade de ensino. O atual é muito baixo, sem contar que parte dele foi colocado abaixo, para construção de uma quadra poliesportiva. Quadra essa que vem sendo erguida a quase três anos, sem que os trabalhos de execução tenham sido finalizados. 

No anexo 1, que fica no Mundaú, 30 crianças ocupam as carteiras, sendo que as salas não comportam a demanda oferecida. Este mesmo anexo ainda é responsável pela produção da merenda, que nem sempre é servida, caso, por exemplo, da sexta-feira, dia da visita de Nelma. Já o anexo 2 faz uso de uma casa que antes servia de residência familiar, para abrigar o alunado, detalhe, a cozinha, adaptada, serve com uma das salas de aula. 

Com relação a escola Dom Mário, no Magano, as instalações estão num avançado estado de degradação. Para esse caso vale salientar que a edificação está inoperante, já que segundo informações, nenhuma atividade no âmbito educacional vem sendo efetivada na unidade. A escola está abandonada. 

Na Câmara Municipal, a vereadora irá requerer ao Governo de Garanhuns algumas intervenções para ambas escolas (Silvino Almeida e Dom Mário). A expectativa, segundo Nelma, é que a gestão se sensibilize, executando medidas em um tempo hábil, capazes de acarretar um bom funcionamento às escolas. Uma das propostas de Nelma para Dom Mário é sua utilização no âmbito cultural, com atividades, de canto, musica, teatro e dança. Com a iniciativa, um resgate social, através da cultura regional será viabilizado. A sociedade ganha mais uma vez.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.