GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

segunda-feira, 7 de março de 2016

ENQUETE: Você votaria em Lula para presidente em 2018?



Lula fez Dilma presidente, e é o principal nome do PT para a sucessão em 2018, mas as investigações sobre supostos benefícios das empreiteiras ligadas aos desvios bilionários da Petrobras têm chegado ao ex-presidente, arranhando sua imagem e aumentando sua rejeição. 

Ao mesmo tempo, a militância tem feito a defesa do líder petista, antecipando o debate eleitoral. Lula utilizou a operação da Polícia Federal e do Juiz Sérgio Moro politicamente, e a campanha eleitoral ganhou as ruas nas manifestações dos últimos dias, defendendo as conquistas sociais de sua época no comando do país. Lula não explicou as acusações e se disse perseguido.

Diante deste quadro, ou até segundo suas próprias conclusões sobre os acontecimentos...


Você votaria em Lula para presidente em 2018?
Já votei em Lula. Votaria de novo!
Já votei em Lula. Não votarei mais!
Nunca votei em Lula, e não voto em 2018.
Nunca votei em Lula, mas agora eu voto!

Comemorações marcam o Dia de Garanhuns – 10 de Março‏


A Prefeitura de Garanhuns, com o apoio do Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns (IHGG), Câmara de Vereadores, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Grupo Caminhantes do Parque inicia uma programação em comemoração ao “Dia de Garanhuns”, vivenciado no próximo dia 10 de março. A partir desta segunda (07) o aniversário da criação do município terá sua primeira comemoração. Será aberta no IHGG, a Exposição Iconográfica “Garanhuns de todos os tempos, uma viagem fotográfica”.

Na terça-feira (08), Dia Internacional da Mulher, a partir das 19h30, o Instituto Histórico realiza palestra com a escritora Ivonete Batista Xavier cujo tema será: “Luzinete Laporte de Carvalho na Cultura de Pernambuco”.

Na quarta-feira (09) a Câmara de Vereadores de Garanhuns realiza Sessão Solene pelo Dia de Garanhuns, às 10h.

Na quinta-feira (10), a Cidade das Flores será acordada às 6h da manhã ao som de fogos de artifício. À noite, o Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns, realiza uma sessão magna, a partir das 19h para a Instalação da Comissão Memorial do Centenário da Hecatombe e o Lançamento do Livro “História do Município de Garanhuns – Da Colônia à República” do Prof. José Carlos de Souza Guedes.

No domingo(13), a partir das 8h, em frente ao Palácio Celso Galvão – sede do Poder Executivo Municipal -, está marcado o hasteamento dos pavilhões oficiais a participação da banda do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado. Logo após, os populares poderão participar do corte do bolo em comemoração aos 205 anos de Garanhuns, ao som da Orquestra Manoel Rabelo. Quem também participa deste momento é o Grupo Caminhantes do Parque que realiza caminhada com saída do Parque Euclides Dourado com destino ao Palácio Celso Galvão. Em seguida os Caminhantes participam de um Café da Manhã na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns.

Às 10h30, na Igreja Presbiteriana Central, localizada na avenida Santo Antônio, os moradores poderão participar do culto de agradecimento.

À tarde, a partir das 13h no Parque Euclides Dourado, a população contará com um Roda de Sanfona Especial pela passagem das comemorações do Dia de Garanhuns. Quem também participa das comemorações no Parque é a Banda Marcial Gabriela Mistral, numa bela homenagem à Criação do Município.

Encerrando as comemorações do domingo, a partir das 19h30, será celebrada uma missa em homenagem ao “Dia de Garanhuns”, na Catedral de Santo Antônio.

Rede Municipal de Ensino - Durante esta semana, todas as escolas da Rede Municipal estarão vivenciando diversas atividades alusivas à data e em relação ao município e sua história.

Em Carta Aberta, PCB Nacional afirma não apoiar Governo Burguês do PT


Os indícios de envolvimento do ex-presidente Lula em esquemas de corrupção são mais um capítulo da grave crise brasileira, marcada pelo esgotamento do governo Dilma e a degradação política e ideológica do Partido dos Trabalhadores (PT) e seus satélites. Diante de uma conjuntura econômica de recessão e redução das taxas de lucro, acompanhada de uma grave crise social aprofundada pelo ajuste fiscal – com o crescimento do desemprego, que já alcança cerca de 10 milhões de pessoas –, a burguesia passou a executar um plano, articulado com setores da grande mídia, do Congresso Nacional e do Judiciário, para tirar o PT do Palácio do Planalto e lançar as bases de um possível governo fundado na aproximação do PSDB com o PMDB. 

Apesar de o governo petista ter aplicado servilmente as exigências da classe dominante - como demonstram a imposição dos cortes nos programas sociais para pagamento dos juros da dívida aos rentistas, a lei antiterrorismo, a entrega do pré-sal, o aprofundamento das privatizações, a reforma da previdência, os ataques aos direitos trabalhistas e o abandono da reforma agrária -, a gravidade da crise exige, do ponto de vista dos interesses do capital, medidas mais profundas e rápidas, diante das dificuldades do petismo em manter a política de apassivamento das massas. A combinação da crise econômica com a crise política torna, neste momento, a continuidade do governo petista incômoda e desnecessária para o “mercado”, cujos interlocutores argumentam, através da mídia burguesa, que somente trocando de governo será possível retomar o crescimento econômico.

A evidente parcialidade da Operação Lava-Jato, que não aprofunda as investigações sobre membros do PSDB e do PMDB – apesar de ter revelado importantes esquemas de corrupção e mesmo aprisionado empresários –, tem promovido alguns espetáculos midiáticos, como foi a desnecessária condução coercitiva de Lula para depoimento à Polícia Federal. Esta parcialidade não é um fato isolado. Para a maioria da população trabalhadora, principalmente jovem e negra, toda abordagem pela polícia é sempre coercitiva e sem qualquer formalidade, assistência jurídica e muito menos o “devido processo legal”; não raramente, acaba em arbitrariedade ou morte, como provam crescentes estatísticas dos famigerados autos de resistência.

A corrupção é a forma mais aparente das relações promíscuas entre o Estado burguês e os interesses econômicos capitalistas. O plano de mudança de governo do qual a Lava-Jato é apenas uma peça, portanto, não é um golpe contra a institucionalidade liberal-burguesa, mas uma das vias no interior dessa institucionalidade para a imposição de governantes que melhor atendam, circunstancialmente, os interesses do capital. Isto não significa subestimarmos, neste quadro, as tendências a mais restrições no campo das liberdades democráticas que a burguesia tentará impor cada vez mais para fazer frente ao acirramento da luta de classes que a crise do capitalismo engendra.

A decisão da burguesia de livrar-se do governo petista por meio do impedimento ou da renúncia negociada da Presidente e de inviabilizar, por via judicial, uma futura candidatura de Lula em 2018 não justifica a defesa do governo Dilma nem do ex-presidente por parte da esquerda socialista, porque não nos faz esquecer a opção política da cúpula do PT pelo caminho do pacto social burguês, como se comprova desde a Carta aos Brasileiros, em 2002, e o zeloso atendimento aos interesses dos bancos, da indústria automobilística, do agronegócio, das empreiteiras e mineradoras. Não nos cabe afiançar uma suposta inocência de Lula e outros líderes petistas e menos ainda de imaginar que investigações sobre eles coloquem a democracia burguesa em risco, mas de fazermos uma profunda crítica à estratégia de conciliação de classes adotada pelo PT, a qual, aprofundada nos últimos 14 anos, agora se volta contra ele.

Diante disso, o PCB não vê razões para alterar sua postura de independência de classe e oposição de esquerda ao atual governo, sobre o qual o ex-presidente Lula nunca deixou de influenciar diretamente. O PT preparou o próprio terreno pantanoso em que agora se afunda, ao ter optado por reforçar o Estado Burguês, enquanto retirava direitos dos trabalhadores. Por fim, o PCB não reforçará o culto despolitizado, personalista e saudosista de uma liderança que, através de seu carisma, utilizou o apoio dos trabalhadores para operar uma política que privilegiou os interesses capitalistas. Tampouco nos somaremos a iniciativas pretensamente dedicadas à defesa da democracia com aqueles que, nos últimos tempos, a vêm golpeando em troca da governabilidade a qualquer custo. Conclamamos à formação de um bloco de lutas de caráter anticapitalista e socialista, para resistir aos ataques do capital e avançar na perspectiva da construção do Poder Popular e do Socialismo. 

PCB - Partido Comunista Brasileiro, com apoio do PCB de Garanhuns/PE
Comissão Política Nacional - 6 de março de 2016.
Acesse nosso blog: www.pcbgaranhuns21.blogspot.com

Tocha Olímpica percorrerá 15 municípios e Fernando de Noronha‏ em Pernambuco



Para afinar os detalhes da cerimônia de Revezamento da Tocha Olímpica no Estado, o governador Paulo Câmara recebeu, na manhã desta segunda-feira (07.03), o ministro dos Esportes, George Hilton, na sede do Executivo estadual, no Recife. No encontro, foi apresentado o percurso da chama em Pernambuco, roteiro que incluirá 15 municípios do Sertão, Agreste e Região Metropolitana do Recife (RMR), além do Arquipélago de Fernando de Noronha. A solenidade será mais uma oportunidade para mostrar ao mundo o talento do atleta local. O gestor estadual destacou a capacidade aglutinadora do esporte e a importância dos Jogos Olímpicos para o Estado. 

"É muito importante para Pernambuco está inserido no ano Olímpico. Sabemos a importância da prática esportiva na formação dos nossos jovens, pois traz oportunidades para vencer os desafios. Eu, como governador, busco sempre levar as modalidades esportivas para o ambiente escolar e onde mais podemos inseri-lo. É uma forma também de evitar que a juventude se envolva com drogas e outras coisas que não fazem bem", afirmou Paulo. "E os Jogos Olímpicos buscam aglutinar e fazer com que os jovens tenham, nas atividades esportivas, a expectativa de disputar uma Olimpíada, assim como muitos pernambucanos já tiveram", completou.

De acordo com o Comitê Organizador do Jogos, a chama irá percorrer 329 cidades brasileiras em 95 dias, alcançando 90% da população. Ao todo, serão 20 mil quilômetros percorridos, 10 mil milhas aéreas e 12 mil condutores. No Estado, a primeira cidade a receber a tocha será Petrolina, no dia 26 de maio. Na sequência, a chama passa por Lagoa Grande, Santa Maria, Orocó, Cabrobó. Garanhuns, Lajedo, Caruaru, Gravatá, Jaboatão dos Guararapes, Recife, Ipojuca, Olinda, Igarassu, Goiana, Fernando de Noronha completam o roteiro. Do arquipélago, a tocha segue para o Rio Grande do Norte.

Para o ministro George Hilton, a passagem da Tocha Olímpica pelos Estados significa a nacionalização do evento, que será realizado, em agosto, no Rio de Janeiro. "A chama é um símbolo de unidade e de paz. O evento acontece no Rio, mas o legado será do País. A passagem da tocha pelos municípios faz com que, naquele dia, o evento deixe de ser do Rio e seja do Brasil", assegurou Hilton, pontuando que diversos centros esportivos foram requalificados para os Jogos. 

A capital pernambucana foi escolhida para ser uma cidade-celebração. Então, está sendo planejada uma cerimônia para acender a pira olímpica e uma festa da cultura popular na chegada da comitiva ao Marco Zero recifense. A escolha se deu devido à relevância da cidade para o turismo e a economia do Nordeste. A ideia é envolver a população no evento, que também divulgará mundialmente a cultura. Ao todo, serão 175 pessoas participando do revezamento. O percurso será de 36 km e cada participante percorrerá 200 metros com a tocha (a uma média de corrida de 20 km por hora).

Pernambuco tem seis atletas com participação confirmada na maior celebração esportiva: Yane Marques, pelo Pentatlo; Joanna Maranhão e Etiene Medeiros, pela Natação; Keila Costa, pelo Salto; Cisiane Dutra e Érica Sena, pela Marcha Atlética. Além desses, a pernambucana Jenifer dos Santos já garantiu participação nos Jogos Paralímpicos. E ainda há esperança para dezenas de atletas.

Participaram da reunião no Salão das Bandeiras o vice-governador do Estado, Raul Henry; o vice-prefeito da cidade do Recife, Luciano Siqueira; o secretário de Assuntos Federativos da Presidência, Olmo Xavier; o diretor executivo do Comitê Organizador do Rio 2016, o general Marco Aurélio; os secretários Felipe Carreras (Turismo) e Alessandro Carvalho (Defesa Social); além dos deputados federais Tadeu Alencar, Fernando Monteiro e Pastor Eurico.

Fotos: Wagner Ramos/Sei

HISTÓRIA DE PERNAMBUCO: O Bicentenário da Revolução de 1817



O Diario de Pernambuco inicia hoje uma contagem regressiva que já é histórica. Neste 6 de março se celebram os 199 anos da Revolução de 1817, o movimento democrático e republicano que nos legou a bandeira azul e branca e a Data Magna estadual. 

Preparando a comemoração do bicentenário deste evento tão significativo, o jornal vai resgatar, ao longo das próximas 52 semanas, a história de quem é hoje nome de rua, como Gervásio Pires, Padre Roma e Cruz Cabugá.

Confira nas edições.



A REPÚBLICA DE PERNAMBUCO

Quando chegou ao quartel do Regimento de Artilharia, no bairro de Santo Antônio, por volta das 13h de 6 de março de 1817, o brigadeiro português Manoel Barbosa não poderia imaginar que logo estaria morto. E, menos ainda, que o seu passamento daria início a um movimento político capaz de influenciar os rumos das histórias de Portugal e do Brasil. 

Pela manhã, Barbosa recebera do governador Caetano Pinto Montenegro a incumbência de prender alguns oficiais brasileiros da Artilharia, sob seu comando, acusados de conspirar pela independência do país. Já o brigadeiro Moscoso, comandante do Regimento de Infantaria, sediado em Olinda, deteria os seus subversivos, enquanto o marechal José Roberto Pereira faria os mesmo com os líderes civis da pretensa intentona. Os outros dois cumpriram as suas tarefas sem dificuldades. Só Barbosa deu azar. Em grande parte, por culpa dele mesmo.

O fato é que o brigadeiro se achava muito valente. Moscoso, por exemplo, mandou seus oficiais se apresentarem no Forte do Brum, sem lhes dizer o motivo. E, lá chegando, eles foram detidos. Barbosa, não. Ele quis prender os acusados na frente da tropa, para mostrar quem era o galo que cantava naquele terreiro. Aí, lascou-se. O capitão José de Barros Lima, apelidado de “Leão Coroado”, por ser muito valente e careca no topo da cabeça, porém com longos cabelos nos lados, parecendo uma juba, não acatou a ordem de prisão. Em vez disso, sacou espada e varou, de um lado para o outro, a barriga de Barbosa. E a revolução, planejada secretamente pelos maçons para rebentar daí a um mês, na Semana Santa, simultaneamente em Pernambuco, no Rio de Janeiro e na Bahia, nasceu de forma prematura no Recife.

Do quartel da Artilharia, o movimento ganhou as ruas de Santo Antônio, habitado pelos recifenses pobres e remediados (os ricos preferiam a Boa Vista). E invadiu o antigo bairro do Recife, onde ficava o porto e vivia a grande colônia portuguesa. 

No dia seguinte, o governador, que se asilara no Forte do Brum, capitulou. E os pernambucanos, reunidos no velho prédio do Erário, que fica onde é hoje o Palácio do Campo das Princesas, formaram o primeiro governo do povo brasileiro livre.

G1 informa Unidades de Saúde do interior de PE que atendem crianças com microcefalia

Neuropediatria do Hospital Dom Moura em atendimento em Garanhuns
Saiba mais: G1 CARUARU

Unidades públicas de saúde do interior de Pernambuco já fazem atendimento especializado a crianças com microcefalia. São serviços como fonoaudiologia, fisioterapia e neuropediatria. Gestantes que têm casos diagnosticados da malformação também têm apoio de psicólogos e assistentes sociais.

Hospital Dom Moura em Garanhuns
O G1 listou os lugares a partir de informações repassadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Em Pernambuco, são 1.672 casos de microcefalia notificados de 1º de agosto de 2015 até 27 de fevereiro deste ano. Destes, 215 foram confirmados.

Em Garanhuns, o Hospital Dom Moura recebe crianças e grávidas. O ambulatório funciona dois dias por semana. Além de coleta de exames laboratoriais, a equipe conta com neuropediatra, pediatra; psicólogo e fisioterapeuta.

Crianças diagnosticadas começaram a receber tratamento na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) de Caruaru. No mesmo município, o Hospital Mestre Vitalino faz o diagnóstico de bebês com a malformação desde dezembro do ano passado.

UPAE de Caruaru (Foto: Paula Cavalcante/ G1)UPAE já atende crianças com microcefalia
(Foto: Paula Cavalcante/ G1)
No Sertão, há um ambulatório funcionando uma vez por semana no Hospital Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada. Uma média de 15 pacientes são atendidos por dia. Em Petrolina, os atendimentos ocorrem dois dias na semana no Hospital Dom Malan.

Outras unidades

A UPAE de Serra Talhada e a UPAE de Afogados da Ingazeira já estão com o ambulatório pronto e em breve começarão os atendimentos, segundo a assessoria. "As UPAEs de Belo Jardim, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina; e os hospitais Ruy de Barros Correia (Arcoverde) e Emília Câmara (Afogados da Ingazeira) estão aptos a realizar o atendimento, o que já deve ocorrer nos próximos dias", informou o departamento de Comunicação da SES.

Encaminhamento

Após a suspeita da malformação, as unidades de saúde municipais encaminham, por meio da central de regulação, os bebês para as unidades estaduais. O diagnóstico é feito por um neurologista, que encaminha para o tratamento. "O pré-natal continua sendo realizado nos serviços municipais, já que a gravidez não é considerada de alto risco", lembrou a assessoria da SES.

Unidade de saúdeLocalzaçàoPúblicoAtendimento
Hospital Jesus NazarenoCaruaruGestantesO ambulatório de acompanhamento à gestante conta com psicóloga e assistente social. Funciona dois dias por semana.
Hospital Mestre VitalinoCaruaruCriançasO ambulatório de microcefalia funciona um dia na semana, realizando uma média de 25 atendimentos por dia. Conta com coleta de exames laboratoriais e equipe com neuropediatra.
UPAE de CaruaruCaruaruCriançasO ambulatório de microcefalia conta com as especialidades de fonoaudiologia, fisioterapia, otorrinolaringologia, psicologia (para pais) e nutrição. A partir de março, eles também disponibilizarão a especialidade de oftalmologia.
Hospital Dom MouraGaranhunsCrianças e gestantesO ambulatório de microcefalia funciona dois dias por semana e conta com coleta de exames laboratoriais e equipe com neuropediatra, pediatra; psicólogo e reabilitação com fisioterapeutas. O ambulatório de acompanhamento à gestante conta com psicóloga e assistente social.
Mens Sana (CER V)ArcoverdeCriançasReabilitação motora.
Hospital Professor Agamenon MagalhãesSerra TalhadaCriançasO ambulatório de microcefalia funciona um dia na semana e atende uma média de 15 pacientes por dia. Conta com coleta de exames laboratoriais e equipe com neuroclínico, pediatra; fonoaudiólogo, psicólogo e assistente social.
Hospital Dom MalanPetrolinaCrianças e gestantesO ambulatório de microcefalia funciona dois dias na semana e atende uma média de 10 pacientes por dia. Conta com coleta de exames laboratoriais e equipe com neuropediatra e pediatra.
Fonte: Secretaria Estadual de Saúde

71º Batalhão de Infantaria Motorizado comemora 49 anos de existência‏



No próximo dia 11 de março, sexta-feira, às 10h, será realizada uma solenidade cívico-militar como parte das comemorações do 49º Aniversário de Criação do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado - Batalhão Duarte Coelho, A Força de Ação Rápida do Comando Militar do Nordeste, sediado em Garanhuns-PE. 

O comandante do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado convida a todos para prestigiar a cerimônia, que contará com a presença de diversas autoridades e personalidades da cidade de Garanhuns e sociedade em geral, além de familiares dos militares.

Serviço:

Evento: Formatura cívico-militar em comemoração ao 49º Aniversário do 71º BI Mtz
Data: dia 11 de março, sexta-feira.
Horário: 10h
Local: Pátio de Formatura do 71º BIMtz, BR 423 - Km 96, Garanhuns 

Maiores informações pelo telefone (87) 3762-2000 ramal 231, ou pelo e-mail abaixo:

Sobre o 71º Batalhão de Infantaria Motorizado

O 71° Batalhão de Infantaria Motorizado (71°BIMtz) - Batalhão Duarte Coelho, sediado em Garanhuns-PE, iniciou oficialmente suas atividades em 1967. Organização Militar criada pelo Decreto N° 60.394, de 11 de março de 1967, teve seu aquartelamento inaugurado a 10 de agosto do mesmo ano. O ato contou com a presença do Presidente da República, ARTUR DA COSTA E SILVA, do Governador do Estado de Pernambuco, NILO COELHO, e do Comandante do IV Exército, Gen Ex RAFHAEL DE SOUZA AGUIAR, além de grande número de figuras do cenário político nacional da época. 

O terreno foi adquirido e doado pelo então Prefeito de Garanhuns, AMILCAR DA MOTA VALENÇA, que fez a solicitação de recursos à sociedade local, por intermédio de projeto entregue à Câmara de Vereadores. Ao longo de sua existência o 71° BIMtz conquistou vitórias significativas. Ainda em janeiro de 1969 foi elevado a “Batalhão Tipo II” e, em janeiro de 1987 transformado em “Batalhão Tipo III”.

Em abril de 1970, foi criada, em seu aquartelamento, a Escola General Sampaio, conhecida como “Pelotão Mundico”, destinada à educação de crianças de baixa renda da região.

No mês de abril de 1993, com a presença do então Ministro do Exército, General de Exército ZENILDO GONZAGA ZOROASTRO DE LUCENA, foi concedida, em Portaria Ministerial, a denominação histórica “Batalhão Duarte Coelho” e entregue o Estandarte Histórico ao 71° BI Mtz. Em outubro de 1994, a Organização Militar foi contemplada com uma Banda de Música categoria “F”.

Em junho de 2000, em Portaria do Comandante do Exército, o Batalhão foi designado como “Força de Ação Rápida” (FAR) do Comando Militar do Nordeste (CMNE), passando a ter máxima prioridade em pessoal e material.

Com orgulho, mobilizou uma Companhia de Fuzileiros de Força de Paz para integrar contingentes de 2006, 2009 e 2011, do Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABATT), no Haiti. Além desses, em 2010, contribuíu com um pelotão reforçado no Contingente Emergencial enviado imediatamente após o terremoto que assolou o país amigo. 

No que se refere ao emprego de tropa, conforme vocação operacional do CMNE, ao longo desses anos, o Batalhão recebeu missões voltadas para as ações de segurança integrada e, ainda, representou a 10ª Brigada de Infantaria Motorizada em exercício de defesa externa no Teatro Amazônico, como a Operação Amazônia/ 2010.

Em 2015, um expressivo número de militares do 71º BI Mtz integrou a Força Tarefa Patriota durante a Operação São Francisco VI, na pacificação do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro-RJ.

Desde a sua inauguração, a Organização Militar mantém a integração com a comunidade cada vez mais viva e forte, participando de inúmeras ações subsidiárias de cunho social, em atendimento aos diferentes segmentos da sociedade de Garanhuns, bem como de parte do Sertão e Agreste Pernambucano.

Neste pedaço de chão nordestino, o Batalhão permanece vigilante a serviço do Exército e da Pátria, tendo como principal atividade o preparo dos seus quadros e da tropa, visando à manutenção da operacionalidade para o cumprimento das missões constitucionais atribuídas às Forças Armadas.

SAÚDE: TCE de Pernambuco promove encontro com gestores



No próximo dia 21 de março, o TCE realizará encontro com os secretários de Saúde, presidentes dos Conselhos de Saúde do Estado e dos Municípios e representantes da Comissão Intergestores Bipartite de Pernambuco. O evento, que conta com a parceria do Tribunal de Contas da União e a colaboração do Instituto Aggeu Magalhães/Fiocruz, objetiva sensibilizar os gestores para a importância da participação na pesquisa sobre Governança e Gestão em Saúde nas Organizações da Administração Pública estadual e municipal, que será coordenada pelo TCU, com a participação de 29 Tribunais de Contas do país e do Instituto Rui Barbosa (IRB).

MELHOR ATENDIMENTO - A finalidade do trabalho é a melhoria dos serviços prestados à população e o uso eficiente dos recursos públicos na área de saúde. Por meio de um questionário eletrônico, os gestores vão fazer uma autoavaliação das suas atividades, o que propiciará a reunião de dados sobre boas práticas de governança e gestão na saúde no Brasil. "As informações geradas vão servir de subsídios para o controle exercido pelos próprios dirigentes das organizações envolvidas. Além disso, vão estimular o aperfeiçoamento das políticas públicas de saúde em todo o país", disse Adriana Leite, auditora do TCE para a área de saúde e coordenadora do evento. O trabalho tem caráter preventivo e orientativo. As informações coletadas serão consideradas sigilosas, sendo divulgadas apenas de forma consolidada. 

As orientaçãos sobre o preenchimento do questionário foram encaminhadas aos gestores por meio de ofício. Eles terão um prazo de um mês, entre os dias 14 de março e 15 de abril, para responder às perguntas.

As servidoras Adriana Leite, da Divisão de Contas de Autarquias e Fundações (DIAF) e Léa Regina de Brito, da Inspetoria Regional Metropolitana Sul, vão participar de um workshop, no TCU, destinado à aplicação do questionário de autoavaliação.

INSCRIÇÕES - O evento "Governança e Gestão em Saúde: Encontro com o Controle Externo - Edição PE" está programado para começar às 8 horas, no Auditório Carlos Wilson. Em razão da expectativa de um grande número de interessados e da capacidade limitada do auditório, a coordenação do encontro limitou a participação apenas para os gestores responsáveis pelo envio das respostas ao questionário.

"O sucesso dos trabalhos depende fundamentalmente da participação dos gestores na pesquisa, visto que, ao final, apenas quem respondeu ao questionário receberá um feedback de suas políticas de saúde, o que contribuirá para o aperfeiçoamento das ações e serviços prestados à sociedade".

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em breve na home page da Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães. Outras informações poderão ser obtidas no e-mail  abaixo:
igovsaude.tcepe@gmail.com, ou pelos telefones 3181-7691 e 3181-7906.

Naná Vasconcelos está na UTI


O músico Naná Vasconcelos, 71, está internado em estado grave na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do hospital Unimed III, no Recife. O percussionista deu entrada no hospital na última segunda-feira. Ele passou mal após um show realizado em Salvador, no domingo, com o violoncelista Lui Coimbra. O quadro do músico piorou no sábado. A assessoria de imprensa do hospital confirmou o internamento e a gravidade do quadro de Naná.

Um boletim foi enviado pelo hospital à imprensa na tarde deste domingo. Os médicos dizem que o artista "encontra-se em observação" e que o "quadro inspira cuidados". Foram diagnosticados "infecção respiratória, arritmia cardíaca e progressão de neoplasia".

No segundo semestre de 2015, Naná vasconcelos passou mais de 20 dias internado fazendo um tratamento contra um câncer de pulmão. A doença foi descoberta em agosto. Ele procurou a emergência do hospital após voltar de uma viagem ao Rio de Janeiro, onde apresentou o show O bater do coração, no BNDES. Durante o concerto, Naná se sentiu mal, com muita tosse e sangramento. Os exames detectaram o câncer no pulmão. Ele foi submetido a sessões de quimioterapia e radioterapia. 

"Eu tenho essa situação, e tenho que enfrentar com força, pensamento positivo. E vou enfrentar com o pensamento de que eu vou chegar lá", declarou o músico, em setembro, após ter alta do hospital. Apesar da doença, Naná fez questão de participar da abertura do Carnaval do Recife no Marco Zero este ano. Foi acompanhado por 400 percussionistas de nações de maracatu.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.