GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

domingo, 20 de março de 2016

MINISTÉRIO PÚBLICO: Novos servidores da Prefeitura de Garanhuns questionam carga horária de 40h semanais


Olá Ronaldo,

Depois de cumprimentá-lo, venho em nome de muitos aprovados e convocados no concurso da Prefeitura Municipal de Garanhuns, pedir a sua ajuda para mostrar o descaso que a prefeitura tem com os novos servidores.

A situação é que, fomos ao Ministério Público em Garanhuns informar ao Promotor sobre a violação dos princípios constitucionais da Legalidade, Impessoalidade, Isonomia e Moralidade Administrativa, por parte do prefeito, relativo a nossa carga horária que está sendo de 8 horas diárias e 40 semanais, quando a lei estadual 6.123 que rege o município diz que os servidores devem trabalhar 6 horas diária s e 30 semanais.

Ao falarmos com o promotor, ele imediatamente enviou um ofício à prefeitura pedindo esclarecimentos e recomendado a adequação das horas trabalhadas para que fique de acordo com a lei estadual.

O problema é que, esse ofício foi enviado no dia 12/02 com prazo de resposta do prefeito em 10 dias, mas já passam de 30 dias e nada de o prefeito responder, e nem de o MP tomar uma atitude. Por isso pedimos a sua ajuda para publicar uma matéria em seu estimado blog, pois sabemos que, com o grande alcance e força das notícias que seu blog veicula, teremos uma movimentação a nosso favor. 

O sindicato se mostrou solidário em palavras, mas nada fez para nos ajudar nesta causa, então recorremos a você, caro comunicador, para que as pessoas tomem conhecimento que estamos sendo prejudicados. 

Quero pedir que meu nome seja resguardado para que eu não sofra nenhum tipo de perseguição por parte dos gestores. Segue em anexo imagens do ofício que o promotor enviou ao prefeito.

Desde já agradeço a sua atenção.

Servidor Público Municipal

Claudiano Filho troca PSDB pelo PP



Depois de vários anos filiado ao PSDB, na noite da quinta feira (17) o Deputado Estadual Claudiano Martins Filho esteve na sede do Partido Progressista em no Bairro de Boa Viagem em Recife para filiar a legenda do partido.

Claudiano Martins Filho, um dos mais jovens parlamentares do estado, deixou o PSDB para entrar no PP,  que hoje tem  a segunda maior bancada na Assembléia Legislativa do Estado.

Em suas considerações, o jovem parlamentar escreveu em sua página do Facebook, que escolheu o Partido Progressista por razões da amizade que tem há mais de uma década com o Deputado Federal e seu amigo Eduardo da Fonte,  presidente da legenda no estado.

Eduardo da Fonte fez um discurso de boas vindas e demonstrou muita confiança em Claudiano, por sua luta e defesa pela população do estado,  principalmente nas cidades do agreste.

Em agradecimento a receptividade, Claudiano Martins Filho disse que vai se empenhar para reforçar ainda mais sua atuação dentro do agreste meridional , ate mesmo por que, o Partido Progressista deverá lançar candidatos a prefeitos e vereadores em mais de 90 cidades dentro do estado .

com informações do blog: buiqueecia.blogspot.com.br

Dilma tem minoria na comissão do Impeachment, e governo perde presidência e relatoria




O governo não conseguiu emplacar nenhum nome no comando da comissão que analisa o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Eleitos na última quinta (17) pelo colegiado instalado no mesmo dia, o presidente deputado Rogério Rosso (PSD-DF) e o relator do processo, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), são considerados parlamentares alinhados com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), declarado opositor ao governo, apesar de estar no partido da base aliada.

Como vice-presidentes foram eleitos os deputados Carlos Sampaio (SP), Maurício Quintella Lessa (PR-AL) e Fernando Coelho Filho (PSB-PE), também favoráveis à saída de Dilma do Palácio do Planalto. Em entrevista hoje (18), na Câmara dos Deputados, Rosso tentou minimizar tendências. Garantiu que é isento em relação ao tema, mas reconheceu que seu partido está dividido.

Entre os 65 titulares da comissão, 42 integram a base governista, mas a divisão entre eles dificulta uma prévia sobre o resultado do trabalho do colegiado. O PT e o PMDB foram os partidos com maior número de indicações em função do tamanho de suas bancadas na Casa. Cada legenda indicou oito titulares e o mesmo número de suplentes.

Enquanto há unanimidade natural no PT, no PMDB, que também integra a base aliada, há apenas duas garantias favoráveis à manutenção de Dilma no Planalto: o líder Leonardo Picciani (RS), que está como titular, e, como suplente, Elcione Barbalho (PA). Todos os demais, como Lúcio Vieira Lima (BA), Washington Reis (RJ), João Marcelo Souza (MA) e, entre suplentes, nomes como os de Carlos Marun (MS), Manoel Junior (PB) e Vitor Valim (CE) têm seguido na direção oposta.

Além do PT, PCdoB (1 titular/1 suplente), PV (1/1), PDT (2/2), PSOL (1/1), PTdoB (1/1), PMB (1/1) podem engrossar o apoio a Dilma. Pela Rede, Alessandro Molon (RJ), que foi indicado como suplente, declarou estar indeciso em relação ao processo.

O PPS não tem parlamentares ligados a Cunha, mas Alex Manente (SP) e seu suplente Sandro Alex (PR) são da oposição. Entre os seis titulares e seis suplentes do PSDB, apesar do apoio ao impeachment, há uma divisão entre próximos ao peemedebista e independentes. Os quatro assentos do PSB também revelam uma divisão entre aliados de Cunha e oposicionistas, assim como os três parlamentares do DEM e seus suplentes.

Na linha de Cunha, integralmente estão PRB (2), PSC (2), SD (2), PEN (1), PHS (1), PROS (2) e PTN (1), mas o suplente do PTN, Aluisio Mendes (MA) afirma ser contrário ao impedimento de Dilma Rousseff. Pelo PP, dos cinco titulares, apenas Paulo Maluf (SP) é um voto mais seguro para o governo. Entre os quatro parlamentares titulares e os quatro suplentes do PR, o único nome que não é alinhado com Cunha é o da deputada Zenaide Maia (RN).

JC ONLINE

PAIXÃO DE CRISTO EMOCIONA PÚBLICO EM NOVA JERUSALÉM



Na primeira apresentação da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, os artistas Igor Rickli (Jesus), Bianca Rinaldi (Maria), Antonio Calloni (Herodes), Fiuk (Apóstolo João), Odilon Wagner (Pilatos) e Caroline Correa (Madalena) tiveram atuações impecáveis e emocionaram o público que acompanhou atentamente cada cena.

Mais de oito mil pessoas estiveram na estreia da temporada 2016 realizada na noite de ontem, sábado (19). O público foi um pouco maior que o do ano anterior. A plateia era formada por pessoas de todas as idades vindas de vários estados do Brasil e até de outros países. Mais de 50% já haviam assistido a encenação pelo menos uma vez, de acordo com pesquisa de opinião realizada com o público.

A maioria se deslocou até a Nova Jerusalém de ônibus ou vans de turismo que são disponibilizados por agências de viagens. Ofertas desses serviços podem ser encontradas a preços variados no Google ou facebook. Além disso, outra opção de transporte utilizada pelo público é automóvel de passeio, uma vez que as estradas que ligam a capital pernambucana à cidade-teatro é duplicada em sua quase totalidade oferecendo conforto o segurança para os viajantes.

A Paixão de Cristo vai até o próximo sábado (26). As entradas para o espetáculo, que estão à venda em agências de viagens, shoppings centers do Recife e Caruaru e também pelo site oficial, custam de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com meia-entrada para estudantes, professores de Pernambuco e público de até 14 anos. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de crédito.

FOTOS: FÁBIO JORDÃO


GUIAMIGO: Hospital Dom Moura inova no acolhimento aos pacientes da emergência


Uma bata identificará o GuiAmigo,
no acolhimento na Emergência do HRDM
Foi lançado na última terça-feira (15/03), durante reunião do Colegiado Intergestores Regional (CIR) da V Gerência Regional de Saúde (Geres), um programa que visa facilitar o acesso do usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). Denominado GUIAMIGO, o projeto tem o objetivo garantir o acolhimento necessário para a satisfação dos usuários na emergência geral do Hospital Regional Dom Moura (HRDM), em Garanhuns, e fortalecer a rede de cuidado, assegurando as informações básicas sobre todo o fluxo de assistência, classificação de risco e encaminhamentos necessários com celeridade (quando possível).

Além disso, objetiva promover uma escuta qualificada estabelecendo uma relação de confiança entre o usuário e a equipe ou profissional de saúde para minimizar a distancia paciente e profissional de saúde.

Acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), postura ética que implica na escuta dos usuários em suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento e na responsabilização pela resolução com ativação de redes de compartilhamento de saberes.

Segundo Luiz Melo, diretor do HRDM, na prática, os resultados esperados são a redução de filas e do tempo de espera, com ampliação do acesso; atendimento acolhedor e resolutivo baseado em critérios de risco; garantia dos direitos dos usuários; valorização do trabalho na saúde além da imprescindível Gestão cada vez mais Participativa no serviço.

Durante a apresentação no Colegiado Intergestores Regional (CIR) da V Geres, a secretária de Saúde de Lagoa do Ouro, Nilva Mendes, foi homenageada recebendo o 1° Jaleco do Projeto por todo seu engajamento, luta e parceria buscando um SUS cada vez melhor.

Estiveram presentes, além de secretários de saúde dos 21 municípios que compõe a V Geres, e seus técnicos, a gerente da regional Catarina Tenório, todas as coordenações e técnicos regionais, a coordenadora estadual de doenças de veiculação hídrica e alimentar, Nara Gertrudes, e a diretora geral de gestão regional, Luciana Figueroa.

IMPEACHMENT OU RENÚNCIA: Datafolha mostra que população quer Dilma fora



O Datafolha acaba de divulgar mais pesquisa e não é boa para o Palácio do Planalto, principalmente para Dilma Rousseff: 7 em 10 brasileiros querem sua saída do poder.

O instituto mostrou os números da nova pesquisa neste sábado (19), com 68% dos eleitores favoráveis ao impeachment da presidente. Em fevereiro eram 60%.

Cresceu na mesma proporção os que querem a renúncia: Eram 58%, agora são 65%.

69% acham o Governo Dilma ruim ou péssimo, aproximando-se do pior momento de Dilma, em agosto de 2015, quando bateu 71%.

O apoio ao impeachment cresceu em todos os segmentos pesquisados.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.