GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

domingo, 3 de abril de 2016

Festa da Divina Misericórdia‏ em Arcoverde reúne mais de 30 mil fiéis




A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, recebeu neste domingo, 3 de abril, o governador Paulo Câmara em um dos maiores eventos religiosos de Pernambuco, a Festa da Divina Misericórdia. Desta vez, mais de 32 mil romeiros estiveram na Serra das Varas, que fica na zona rural de Arcoverde. O evento é dirigido pelo Padre Adilson Simões, e já está em sua 12ª Edição.

Desde quinta-feira (dia 31 de março) até o domingo, peregrinos vindos de várias partes do Nordeste visitaram o local, que é chamado de Terra da Misericórdia, num evento que já faz parte do calendário religioso de Arcoverde e conta com o apoio irrestrito da Prefeitura de Arcoverde.

Na santa missa da manhã do domingo (03), a prefeita Madalena Britto recebeu o governador Paulo Câmara, a esposa Ana Luiza, o senador Fernando Bezerra Coelho, alguns secretários de governo, assim como, a viúva do ex-governador, Eduardo Campos, Renata Campos e dois dos seus cinco filhos: Pedro e José. 

No final da cerimônia celebrada pelo Bispo Emérito de Palmares Dom Genivaldo e concelebrada por dezenas de sacerdotes de várias dioceses da região, o padre Adilson Simões, convidou o governador para falar. Paulo pediu por um Pernambuco melhor, um Nordeste mais forte e um Brasil mais justo. “Estamos vivendo um momento muito difícil no país. Por isso, temos que ter mais misericórdia, serenidade, amor ao próximo e paz no coração”, disse o governador, que concluiu sua intervenção agradecendo ao Padre Adilson pela oportunidade de rezar em conjunto com tanta gente.

Ao final, toda a comitiva de Paulo Câmara e da prefeita Madalena Britto almoçou com o Padre Adilson Simões no refeitório da Terra da Divina Misericórdia.

Fotos: Israel Leão e David Mayer

Em Pernambuco, craques do futebol entram no campo da política. SAIBA QUEM PODE SER CANDIDATO!

Eduardo Campos, ainda governador, assinou a ficha de filiação do goleiro do Sport Club do Recife, Alessandro Beti Rosa, Magrão, ao PSB



A relação entre política e futebol em Pernambuco sempre foi próxima, com governadores, deputados e prefeitos demonstrando suas paixões e apoiando os clubes do estado, principalmente os três da capital. Políticos sempre estiveram entre sócios especiais, conselheiros e até na presidência dos clubes. Até mesmo na Federação. E vice-versa. Muitos aproveitaram esta relação para sair dos clubes para a política.

Contudo, mesmo com a paixão dos torcedores, não temos muitos registros de atletas que saíram dos campos para assumirem cargos eletivos, embora já tenhamos no país vários exemplos, como Romário, Senador da República, ou deputados como Bebeto e Roberto Dinamite, no Rio de Janeiro. Outros exemplos, Robgol (Maranhão), João Leite (Minas Gerais) e Jardel (Rio Grande do Sul).

Mas a história pode mudar.

Quatro nomes ligados ao futebol pernambucano, e tratados como craques, estão mudando o campo de atuação.

O Goleiro Magrão e o artilheiro Kuki, podem disputar uma vaga na Câmara de Vereadores do Recife. Ambos estão filiados ao PSB. Aliás, o partido já sonhava com Magrão candidato a Deputado Federal, em 2014. Na reserva do gol do Sport, e perto da aposentadoria, parece que o paredão da Ilha vai agora enfrentar as urnas. 

Zé do Carmo acaba de se filiar ao PRB. Cabeça de área que vestiu as camisas do Santa Cruz, Vasco e até da Seleção Brasileira, continua trabalhando com futebol.

E Carlinhos Bala, que defendeu vários clubes em Pernambuco, mas tem seu nome registrado nas histórias de Santa Cruz, Sport e Náutico, filiou-se ao PSL.

Com tantos títulos em suas carreiras, o título que agora mexe com a cabeça dos craques é o título de eleitor.

REPERCUTE LIVRO SOBRE OS CANIBAIS DE GARANHUNS


O Jornalista Raphael Guerra lançou, neste sábado (02/04) o livro OS CANIBAIS DE GARANHUNS, onde conta o terror real do trio Jorge Beltrão, Bruna e Isabel, que matou pessoas e fez salgadinhos com carne humana, em uma história que ganhou repercussão internacional. 

Mas, parte da sociedade da cidade tem demonstrado inquietação quanto ao título do livro, que afirma que os canibais são da cidade, quando se sabe que eles agiram no município, cometeram crimes, mas não eram daqui, anteriormente tiveram passagens criminosas em Olinda e provavelmente na Paraíba. Garanhuns, que poderia ganhar o mérito por ter capturado o trio, acabou marcada com a história como se os personagens macabros fossem nossos conterrâneos.

Um grupo de pessoas está se organizando para entrar na justiça para tentar modificar o título do livro de Raphael.

Nas redes sociais, principalmente Facebook e grupos de Whatsapp, a repercussão tem sido enorme, com ampla rejeição. Aliás, esta rejeição à expressão usada pela imprensa como "Canibais de Garanhuns" vem desde que o caso foi notícia na mídia regional e nacional.

Talvez seja censurar o trabalho do(s) jornalista(s), mas isto mostra que a sociedade se sente atingida quando o trio é identificado como sendo da cidade. As autoridades, principalmente prefeito e vereadores, estão sendo cobrados para fazerem alguma coisa.

E olha que é grande a possibilidade da história macabra ir parar nas salas de cinema.

O lançamento do livro OS CANIBAIS DE GARANHUNS ganhou destaque em praticamente todos os meios de comunicação do estado.


NOTA DO AUTOR DO LIVRO:

Raphael Guerra, em contato com o blog, afirma que em passagem alguma no livro, cita que o trio é de Garanhuns, deixando claro que eles não são naturais da cidade, e o título expressa a forma como ficaram conhecidos!

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.