HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

quinta-feira, 12 de maio de 2016

TODOS OS NOVOS MINISTROS DO GOVERNO MICHEL TEMER





Michel Temer divulgou a relação de ministros do seu governo. No total, serão 23 ministérios. O presidente resolveu cortar várias pastas, fundindo a outros Ministérios, como a Cultura, que será incorporada à Educação. Além disso, Banco Central e a Advocacia Geral da União perdem status de ministério.

Como já foi bem observado, não tem mulheres ocupando os cargos mais importantes do país.

Pernambuco está bem representado com quatros ministros: Raul Jungmann, Bruno Araújo, Mendonça Filho e Fernando Bezerra Filho. Todos eles em importantes postos. No governo Dilma Rousseff tinha apenas Armando Monteiro.

Abaixo, a lista dos novos ministros:

Alexandre de Moraes, ministro da Justiça e Cidadania
Blairo Maggi, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Bruno Araújo, ministro das Cidades
Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil
Fabiano Silveira, ministro da Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU)
Fábio Osório Medina, AGU
Fernando Bezerra Filho, ministro de Minas e Energia
Geddel Vieira Lima, ministro-chefe da Secretaria de Governo
Gilberto Kassab, ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
Henrique Alves, ministro do Turismo
Henrique Meirelles, ministro da Fazenda
José Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente
José Serra, ministro das Relações Exteriores
Leonardo Picciani, ministro do Esporte
Marcos Pereira, ministério da Indústria e Comércio
Mauricio Quintella, ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil
Mendonça Filho, ministro da Educação e Cultura
Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário
Raul Jungmann, ministro da Defesa
Ricardo Barros, ministro da Saúde
Romero Jucá, Planejamento, Desenvolvimento e Gestão
Ronaldo Nogueira de Oliveira, ministro do Trabalho
Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional

Morre Dom João Capão I, do Reino dos Garanhuns

foto: Fred Matos


O Reino dos Garanhuns, em Terras Pernambucanas, informa aos seus súditos a morte de Dom João Capão I, Rei remanescente de tempos outroras, quando os sonhos viravam realidade, como aquele de um trabalhador, pedreiro, eletricista e encanador, que construiu seu próprio castelo.

Dom João Capão I, batizado João Ferreira da Silva, estava internado na sede deste reinado, na capital dos pernambucanos, e faleceu de complicações cardíacas.

Renomado plebeu, ousou ter seu reinado, construindo e morando em seu Castelo. Sonho acalentado desde criança, quando viu reis, rainhas, cavalos e castelos na tela de um cinema.

Foram anos colocando pedra sobre pedra. O sonho de um menino pobre se transformou em um dos mais importantes pontos turísticos do Reino dos Garanhuns, e mesmo sofrendo com o abandono dos poderes constituídos, sua Monarquia se sobressaiu, tornando-se cartão postal e objeto de culto de transeuntes nestas terras de altas colinas.

Que esta história ultrapasse gerações. Que novos súditos reconheçam a vida e a obra do Dom João Capão I, Rei da Simplicidade, do Amor à sua Terra e da transformação de sonhos em realidade!

O Reino está de luto! Nosso Monarca não teve vida de Rei, e mesmo construindo seu castelo, continuou sendo a figura honesta, simples e dedicada que todos conheciam! Ficam o exemplo e o legado para a família e para a nossa cidade!


FORRÓ DO GALÃ NO TERRAÇO EM GARANHUNS





Próxima sexta, 13 de maio, vai ser demais com DIEGO GALÃ no Terraço Chopperia, a partir das 22h. Espalhem pros amigos!!! 

(com participação de Welysson Viana)

Informações: (87) 3762-9032


Espaço Ciência abre inscrições para monitores




O Espaço Ciência está com inscrições abertas para monitores voluntários atuarem na Semana da Energia e na Semana do Meio Ambiente. Para participar do evento é necessário que os interessados sejam estudantes do ensino superior e compareçam à reunião que ocorrerá no dia 26/05, às 09h ou 14h (escolher a participação em um desses horários). 

Caso tenham interesse é necessário realizar inscrição através de formulário eletrônico disponível no site do Espaço Ciência.

A Semana da Energia acontecerá de 30 de maio a 01 de junho, já a Semana do Meio Ambiente será de 05 a 10 de junho no Espaço Ciência. Será emitido certificado para os monitores voluntários.

TEXTO: Katiane Torres - Comunicação Espaço Ciência

NOVA LOGOMARCA DO GOVERNO FEDERAL PARA A GESTÃO MICHEL TEMER



O presidente Michel Temer preferiu a sobriedade e tons amenos para a nova logomarca do Governo Federal, que simboliza sua gestão, fazendo referências à bandeira nacional com o círculo e o lema, que ganha status de slogan: "Ordem e Progresso", que substitui o "Pátria Educadora", do segundo governo Dilma.

O logotipo é importante porque dá uma imagem de uma gestão, registrando o momento da administração pública. Como pode se vê, a equipe de comunicação do PMDB, e seu marqueteiro, preferiram não inventar, e deixaram a logomarca com jeito de brasão oficial, bem ao estilo comedido do novo presidente. Mas com clara referência à bandeira e ao seu intento de governar para todos, unindo o Brasil.

Não tem vermelho, creio que intencionalmente, na nova logomarca, e o azul, além de ser brasileiro, é a cor mais utilizada por partidos como PMDB, PSDB e DEM.


Humberto acompanha Dilma na saída do Palácio

Depois de quase 20 horas de sessão, o Senado Federal decidiu, por 55 votos a 22, admitir o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Com isso, Dilma é afastada do cargo por até 180 dias, período em que será julgada pelos crimes de responsabilidade de que é acusada.

Para o senador Humberto Costa (PT-PE), que apresentará sua renúncia imediata à liderança do Governo, o Senado cometeu, na madrugada desta quinta-feira (12), um atentado à democracia brasileira. "A maioria dos senadores chancelou um golpe parlamentar contra uma presidenta honesta, que jamais cometeu qualquer tipo de crime. Ela está sendo vítima de uma das maiores armações políticas da nossa História", afirmou.

Dilma será comunicada, ainda nesta manhã, do seu afastamento pelo Primeiro-Secretário da Mesa Diretora do Senado, Vicentinho Alves (PR-TO). Às 10h, a presidenta receberá apoiadores de movimentos sociais e os parlamentares que compuseram a base do seu governo.

Humberto, que deixou o Senado por volta das 7h, estará com Dilma durante a solenidade e acompanhará a presidenta no momento em que ele deixar o Palácio do Planalto, com destino ao Palácio da Alvorada, onde continuará morando como presidenta afastada.

Da assessoria do senador Humberto Costa

COMO VOTOU CADA SENADOR NO IMPEACHMENT DE DILMA: Collor, Armando, Renan, Aécio, FBC, Randolfe, Jader, Romário, Crivella...


A FAVOR (55)
Acir Gurgacz - PDT-RO
Aécio Neves - PSDB-MG
Aloysio Nunes - PSDB-SP
Alvaro Dias - PV-PR
Ana Amélia - PP-RS
Antonio Anastasia - PSDB-MG
Antonio Carlos Valadares - PSB-SE
Ataídes Oliveira - PSDB-TO
Benedito de Lira - PP-AL
Blairo Maggi - PR-MT
Cássio Cunha Lima - PSDB-PB
Ciro Nogueira - PP-PI
Cristovam Buarque - PPS-DF
Dalirio Beber - PSDB-SC
Dário Berger - PMDB-SC
Davi Alcolumbre - DEM-AP
Edison Lobão - PMDB-MA
Eduardo Amorim - PSC-SE
Eunício Oliveira - PMDB-CE
Fernando Bezerra Coelho - PSB-PE
Fernando Collor de Mello - PTC-AL
Flexa Ribeiro - PSDB-PA
Garibaldi Alves Filho - PMDB-RN
Gladson Cameli - PP-AC
Hélio José - PMDB-DF
Ivo Cassol - PP-RO
José Agripino - DEM-RN
José Maranhão - PMDB-PB
José Medeiros - PSD-MT
José Serra - PSDB-SP
Lasier Martins - PDT-RS
Lúcia Vânia - PSB-GO
Magno Malta - PR-ES
Marcelo Crivella - PRB-RJ
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Marta Suplicy - PMDB-SP
Omar Aziz - PSD-AM
Paulo Bauer - PSDB-SC
Raimundo Lira - PMDB-PB
Reguffe – Sem Partido-DF
Ricardo Ferraço - PSDB-ES
Roberto Rocha - PSB-MA
Romário - PSB-RJ
Romero Jucá - PMDB-RR
Ronaldo Caiado - DEM-GO
Rose de Freitas - PMDB-ES
Sérgio Petecão - PSD-AC
Simone Tebet - PMDB-MS
Tasso Jereissati - PSDB-CE
Valdir Raupp - PMDB-RO
Vicentinho Alves - PR-TO
Waldemir Moka - PMDB-MS
Wellington Fagundes - PR-MT
Wilder Morais - PP-GO
Zezé Perrella - PTB-MG
CONTRA (22)
Angela Portela - PT-RR
Armando Monteiro - PTB-PE
Donizeti Nogueira - PT-TO
Elmano Férrer - PTB-PI
Fátima Bezerra - PT-RN
Gleisi Hoffmann - PT-PR
Humberto Costa - PT-PE
João Alberto Souza (PMDB-MA)
João Capiberibe (PSB-AP)
Jorge Viana - PT-AC
José Pimentel - PT-CE
Lídice da Mata - PSB-BA
Lindbergh Farias - PT-RJ
Otto Alencar - PSD-BA
Paulo Paim - PT-RS
Paulo Rocha - PT-PA
Randolfe Rodrigues - Rede-AP
Regina Sousa - PT-PI
Roberto Requião - PMDB-PR
Telmário Mota - PDT-RR
Vanessa Grazziotin - PCdoB-AM
Walter Pinheiro – Sem partido-BA
AUSENTES
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
PRESIDENTE DO SENADO - NÃO VOTOU(1)
Renan Calheiros (PMDB-AL)

JULGAMENTO DEFINITIVO DO IMPEACHMENT DEVE LEVAR TRÊS MESES



O Senado aprovou, por 55 votos a favor e 22 contra, (apenas quatro não votaram) a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com isso, o processo será aberto no Senado, e será presidido pelo presidente do STF, Ricardo Lewandovski. Dilma será afastada ainda nesta quinta-feira do cargo por até 180 dias, a partir da notificação. Michel Temer assume. 

Os atuais ministros já foram exonerados no Diário Oficial, exceto o presidente do Banco Central e o Ministro dos Esportes, devido aos Jogos Olímpicos.

Analistas acreditam que o processo acaba em três meses, e para ser afastada definitivamente, precisa de 54 votos, como já teve 55, é praticamente descartada a volta de Dilma.

A única chance do retorno de Dilma é por uma reviravolta jurídica no STF, o que, pelas últimas decisões, também é quase impossível.

Com Raul Jungmann, Temer deve ter cinco pernambucanos no Ministério




Raul Jungmann (PPS) é mais um pernambucano no Ministério de Michel Temer, o suplente de deputado e vereador do Recife deve assumir o Ministério da Defesa. Jungmann foi ministro no Governo FHC.

O deputado Mendonça Filho (DEM) deve assumir o Ministério da Educação. Bruno Araújo (PSDB), também terá cadeira na Esplanada.

O PSB pode ter Fernando Bezerra Filho no Ministério da Integração Nacional.

O senador Romero Jucá (PMDB), nascido em Pernambuco, também será ministro.

Há quem aposte no nome de Roberto Freire (PPS), mas com o convite para Jungmann, dificulta seu nome no primeiro escalão, mas o pós-socialista, eleito deputado por São Paulo, volta a ter grande influência no governo.

Outros nomes pernambucanos citados nos últimos dias, não devem ser convidados para outros ministérios.

Mas Jarbas Vasconcelos passa a ser o nome preferencial de Temer para presidir da Câmara dos Deputados.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.