HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

quarta-feira, 13 de julho de 2016

TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 2016



Vai começar mais uma temporada de inverno e muita cultura em Pernambuco. De 21 a 30 de julho, o 26º Festival de Inverno de Garanhuns movimenta o Agreste com uma intensa agenda de difusão e formação nas mais diversas linguagens artístico-culturais. Realizado pelo Governo de Pernambuco (Secult-PE e Fundarpe) e contando com as parcerias da Prefeitura de Garanhuns, da Cepe Editora, do SESC e do SEBRAE, o FIG é o maior festival do estado. Este ano, presta homenagem ao mestre de todos os ritmos, o percussionista Naná Vasconcelos, símbolo eterno da diversidade e da riqueza cultural da nossa gente.

“Chegamos à 26ª edição do FIG com ainda mais certeza de que este é um momento ímpar de celebração da nossa arte e da nossa cultura. Uma oportunidade imperdível para trocas culturais, um intenso e democrático mergulho nos diferentes modos de fazer cultura em nosso tempo”, convida Marcelino Granja, Secretário de Cultura de Pernambuco.

Do forró à música erudita, da cultura popular à atração reconhecida em todo o país, o FIG 2016 reafirma seu compromisso com a promoção dos artistas nacionais, com destaque para a inquestionável riqueza da produção cultural nordestina. Para Márcia Souto, Presidente da Fundarpe, “a programação reflete a pluralidade de ritmos e expressões que ajudam a formar a identidade do povo brasileiro; e também revela a qualidade técnica e o mérito artístico dos nossos fazedores de cultura”.

Além de shows musicais, milhares de pessoas terão acesso gratuito a mostras de Cinema, Fotografia e Artes Visuais; ações de Design, Moda, Artesanato e Literatura; espetáculos de Circo, Dança e Teatro; apresentações de Cultura Popular; e a uma vasta programação de Formação Cultural, como oficinas e rodas de diálogo. A valorização do Patrimônio Cultural pernambucano, dos saberes de Povos Tradicionais e o enlace entre Cultura & Educação também figuram como eixos centrais do 26º Festival de Inverno.

“Como uma ode à diversidade que impera na cultura brasileira, a programação do FIG revela um exercício curatorial que considerou a riqueza cultural nordestina; a influência das manifestações tradicionais no fazer artístico; o papel do negro e da mulher na arte; e a urgência de iniciativas que ampliem o acesso de cada vez mais pessoas a shows, espetáculos e mostras artísticas”, destaca André Brasileiro, coordenador executivo do Festival.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO FIG 2016

Um em quatro trabalhadores ganha menos que um salário mínimo



A recessão está empurrando cada vez mais brasileiros para a pobreza. No primeiro trimestre deste ano, o número de trabalhadores que ganham menos de um salário mínimo (R$ 880), chegou a 23,4% da população economicamente ativa (PEA). Em 2012, eram 19,4%. Mas não é só isso: todas as faixas de pobreza inflaram desde então. Isso significa que a crise econômica e o desemprego jogaram na informalidade um em cada quatro trabalhadores brasileiros.

O professor da Universidade de São Paulo Rodolfo Hoffmann, autor do estudo, explicou que, como no emprego formal não é permitido pagar menos do que o mínimo, a não ser para estagiários ou em jornada de meio turno, os dados apurados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad) mostram que mais brasileiros estão vivendo de bicos.

“Chamou a atenção o aumento da informalidade de empregadas domésticas”, disse o professor. O dado mostra que a lei das domésticas acabou por precarizar o trabalho da categoria, que migrou para o serviço de diarista, sem carteira e declarando menos renda.

Lula tem surpresa com Pixulecão em Carpina

Vem Pra Rua Recife recepciona Lula com o Pixulecão


O Ex-Presidente Lula foi surpreendido pelo Movimento Vem Pra Rua Recife durante sua passagem por Carpina, zona da Mata Norte de Pernambuco, nesta terça-feira (12). 

O personagem Pixulecão o aguardava na entrada principal da cidade. Enquanto esperava pela chegada de Lula, o boneco foi a atração do município. Muitos carros paravam para fotografar o ilustre visitante e parabenizar os membros presentes do Vem Pra Rua Recife em Carpina.

VPR RECIFE

Sorteio define duelo Santa Cruz e Sport pela Sulamericana




Com a sexta colocação no Brasileirão 2015, o Sport garantiu vaga na Copa Sulamericana.

O Santa Cruz conquistou o inédito título da Copa do Nordeste, o que garantiu vaga na Sulamericana em 2016, e também em 2017, pois a CBF resolveu adequar o calendário internacional.

Para disputarem a competição internacional, os clubes pernambucanos não podem estar na Copa do Brasil. O Sport já saiu faz tempo, desclassificado pela Aparecidense-GO. O Santa ainda vai jogar com o Vasco pela terceira fase, mas tem quem defenda que entregue a classificação, para disputar o torneio intercontinental. O primeiro jogo é nesta quarta-feira.

O Sorteio que definiu os confrontos na Sula aconteceu nesta terça-feira (12) e colocou os rivais pernambucanos em rota de conflito. Em um inédito clássico internacional, Tricolores e Rubronegros podem fazer o maior dos clássicos da história. Mesmo não estando em boa fase, os times estão na divisão de elite nacional. Há muito tempo que o futebol em Pernambuco não estava tão equilibrado entre os rivais.

Vale lembrar que os jogos de Santa e Sport este ano vale a Taça Givaldo Oliveira, que marca o Centenário do Clássico das Multidões.

Só não se encontram se o Tricolor do Arruda preferir a Copa do Brasil, pois os dirigentes se animaram com a ideia de pegar o Vasco no Arruda no jogo de volta, e a chance de já estar nas oitavas de final, podendo surpreender. A Sula ficaria para 2017, com o time melhor estruturado.

Para o atual momento muito ruim de ambos os clubes, sonhar em dias melhores, seja na Copa do Brasil ou na Sulamericana, é um alento, mas o bom mesmo seria sair da zona de rebaixamento da elite nacional, e continuar entre os grandes em 2017.

Se o Santinha não quiser a Sulamericana, vai o Campinense, vice da Copa do Nordeste.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.