GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Abertas inscrições para estágio na Procuradoria Geral do Estado para alunos da AESGA



Estudantes do curso de Direito oriundos da rede pública estadual de Pernambuco estão tendo a oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos através do Programa Alternativo de Estágio da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE). Em Garanhuns, a instituição fechou convênio com a AESGA, e a coordenação do Curso de Direito da FDG.

A iniciativa, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, já beneficia 13 alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade de Pernambuco (UPE) no Recife e agora abre novo edital de seleção, expandindo seu alcance para Garanhuns e Petrolina.

As inscrições seguem abertas de até 23 de setembro no site da PGE-PE (www.pge.pe.gov.br/?Estagios). Podem concorrer estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública estadual e hoje são alunos do curso de Direito, do 3º ao 6º período, nas seguintes instituições: UFPE, UPE, Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).

São oferecidas sete vagas: quatro na sede da PGE-PE no Recife, uma na Sub-Regional de Garanhuns, uma em Regional de Petrolina e outra na Sub-Regional de Arcoverde. Candidatos classificados também formarão cadastro de reserva. A seleção tem validade de um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

A prova, com 50 questões de múltipla escolha, será realizada no dia 7 de outubro. No conteúdo programático, Direito Constitucional, Direito Processual Civil e Direito Civil. O estágio tem carga horária de 20 horas semanais e os estudantes recebem uma bolsa-auxílio mensal de R$ 840. 

A foto registra o momento da celebração do convênio, em que presentes:

Adriano Sena - Coordenador de Estágio da AESGA
Agenor Miranda Ribeiro - Procurador do Estado de Pernambuco
Giane Lira - Presidente da AESGA

ENQUETE: Você concorda com o FORA TEMER?




Você concorda com o FORA TEMER?
Sim, e com convocação de eleições imediatas.
Sim, e quero a volta de Dilma.
Não, Michel Temer deve conduzir o Brasil até 2018.

Paulo na TV Globo: Pernambuco está no caminho certo

O Estado, que vem obtendo melhores resultados no Ideb desde 2009, conta com a maior rede de escolas em ensino integral no País, sendo 300 de Referência e 35 Técnicas



Durante entrevista ao Bom Dia Pernambuco, da TV Globo, na manhã desta sexta-feira (09.09), o governador Paulo Câmara destacou a atratividade da Rede Estadual de Ensino como um dos fatores que contribuíram para Pernambuco ter alcançado o primeiro lugar no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Divulgado na última quinta-feira (08.09) pelo Ministério da Educação (MEC), o resultado mostrou que a escola pública estadual se consolidou como a que possui o melhor desempenho do País, tendo, inclusive, a menor diferença entre o ensino público e o privado. 

“Isso mostra que avançamos cada vez mais e que estamos muito próximos de atingir um padrão de referência na educação pública”, afirmou Paulo Câmara. Entre os fatores que levaram Pernambuco a alcançar o melhor desempenho no País, o governador apontou a atratividade das escolas. “A escola pública pernambucana tem a menor taxa de abandono, ou seja, a cada 100 alunos do Ensino Médio, apenas dois deixam de concluir. Há oito anos, esse número chegava a 24”, frisou."O resultado do Ideb mostrou que Pernambuco está no caminho certo", completou.

Para que a educação pública em Pernambuco atinja resultados ainda melhores, Paulo Câmara indicou a ampliação do programa de educação integrada do Governo do Estado para a Rede Municipal de Ensino, abrangendo, a princípio, 15 municípios. “Queremos que os resultados sejam cada vez melhores e, trabalhando o Ensino Fundamental junto ao Ensino Médio, nossos alunos chegarão cada vez mais preparados às universidades”, ressaltou.

A Rede Estadual do Ensino Médio de Pernambuco obteve a melhor nota 3,9 no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ultrapassando a meta de 3,6 estipulada pelo MEC. "Mas queremos mais. Tenho certeza de que seguindo o caminho que traçamos, apostando cada vez mais na nossa educação, vamos superar essa nota e alcançar avaliações ainda melhores", assegurou Paulo Câmara. 

Em 2013, Pernambuco deu um salto da 21ª colocação para a 4ª colocação no Ideb aferido naquele ano. O resultado foi fruto do priorização da educação nos Governos Eduardo Campos (2007-2010/2011-2014). Na atual administração, com a ampliação da rede de escolas de referência e de ensino técnico, a Rede Estadual conquistou o primeiro lugar no índice.

Fotos: Edmar Melo/SEI

Magno Martins defende credibilidade do Instituto Opinião


O jornalista Magno Martins, que assina um dos blogs mais acessados do país, renovou a parceria com o Instituto Opinião, da Paraíba, para uma série de entrevistas na principais cidades de Pernambuco. Já divulgou números de Caruaru, Petrolina, Olinda, e agora, Garanhuns. 

A pesquisa de Garanhuns foi bastante comemorada pelos correligionários do prefeito Izaías Régis (PTB), pois mostrou uma diferença enorme, quase na casa dos 60%, contra seu principal adversário, Sivaldo Albino (PPS), e ainda registrou uma rejeição de apenas 6% para o prefeito, ínfima. Somados, Claudomira (DEM), Paulo Camelo (PCB) e Valter Couto (PDT) não chegam a 5%.

Fizemos algumas análises, como vocês viram logo cedo (relembre), e recebemos a informação de uma contestação em Petrolina, onde a pesquisa do Instituto Opinião não batia com outra apresentada no mesmo período.

O jornalista Magno Martins entrou em contato conosco, trazendo informações como a pesquisa do Ibope, em Petrolina, que bate com os números do Instituto Opinião, e que mostram uma diferença ainda maior, o que comprovaria a credibilidade da pesquisa. "Trabalho com o Instituto Opinião há cinco anos, e nunca erramos uma pesquisa" - afirmou Magno, na ligação, e adicionou que foi o primeiro a mostrar o crescimento do delegado Lessa em Caruaru e a liderança de Miguel Coelho, em Petrolina.

"Trouxemos um Instituto da Paraíba justamente para não haver contestação. E lá em Petrolina não houve contestação de Odacy Amorim, foi o candidato Adalberto Cavalcanti que protestou", afirma Magno, que complementa: "Nossas pesquisas não são feitas nas ruas, vamos aos domicílios, respeitando um escalonamento por bairro, faixa etária, sexo, entre outros".

Está feito o registro do jornalista.

Pesquisa Ibope em Petrolina, divulgada nesta quinta, 09

Saiba mais:

Pesquisa para prefeito cria polêmica em Garanhuns



Izaías disparado na frente. É assim o retrato da pesquisa divulgada na madrugada desta sexta-feira pelo Blog do jornalista Magno Martins, realizada pelo Instituto Opinião da Paraíba. Pelas ruas e ritmo de campanha, até agora, era de se esperar que o atual prefeito mostrasse margem à frente dos seus concorrentes, mas os números estão sendo discutidos até por lideranças que apoiam o prefeito.

Vamos ao resultado:

Izaías (PTB) - 67,3%
Sivaldo (PPS) - 9,8%
Paulo Camelo (PCB) - 2%
Claudomira (DEM) - 1,8%
Valter Couto (PDT) - 0,5%
Brancos e nulos somam 10,3% e indecisos apenas 8,3%.

Curiosamente, o nome de Sivaldo aparece como Silvino Albino no texto de Magno Martins, que também se reporta a ele como o "trabalhista", mostrando que recebeu informações equivocadas. É sem sentido imaginar que Sivaldo tenha menos votos do que quando disputou para deputado, concorrendo com múltiplas candidaturas, do que agora, quando aparentemente polariza com Izaías.

Na última pesquisa divulgada pela imprensa, comparando com esta, os números de Izaías são parecidos, praticamente os mesmos, e naquela Sivaldo ainda não aparecia, não havia sido colocado na pesquisa. Nesta, com Sivaldo, todos perderam votos para o candidato do PPS, menos o prefeito. Incrível!

Claudomira e Paulo Camelo, pela pesquisa do Instituto Opinião, não chegam a 1300 votos, mas Paulo tem historicamente passado de 3 mil, portanto, mais que o dobro, e Claudomira traz um recall da campanha de deputada, quando teve mais de 6 mil votos. Perderia 80% dos seus votos da última campanha?

Com base nos números das duas pesquisas, a campanha de Izaías parece ter colocado como meta chegar aos 50 mil votos. Este objetivo tem sido dito por diversos correligionários.

O mesmo Instituto Opinião está tendo uma pesquisa contestada, lá em Petrolina. Na semana passada o instituto que está trabalhando em parceria com Magno Martins, mostrou números com Miguel Coelho (PSB) bem na frente. O candidato do PT, Odacy Amorim, contratou empresa no mesmo período, e deu resultado totalmente diferente, ou seja, tem gente trabalhando errado.

O problema é que este tipo de artifício, de Miguel ou de Odacy, tem impacto no meio do eleitorado, que aceita os números de pesquisa como se fossem verdade, independente dos meios usados nas entrevistas ao eleitorado. E isto influencia a eleição.

Sinceramente acho que Izaías tem boa frente em Garanhuns, mas exageraram na dose, e a campanha ainda tem três semanas, podendo chegar no dia da eleição com estes números apresentados, ou ter resultado diferente. Nem essa frente toda da pesquisa do Instituto Opinião, nem a proximidade da pesquisa não registrada que foi motivo de polêmica esta semana. Acho que o meio termo, neste momento é o mais próximo da realidade.


Pesquisa do Instituto Opinião da Paraíba

Pesquisa contratada por Odacy Amorim

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.