CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNOPAR

UNOPAR
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Paulo Câmara exalta modernização e investimento da Compesa

Novo Centro Administrativo Governador Eduardo Campos, que reúne toda a direção e 
estrutura de gestão da estatal, foi inaugurado nesta segunda-feira


Para dar mais celeridade aos serviços oferecidos pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o governador Paulo Câmara entregou, nesta segunda-feira (12.12), o Centro Administrativo Governador Eduardo Campos, no bairro de Santo Amaro, no Recife. O novo prédio, que recebeu um investimento de R$ 60 milhões, visa atender à diretriz de abrigar, em um único local, toda a direção e estrutura administrativa da Compesa. O chefe do Executivo estadual destacou a modernização da empresa.

“A inauguração desta nova sede é um marco na modernização da Compesa e representa a capacidade de investir do Governo do Estado. Precisamos continuar com esse foco, dando boas condições para a empresa trabalhar e fazer com que a água, esse bem tão precioso, chegue à casa das pessoas”, afirmou Paulo, destacando que a construção da nova sede foi possível graças à integração entre a Compesa e o Estado.

Reforçando a prioridade do Governo em investir na melhoria contínua da prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, o governador Paulo Câmara ressaltou os investimentos realizados pelo ex-governador Eduardo Campos. “Eduardo buscava, em cada ação, fazer com que as coisas acontecessem e trabalhava muito para que os serviços públicos, principalmente a água, chegassem para aqueles que mais precisavam. E é esse o nosso foco: levar água para todos os municípios de Pernambuco”, pontuou.

O presidente da Companhia, Roberto Tavares, destacou que o novo prédio é a marca de uma nova Compesa. “Éramos uma empresa desarticulada do ponto de vista gerencial, e o então governador Eduardo Campos nos incentivou a fazermos uma gestão mais moderna e enfrentasse todos os desafios. Foi isso que fizemos nos últimos dez anos”, afirmou, frisando que, agora, o prédio abrigará todas as diretorias da empresa. O gestor também destacou a nova marca da Compesa. “A logo, agora, mostra a preocupação com o meio ambiente e a sustentabilidade, que sempre esteve presente na empresa. A nova Compesa é um legado do governo Paulo Câmara”, complementou Tavares. 

Representando o ex-governador Eduardo Campos, o chefe do Gabinete do Governador, João Campos, agradeceu a homenagem ao pai. “É uma alegria receber mais uma homenagem ao meu pai. Esse centro administrativo simboliza um marco na história do nosso Estado”, pontuou. João destacou, ainda, que entre as áreas prioritárias do governo Eduardo Campos estavam a de recursos hídricos. “Meu pai sempre foi um obstinado pelas causas populares e esse novo prédio significa que, quando se tem zelo, é possível realizar sonhos”. Junto à irmã, Maria Eduarda Campos, ele descerrou um painel comemorativo em homenagem ao ex-governador.

Também estiveram na solenidade os secretários Antonio Figueira (Casa Civil), Fred Amâncio (Educação), o secretário-executivo de Desenvolvimento Econômico, Pedro Arraes, representando o gestor da pasta, Thiago Norões. Participaram ainda o presidente da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), Décio Padilha; o secretário de Planejamento e Gestão do Recife, Alexandro Rebelo, representando o prefeito Geraldo Julio; e o prefeito do município do Paulista, Junior Matuto.

ESTRUTURA - Com uma área de cerca de 20 mil metros quadrados (m²), o Centro Administrativo Governador Eduardo Campos é composto por sete andares administrativos, onde irão trabalhar cerca de 900 colaboradores. Na cobertura há um amplo terraço onde foram montadas 16 praças de convivência. No pavimento térreo estão localizados, entre outros espaços, o Universo Compesa, a área de convenções e a administração. O cuidado com o meio ambiente também está presente no novo prédio. O reuso das águas da chuva, controle da qualidade do ar interno e programas de coleta seletiva de lixo estão entre as ações.

Fotos: Roberto Pereira/SEI

ALUÍSIO ALVES - Nove anos de saudade e silêncio no rádio de Garanhuns!



Nesta segunda-feira, 12/12, completam nove anos da morte do inesquecível Aluísio Alves. O tempo passa rápido, mas as pessoas continuam demonstrando o carinho que tinham com Seu Aluísio, e o sentimento de gratidão por tudo que ele fez por esta gente e pela cidade.

Apresentador de um programa popular, com foco nas notícias policiais, Aluísio ia além, e transformou em um debate de prestação de serviços, fazia o bem para as pessoas, para Garanhuns e toda a região. Era também um espaço de debate político, onde recebia as personalidades que conversavam com a população. Líder de audiência e ouvido em todo o Agreste.

Além de tudo, era uma pessoa do bem, alegre, espontâneo e que conhecia todo mundo pelo nome, do governador ao mais humilde trabalhador que tenha passado por suas manchetes. Ao tratá-los, buscava incentivar-lhes a mudança de vida e de costumes.

De bem com a vida, Aluísio gostava da brincadeira, jogava bola, contava piadas, estava sempre arrodeado dos amigos e de sua família. Com seu tipo de trabalho, tinha tudo para ser uma pessoa reservada, não era! Cidadão comum, que caminhava tranquilamente atendendo amigos e conversando com as pessoas.

BOAS HISTÓRIAS

Aluísio tinha sempre uma história ou uma piada pra contar. Gostava de falar das coisas de rádio. Jogava bola e era atleta de domingo do Garoa, onde jogamos alguns anos na AGA. Viajamos também. Lembro de uma pelada em Batalha/AL, em um domingo pela manhã. Era difícil ver Aluísio carrancudo.

VISITAS A CANHOTINHO E COLÔNIA PENAL

Chamei Aluísio algumas vezes para conhecer a penitenciária de Canhotinho. Ele relutava, talvez com receio de encontrar homens a quem tinha noticiado em suas prisões. Até que um dia, numa formatura de mais de 60 detentos em um curso de panificação e pastelaria, promovido pelo Sebrae, Aluísio aceitou o convite. Lá chegando, aqueles mesmos homens se emocionaram, muitos deles chegavam para falar com Aluísio, pedindo desculpas, dizendo que tinham mudado, muitos explicando suas situações, pedindo para ele mandar abraços para suas famílias, tal o respeito que aqueles mesmos homens tinham com o radialista. Incrível. Aluísio falou com todos. Era uma espécie de ídolo. Deu conselhos aos homens que ele mesmo havia noticiado suas prisões.

Outro dia, Aluísio foi à Colônia Feminina, quando ainda era em Garanhuns, e lá, foi homenageado, chegou a chorar, emocionado. Não imaginava! Conhecia mulheres que estavam presas, e ele não sabia.

Aluísio foi também à cadeia pública, pois sabia que tinha que conhecer a realidade daquela gente, até mesmo para criticar, mas também para humanizar ainda mais sua prestação de serviços. Passou a falar para as famílias daqueles detentos.

Aluísio era o mais importante radialista do interior de Pernambuco, gerente da imponente Rádio Jornal, a pioneira, e todo mundo ouvia a Ronda Policial, que hoje na voz do competente, inteligente e jovem Eduardo Peixoto. A Ronda até mudou um pouco seu perfil, deixando um pouco o impacto das notícias policiais para a prestação de serviços. O tempo do programa também é bem menos que as três, quatro horas, da época de Aluísio.

O padrinho faz uma falta danada nesses tempos de ebulição política, onde gente grande também está indo para a cadeia.

Tenho certeza que todo mundo muitas e boas histórias de Aluísio Alves.

NOTA DA FETAPE - O presidente sanguinário e a sua Reforma da Previdência



O cenário político do nosso país tem exigido das organizações sociais e sindicais e da Igreja um verdadeiro levante. Uma ação que cobre ao Governo Federal e ao Parlamento mais compromisso e responsabilidade com a população, mostrando que não é possível agir tão deliberadamente, sangrando os mais pobres para pagar os juros da dívida pública. Só a Reforma da Previdência, pauta atual do Congresso, trará um enorme prejuízo para mais de milhão de pessoas do campo pernambucano, que trabalham e esperam, na velhice, uma aposentadoria que as permita viver com dignidade. Isso sem contar os retrocessos causados à vida da população rural pela PEC55 e extinção do Ministério de Desenvolvimento Agrário, para não citar outros desmandos.

Na agricultura familiar, as pessoas iniciam suas atividades muito cedo, trabalhando, em média, 45 anos. Atualmente, a idade mínima para se aposentar nessa categoria é de 55/60 anos (mulheres/homens) e 15 anos de contribuição. Com a Reforma apresentada pelo Governo Federal, a idade mínima será de 65 anos para homens e mulheres e o tempo mínimo de contribuição de 25 anos. A proposta ainda prevê a redução dos salários e o fim das pensões. Um conjunto de ações que condena milhões de pessoas, em todo o país, a própria sorte, pois vivendo em condições precárias, e sem acesso a políticas públicas adequadas e programas sociais, muitas morrerão antes de fazer jus a sua aposentadoria.

Sem qualquer preocupação com essas questões sociais, mas somente visando ao capital, o Governo, para atingir seus objetivos, tem apresentado a falsa informação de que há um rombo na Previdência. O argumento é de que foi deixado um déficit, em 2015, de 85 bilhões. Números esses que são questionados pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), que anuncia um superávit de 24 bilhões, no mesmo ano.

O governo esconde que a constituição Federal de 1988 estabelece no artigo 195 que a previdência social, a saúde e a assistência social fazem parte da seguridade social e, segundo a Anfip, possuem diversas fontes de financiamento, como contribuições sobre a folha de pagamentos, sobre o lucro das empresas, sobre importações e mesmo parte dos concursos promovidos pelas loterias da Caixa Econômica. Para a Associação, com esses recursos, a Previdência estaria a salva.

O que o atual governo não aceita é que milhares de pessoas, nos últimos anos, tenham comemorado o aumento da expectativa de vida, resultado de políticas de valorização dos trabalhadores e trabalhadoras, em especial, os rurais que, com suas aposentadorias, têm assegurado um envelhecimento com qualidade de vida. 

Por tudo isso, é inadmissível imaginar que essa reforma proposta pelo Governo Federal possa passar no Congresso. Os representantes dos três poderes têm expressado, todos os dias, um total desrespeito em relação aos anseios da população brasileira, especialmente quando o assunto é a preservação de direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras. Não é possível que os parlamentares deem mais esse voto em prol da desigualdade e das injustiças sociais.

Por: Doriel Barros - Presidente da Fetape
.

Senac abre inscrições para cursos técnicos a distância em Garanhuns, Caruaru e Petrolina

Interessados devem realizar a inscrição até o dia 19 de março de 2017


O Senac abriu as inscrições para cursos técnicos na modalidade Educação a Distância (EAD) nos municípios de Caruaru, Garanhuns e Petrolina. A instituição oferece um total de 180 vagas para cinco cursos nas unidades citadas. Os interessados devem realizar a inscrição até o dia 19 de março de 2017, através do site: www.ead.senac.br.

A unidade de Caruaru tem três opções de cursos disponíveis: Informática, Segurança do Trabalho e Transações Imobiliárias. Já Petrolina oferece vagas para dois: Design Interiores e Guia de Turismo. Por fim, Garanhuns aparece com uma opção: Informática. As aulas, que iniciam no dia 03 de abril, oferecem conteúdo virtual e encontros presenciais realizados uma vez por mês no polo vinculado, com participação de profissionais via webconferência.

Além do nível técnico, o Senac tem vagas de educação a distância também para os cursos livres e superiores. Atualmente, são 137 cursos livres em diversas áreas, como Beleza, Comércio, Comunicação, Gestão, Hospitalidade, Produção Alimentícia, Idiomas, Informática, Meio Ambiente, Moda, Saúde, Segurança e Turismo. As inscrições também são feitas pelo site. Mais informações: (81) 3413-6728, 3413-6729, 3413-6730 e 3413-6783.


  Oferta dos cursos Técnicos EAD - 2017.1
Unidade Polo
Curso Técnico
Nº de matrículas
Horário
Dias da Semana
do Encontro
Presencial/Conectado
1.º Semestre
UEP Caruaru
1. Técnico em Informática -1.200h
30
Das 19h às 22h
quinta-feira
2. Técnico em Segurança do Trabalho - 1.200h
30
Das 19h às 22h
quinta-feira
3. Técnico em Transações Imobiliárias - 960h
30
Das 19h às 22h
terça-feira
UEP Garanhuns
1. Técnico em Informática -1.200h
30
Das 18h às 22h
sexta-feira
UEP Petrolina
1. Técnico em Design Interiores - 800h
30
Das 19h às 22h
Segunda-feira
2. Técnico em Guia de Turismo - 800h
30
Das 19h às 22h
Segunda-feira

Raquel Lyra conhece o sistema integral de ensino de Arcoverde

Educação como prioridade em Arcoverde e Caruaru



A prefeita eleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), participou de audiência, nesta quinta-feira (08), com a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto e o presidente do Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação – ICE, Marcos Magalhães.

Na pauta, o principal tema foi conhecer a parceria do município com o Instituto e, principalmente, como funciona o Sistema de Ensino Integral na rede. A reunião aconteceu no gabinete, na sede da prefeitura de Arcoverde, com a participação também da equipe da Secretaria de Educação.

Arcoverde, hoje, oferece o serviço educacional até o Fundamental 1, mas foi contemplada, entre 15 cidades do estado, com uma escola de ensino Fundamental 2. A partir de 2017, já vai oferecer três turmas do 6º ano. Em cada ano subsequente, crescerão mais três turmas do 7º, depois 8º e 9º.

“Dessa maneira, em 2020, estaremos oferecendo o ensino integral da educação infantil até o 9º ano. Estes alunos terão opção de continuar com o ensino integral na rede estadual, ou seja, Arcoverde será a primeira cidade de Pernambuco a oferecer o ensino integral do começo ao fim.”, enfatizou a prefeita Madalena.

Raquel Lyra, fez várias perguntas e esclareceu dúvidas sobre o “case” de sucesso do novo sistema integral implantado na cidade, no início de 2016, com a reestruturação das escolas Ivani Bradley e Jonas Freitas, incluindo uma nova proposta pedagógica. Raquel ainda conheceu in loco os dois centros de ensino e pode conferir todo funcionamento, assim como, ouviu os depoimentos de professores e alunos.

“A Metodologia da Presença é um dos pilares. O professor participa de todos os momentos, deixa de ser um “dador” de aulas para ser um educador no refeitório, no corredor, na recreação. Hoje eu sou maravilhada com toda a pedagogia do sistema, que transformou a nossa vida e dos alunos”, disse a coordenadora do Sistema Integral, Michelle Melo.

Arcoverde investe mais de 28,5% na Educação. São quase 4% a mais do que prevê a lei. “É preciso priorizar para ter transformação”, pontuou o presidente do ICE Marcos Magalhães.



Fotos: Ascom PMA

ONU diz que PEC do limite de gastos viola Direitos Humanos



A PEC 55 viola Direitos Humanos no Brasil. Essa foi a avaliação do Relator Especial da Organização das Nações Unidas (ONU) Para Extrema Pobreza e Direitos Humanos no Brasil, Philip Alson. Comentando o relatório da ONU, o líder do PT no Senado, Humberto Costa, ratificou a avaliação. "Congelar por 20 anos os investimentos em saúde, educação e assistência social poderá matar milhares de brasileiros, pois o governo golpista estará retirando recursos que atendem a uma demanda que nunca poderia ser cortada”, afirmou o senador.

Para o relator da ONU, aprovar e implantar a PEC 55 no Brasil é colocar toda uma geração em perigo. “Se adotada, essa emenda bloqueará gastos em níveis inadequados e rapidamente decrescentes na saúde, educação e segurança social, portanto, colocando toda uma geração futura em risco de receber uma proteção social muito abaixo dos níveis atuais”, avalia Philip Alson.

Alson também recomendou em seu documento que o governo brasileiro realize, realmente, um debate amplo com a população sobre a PEC 55, principalmente com os setores mais pobres, que serão os mais atingidos com os severos cortes da proposta.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.