HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Governador libera mais R$ 6 milhões para Programa Leite de Todos


A Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária liberou, nesta sexta-feira (16), o valor R$ 6 milhões para pagamento aos produtores de leite e lacticínios do estado de Pernambuco. Somando-se ao novo aporte de recursos, foram investidos, na gestão do governador Paulo Câmara, um total de R$ 45 milhões no programa, que está presente em 174 municípios pernambucanos que integram o convênio.

“Esse é um programa exitoso, que vem sendo executado com muito empenho na gestão do governador Paulo Câmara, garantindo acesso a um alimento de qualidade às pessoas em estado de insegurança alimentar e nutricional. Outro fator importante é o fortalecimento da cadeia produtiva do leite e a promoção da inclusão social no campo, garantindo a compra do leite dos pequenos agricultores”, afirmou o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota. 

Colégio Diocesano de Garanhuns apresenta Cantata das Estrelas



Nesta sexta, a partir das 20h, o Colégio Diocesano de Garanhuns apresenta a "Cantata das Estrelas". O espetáculo será encenado por cerca de 40 alunos e ex-alunos do Diocesano Garanhuns no palco principal do Natal Luz de Garanhuns, em frente à Prefeitura.

Os alunos do Fundamental 2 e Médio passam o ano inteiro em oficinas do projeto pedagógico Grupo Diocesano de Artes. O texto da "Cantata das Estrelas" é do professor Carlos Janduy e a direção é da Coordenadora Pedagógica Sandra Albino.

Deputado defende independência do PSB em relação a Temer

No dia em que Pernambuco celebra os 100 anos de nascimento do ex-governador Miguel Arraes, o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) discursou na tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco defendendo a saída dos socialistas da base de apoio do governo Michel Temer. A posição de Lucas é a mesma defendida pela ala Juventude Socialista Brasileira e pelo diretório estadual do partido no Rio Grande do Sul.

Em sua fala, Lucas afirmou que o presidente Michel Temer prometeu uma gestão de coalizão, mas que na realidade agravou a crise e não encontra saída para recolocar o país no caminho do desenvolvimento. “O que vemos é um governo incapaz de estancar a sangria das contas públicas e que caminha a passos largos no aprofundamento da crise política”, disse. Para o deputado, os socialistas devem fazer justiça à memória de Miguel Arraes e adotar uma postura de independência. “É urgente a saída dos socialistas da base do governo Michel Temer para que o PSB faça jus à sua história, à memória de Miguel Arraes e permaneça sintonizado com a vontade popular, contribuindo com o debate e apresentando soluções criativas para superação dos tempos de crise”, declarou.

Para o vice-líder da bancada governista na Alepe, as medidas impopulares adotadas pelo governo Temer (PEC do Teto dos Gastos, reforma do Ensino Médio e reforma previdenciária) foram elaboradas sem levar em conta a vontade da sociedade. “É um governo que não ouve a população e acaba gerando um nível de insatisfação mais intenso do que aquele que desembocou no impeachment de Dilma Rousseff”, lembrou. “O nosso país não pode perder mais tempo. Precisamos convocar a população para a realização de novas eleições diretas, a saída menos dolorosa para o momento que vivemos”, acrescentou Lucas.

O último programa do Jô na Globo



Quando Jô Soares mandar o beijo na noite desta sexta-feira (16) após entrevistar Ziraldo, cartunista, acaba uma história e um capítulo impressionante na TV brasileira. O humorista reinventou a TV com seu talk-show, de uma forma que nem a Globo quis apostar!

Sucesso absoluto com seu Viva o Gordo, nas noites de segunda-feira, Jô Soares sabia que poderia oferecer mais que seus personagens e bordões que tomavam conta do país. Escritor, dramaturgo, diretor, entre tantas outras facetas do mundo do entretenimento, Jô Soares queria trazer para o Brasil o formato de talk-show, entrevistas de final de noite, sucesso nos Estados Unidos.

A Globo não aprovou, e Jô assumiu o desafio de deixar a maior emissora do país e montar seu projeto no SBT, que estava de olho no programa humorístico e cedeu o horário para o programa de entrevistas. Assim nasceram Veja o Gordo, no mesmo formato da Globo, e o Jô Soares Onze e Meia.

A Globo, que não é besta nem nada, depois do sucesso de sua cria fora de casa, foi buscar o artista, transformando o Programa do Jô em um dos maiores sucessos da história da TV, que somados dá 28 anos, quase três décadas.

Jô Soares com quase 80 não vai parar, continua escrevendo e atuando. Há quem aposte no formato das entrevistas para a TV fechada, talvez GNT, Multishow ou GloboNews, o que seria perfeito!

O canal quis transformar Jô em comentarista do Jornal da Globo, claro que ele não quis. Viraria uma espécie de Jabor, e com todo respeito aos comentaristas, o Gordo conquistou um espaço que vai além desta missão.

Tomara na GloboNews, após o Jornal das 10, e se possível, mais cedo!

Beijo do Gordo!

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.