GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Menos mortes, feridos e acidentes nas estradas em 2016 em comparação a 2015. SAIBA MAIS

Nas rodovias federais que cortam Pernambuco, 
foram registrados 5.082 acidentes em 2015, contra 3.624 em 2016



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o balanço de 2016 com redução nos índices que medem a violência no trânsito em rodovias federais de Pernambuco. Em comparação a 2015, o Órgão registrou reduções de 28,7% na quantidade total de acidentes, de 9,4% na quantidade de feridos graves, de 6,8% no número de óbitos e de 5% no número de acidentes graves, nas BRs que cortam o estado. São classificados como acidentes graves aqueles em que se registra pelo menos um ferido grave ou um óbito.

Nas rodovias federais de Pernambuco, foram registrados 5.082 acidentes em 2015, contra 3.624 em 2016. Em parte essa redução ocorreu com a implantação da Declaração Eletrônica de Acidentes (e-DAT), em que o próprio motorista registra o acidente quando não há vítimas. Já a quantidade de acidentes graves reduziu de 1.119, em 2015, para 1.063 no ano passado. O número de feridos graves caiu de 1.104 para 1.000, em 2016. Já o número de óbitos também diminuiu, de 410 para 387.

O resultado é reflexo da estratégia operacional da PRF, que realiza campanhas de conscientização, operações pontuais em épocas de intensificação de deslocamentos, tal como férias e festas de final de ano, e reforços de policiamento em pontos críticos em rodovias de todo o país. No ano passado, a PRF também emitiu 116.300 autuações por diversas infrações em Pernambuco, enquanto em 2015 foram registradas 96.863 autos de infração nas rodovias federais do estado, um aumento de cerca de 20%.

DADOS NACIONAIS

Em 2016, ocorreram 20.994 acidentes graves em rodovias federais do país, contra 21.854 ocorrências em 2015. A PRF contribuiu com a redução por meio de trabalho de fiscalização e de conscientização realizado durante todo o ano.

Ao todo, foram 21.439 feridos graves e 6.405 mortos em decorrência desses acidentes. Em comparação a 2015, houve uma redução de 4,8% no número de feridos graves – em 2015 foram 22.517. Os óbitos nas rodovias também caíram. Em 2015 foram 6.871 – redução de 6,8%.

REDUÇÃO DE ACIDENTES

O número geral de acidentes - com ilesos, feridos leves ou graves - foi o que sofreu maior queda: em 2016 a PRF registrou um número 21% menor do que o número de acidentes em 2015. Enquanto em 2015 foram registrados 122.090 acidentes nos 70.000 quilômetros de rodovias federais brasileiras sob os cuidados da instituição, em 2016 este número caiu para 96.296 acidentes registrados e atendidos pela PRF.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.