HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

domingo, 9 de abril de 2017

Imagens da caminhada A FORÇA DO LEITE em Garanhuns!











Acompanhamos nesta sábado (08/04) parte da caminhada do Movimento A FORÇA DO LEITE, pelas ruas do centro de Garanhuns, cidade-polo da Bacia Leiteira do Agreste e parte do sertão, que vem penando com os efeitos da seca e falta de apoio do Poder Público para fortalecimento da economia que envolve a pecuária na região. 

O Movimento é organizado pela Associação dos Agropecuaristas do Sítio Baixo Verde (AGROLEITE) e pela Associação dos Agropecuaristas do Agreste de Pernambuco (AGREPE), formado por produtores rurais, principalmente, claro, os que trabalharam com a produção leiteira. Alguns políticos participaram da caminhada, porém, na condição de produtores, como fizeram questão de destacar. Por isto, para não politizar a manifestação, não vamos citá-los.

O movimento "A Força do Leite” busca a sensibilização política, e apresenta propostas para minimizar os efeitos da seca na cadeia produtiva do leite em Pernambuco. É uma crise sem precedentes na história e que está afetando milhares de famílias e comprometendo a permanência de milhares de empregos diretos e indiretos em função dos efeitos da seca. 

Manoel Viana Bezerra, presidente da AGROLEITE, ressalta que a sensibilização é apartidária. “A bovinocultura de leite representa o maior número de estabelecimentos do agronegócio (mais de 50 mil propriedades), tem a maior a participação no PIB do agronegócio de Pernambucano (cerca de 20%, R$ 1 bilhão apenas de receita primária), é a principal fonte geração de empregos e ocupação do agronegócio no estado (mais de 400 mil pessoas dependentes da cadeia de forma direta e indireta). Sobretudo, no agreste a cadeia é a principal indutora e mola propulsora na geração de renda inclusive nas cidades em função dos setores integrados como fábricas de laticínios, fornecedores de insumos agropecuários, prestadores de serviços, e demais cadeias interdependentes como comércio, transporte, fornecedores de embalagens, e insumos industriais”.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.