CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNOPAR

UNOPAR
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Adolescentes da FUNASE receberão aulas de música e xadrez no IFPE

Representantes do IFPE e da FUNASE assinam convênio que visa proporcionar atividades culturais para ressocializandos


O Instituto Federal de Pernambuco - Campus Garanhuns (IFPE) e a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) assinaram na terça-feira (21) acordo de cooperação técnica para a oferta de cursos aos adolescentes atendidos pela Funase, em Garanhuns. A proposta de cooperação visa ampliar as ações de extensão do IFPE e auxiliar na reintegração dos adolescentes à sociedade.

A proposta piloto ofertará os cursos de xadrez e música que possuem um potencial de desenvolver aspectos importantes, como paciência, concentração, raciocínio lógico, trabalho em equipe, entre outros. Para o xadrez a proposta é que os bolsistas do Programa de Esporte e Lazer, supervisionados pelo professor de Educação Física do campus, João Paulo Oliveira, possam a cada aula passar para os adolescentes as teorias do xadrez e depois a prática. Já as aulas de música, a serem ofertadas pelo docente Osman Júnior, terão como foco o ensino coletivo de instrumentos musicais.

Na solenidade de assinatura do acordo de cooperação a pró-reitora de Extensão do IFPE, Ana Patrícia Falcão, destacou o IFPE como uma instituição preocupada com a inclusão. “Estamos atuando principalmente com essas populações que sofrem historicamente com a exclusão e a gente como uma instituição de ensino não pode estar ratificando esta exclusão, precisamos incluir e incluir de verdade, com qualidade, de forma com que essas pessoas possam de fato ser inseridas na sociedade, no cotidiano, no mercado de trabalho. Parabenizo a todos, gestão do campus e Funase e afirmo que a luta agora será expandir este projeto para os demais campi”, ressaltou.

O diretor-geral do Campus Garanhuns, José Carlos de Sá Junior, defendeu que o projeto tem relação direta com a missão da instituição. “Acredito que este projeto tem muito a ver com o que os institutos federais se propõem a fazer no interior do país, principalmente, que é levar oportunidades a pessoas em situação de exclusão. No nosso caso, pessoas de zona rural que não tem oportunidades de acesso a uma instituição com laboratórios, professores com um nível diferenciado que tragam propostas de trabalho de extensão, de pesquisa e por tudo isso vivenciamos diariamente a transformação de vidas, pessoas que passaram a ter contato com outra realidade de vida completamente diferente do que tiveram até então. É essa oportunidade que queremos dar a estes adolescentes”, afirmou.

A diretora-presidente da Funase, Nadja Maria Alencar, ressaltou que mesmo a instituição já tendo algumas parcerias firmadas o preconceito ainda é grande. “Precisamos agradecer bastante por vocês abraçarem a causa, ao diretor pela persistência e por não ter nos esquecido, a pró-reitora pela abertura e ao IFPE. A gente é uma instituição muito complexa porque sofremos também o preconceito que os próprios adolescentes sofrem, temos uma tarefa dificílima que é reinseri-los na sociedade, transformar essa experiência que eles tiveram dentro das nossas unidades e levá-los a convivência comunitária, familiar e social da melhor forma possível, por isso apostamos muito na educação”, concluiu.

Os cursos terão a duração de quatro meses, serão ministrados no Campus Garanhuns, para turmas de 12 alunos. Os cursos de música acontecerá nas terças-feiras, das 14h às 15h30, e de xadrez nas quartas, no mesmo horário.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.