CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNOPAR

UNOPAR
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sábado, 15 de julho de 2017

PETROLINA: Pernambuco em Ação no Sertão do São Francisco

Rodada do Pernambuco em Ação anunciou a implantação de novos sistemas adutores para a região. O seminário marcou, ainda, a entrega do certificado ISO 14.001 à Compesa pela promoção de práticas sustentáveis



Para minimizar os efeitos da estiagem no Sertão do São Francisco, o governador Paulo Câmara anunciou, nesta sexta-feira (14.07), um conjunto de ações para o reforço do setor hídrico na região. Serão implantados dois novos sistemas adutores para atender a população de Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande. Outra importante ação será a ampliação da capacidade do Sistema Adutor Maria Tereza Coelho, que atende os municípios de Dormentes, Afrânio e Petrolina. Com investimento de R$ 2,6 milhões, juntas, as intervenções vão beneficiar cerca de 29 mil pessoas. Durante o seminário, a Compesa foi premiada com a Certificação NBR ISO 14.001 – título ambiental concedido pela primeira vez a um empresa brasileira.

Paulo foi recepcionado pelo prefeito Miguel Coelho, e seu pai, o senador FBC
“A água é uma diretriz importante do nosso governo, e eu sempre faço questão de destacar isso quando vou aos municípios, porque a gente sabe da importância de fazer esse bem maior chegar até a residência das pessoas. Vamos continuar investindo para fortalecer o abastecimento, seja na construção de sistemas simplificados, adutoras, cisternas, poços, para que possamos, com muito trabalho, solucionar a falta d'água e minimizar o efeitos da secano nosso Estado”, destacou Paulo Câmara, reforçando que as ações no setor não podem ficar em segundo plano.

A implantação do Sistema Adutor Redenção, no município de Santa Maria da Boa Vista, vai beneficiar um total de quatro mil pessoas. Assinado pelo chefe do Executivo estadual, o convênio receberá um aporte de R$2 milhões para a operação e manutenção do trecho beneficiado, com vigência de cinco anos. A intervenção contempla a captação flutuante no rio São Francisco e 23 quilômetros de sistema adutor, com diâmetro entre 150 e 300 mm.

Para saber mais: http://www.pe.gov.br/blog/



O governador assinou também um convênio para implantação do Sistema Adutor do município de Lagoa Grande. Com um investimento de R$218 mil e prazo de conclusão previsto de 30 dias, a obra contemplará a instalação de 5,1 km de tubulações, com diâmetro de 250 e 200 mm, para interligação entre a estação elevatória de água tratada e o reservatório elevado da localidade Agrovila, em Lagoa Grande. A ação vai permitir a ampliação de oferta de água para cerca de 10 mil habitantes da cidade.

Para reforçar o abastecimento da Zona Rural de Dormentes, Afrânio e Petrolina, foi autorizada a obra de ampliação da capacidade do Sistema Adutor Maria Tereza Coelho. Ao todo, serão beneficiados cerca de 15 mil habitantes dos três municípios. A ação, que contará com um aporte de R$381 mil, consiste na implantação de 4,5 km de tubulações com diâmetro de 250 mm, permitindo um incremento previsto de aproximadamente 30% no volume de água disponibilizado à população, aumentando a vazão do sistema de 50 L/s para 65 L/s. A conclusão desta obra está prevista para o próximo mês de setembro.

CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL - Ainda durante o evento, a Compesa recebeu, da empresa alemã BRTÜV – TÜV NORD GROUP, a Certificação NBR ISO 14.001:2015. O título habilita duas unidades operacionais - as Estações de Tratamento de Água (ETA) Vitória e de Esgoto (ETE) Centro - do município de Petrolina, conferindo à Companhia Pernambucana de Saneamento o título de primeira empresa do setor no Brasil a obter o certificado. Obter a certificação da ISO 14001 demonstra o comprometimento da empresa com práticas sustentáveis e padrões internacionais de gestão ambiental.

“Mesmo não fazendo parte do segmento produtivo de alto impacto ambiental, pois todas as atividades da Compesa têm como objetivo a preservação do maior bem natural do nosso planeta, que é a água, há uma preocupação permanente de disseminação de boas práticas ambientais a serem adotadas por todos os setores da Companhia”, comemorou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

A certificação recebida pela Compesa é fruto da elaboração do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), elaborado pela empresa RS2 Consultoria. Com um investimento de R$ 1.370.052,52, o programa reúne diversas diretrizes adotadas para a implementação de uma Política Ambiental que especifica competências, comportamentos, procedimentos e exigências para avaliação e controle dos impactos ambientais das suas atividades, que, implementada segundo a ISO 14001, permite a obtenção de certificação após auditoria por organismo certificador acreditado. A certificação comprova também que as ações sustentáveis desenvolvidas pela empresa seguem determinados parâmetros que neutralizam ou reduzem seu impacto no meio ambiente.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.