GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNOPAR

UNOPAR
CLIQUE NA IMAGEM

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

domingo, 29 de janeiro de 2017

Aulão Show de Dança chega a Caetés


Felipe Carreras deixa secretaria para votar em Tadeu Alencar

Tadeu Alencar
O secretário estadual de Turismo, deputado federal Felipe Carreras, vai se afastar do cargo no dia em que será escolhido o novo líder do PSB na Câmara dos Deputados, retomando a pasta após a votação em Brasília. Sua saída estará publicada no Diário Oficial de segunda-feira (30), que já circula eletronicamente neste sábado.

Carreras estará presente para votar em Tadeu Alencar, atual vice-líder, mas que atua na função desde a saída de Fernando Filho para assumir o Ministério de Minas e Energia.

A escolha será nesta segunda-feira (30), com participação integral da bancada do PSB. A ida de Felipe Carreras reforça o apoio do PSB estadual ao companheiro, que é o favorito na disputa.

http://www.folhape.com.br/politica

Bonecos Gigantes de Bom Conselho aparecem na Rede Globo em todo Brasil



O carnaval de Bom Conselho esteve representado pelos bonecos gigantes de Pedro de Lara, Zé Puluca, Ariano Suassuna e Mestre Galo Preto, no Programa “ESTRELAS” da Rede Globo de Televisão, exibido na tarde deste sábado (28/01), sob o comando da apresentadora Angélica.

Para ver a matéria completa, clique aqui.

Prefeitos pressionam e Garanhuns volta atrás na proibição aos transportes alternativos

Suspensão é provisória, até retorno do prefeito Izaías Régis

Os prefeitos do Agreste Meridional estiveram reunidos na última sexta-feira (27) na Codeam, para a posse da nova diretoria que terá Neide Reino na presidência. Segundo o Blog Capoeiras, de Raimundo Lourenço, por meio de articulação da nova presidente, que representa mais de 40 municípios do Agreste, e a prefeitura de Garanhuns, chegou-se a um acordo, e os veículos que prestam o serviço de Transporte Alternativo Intermunicipal de passageiros continuarão podendo circular na cidade de Garanhuns. A fiscalização e multas iniciariam na quarta-feira (01/02).

O Secretário de Governo de Garanhuns Mewitton Araujo confirmou em nosso grupo do Whastapp a informação, e a suspensão até o retorno do prefeito Izaías Régis, que está nos Estados Unidos. Todos os prefeitos da região já estariam avisados. Não sabemos se Izaías havia autorizado a fiscalização ostensiva, antes de viajar. Mas a repercussão negativa, a polêmica e agora, a participação da CODEAM, fizeram a prefeitura, ao menos, suspender a fiscalização e as multas.




COMENTÁRIO DO BLOG DE CAPOEIRAS

Querer proibir que um motorista do Transporte Alternativo deixe um passageiro na UPAE, Dom Moura, Expresso Cidadão, entre outros locais, obrigando-os a pagar um ônibus, táxi, mototáxi ou ir a pé, é segregação aos mais pobres, só comparável ao muro que o presidente dos Estados Unidos quer erguer para que pobres não entrem no seu país.

A norma que teria o aval do Ministério Público de Pernambuco causou preocupação nas pessoas que se deslocam diariamente de todas as cidades da região para Garanhuns, em busca de atendimento médico nas unidades de saúde instaladas no município, e que muitas vezes viajam com o dinheiro contado da passagem, passam o dia sem se alimentarem, e não teriam como pagar um táxi como querem as autoridades garanhuenses. Outro setor que será afetado com a norma é o comercio.

O que se ouvia na sexta-feira, na CODEAM eram prefeitos preocupados e dispostos a entrarem na discussão do assunto para defenderem os usuários e motoristas do serviço TAP.

Um motorista que trabalha na linha Caetés/Garanhuns comentou que em Caetés a Secretaria de Saúde encaminha muitas pessoas para realizarem exames em laboratórios, hospitais e clinicas de Garanhuns, e que as mesmas mostram a requisição com o endereço e pedem que as deixem no local, pois não sabem se deslocar na cidade de Garanhuns.

As pessoas que usam e prestam o serviço esperam que a prefeitura de Garanhuns encontre uma solução para o caso, e que todos saiam ganhando: passageiros, motoristas, taxistas e mototaxistas.

Entenda o caso:

Esta semana, a AMSTT, órgão que disciplina o transito na cidade de Garanhuns emitiu nota informando que os veículos que prestam serviço de Transporte Alternativo de Passageiros entre as cidades da região e Garanhuns, a partir da próxima quarta-feira, 1º/02/2017, estariam proibidos de circular nas ruas da cidade das flores para embarque ou desembarque de passageiros, sob pena de multa no valor de R$ 130,16. Segundo a AMSTT, os veículos que fazem o TAP só podem ir até o “ponto de parada de cada município”, e a partir dali, o passageiro teria que “pagar” um táxi, mototáxi ou ônibus para se deslocar dentro da cidade.

Garanhuns pode ter prejuízo milionário com paralisação do transporte alternativo regional



A Autarquia de Trânsito de Garanhuns iniciou a fiscalização do transporte alternativo regional que vem para o município, proibindo que as vans deixem e peguem passageiros fora do ponto "final", principalmente exigindo que não sejam deixados pacientes de frente aos hospitais e à Upae. A fiscalização visa atender à legislação municipal. Este tipo de transporte, do ponto das vans para qualquer outro lugar da cidade, deve ser feito pelo transporte público autorizado, seja taxi, mototaxi ou ônibus coletivo.

Contudo, a medida, que segundo o município cumpre exigência do Ministério Público, gerou grande repercussão e polêmica. Os profissionais do transporte regional e os passageiros estão reclamando, e pedindo que sejam oferecidas condições de embarque e desembarque, com um terminal integrado de passageiros. Garanhuns, ao contrário de outros municípios como Arcoverde e Caruaru, não oferece esta infraestrutura. Os pontos "finais" do transporte alternativo ficam espalhados por diversas ruas do centro da cidade, muitos deles em ladeiras e distantes de pontos de transportes "autorizados" ao deslocamento urbano.

Mas a questão polêmica é econômica. Muitos usuários do Polo Médico vêm para Garanhuns justamente pela economia, pois a região é pobre, e os pacientes, muitas vezes, vêm somente com o dinheiro da passagem. É comum também estarem acompanhados, o que encarece a viagem.

O comércio também recebe diariamente milhares, de pessoas, e a fiscalização imediata pegou todo mundo de surpresa, causando polêmica e discussões sobre prejuízos financeiros a curto, médio e longo prazo, pois encarecendo a viagem para Garanhuns, as pessoas podem começar a se dirigir para outros centro urbanos.

São aproximadamente 600 vans cadastradas na associação, de mais de 26 municípios, mas os números são ainda maiores, pois tem cidades que não participam da associação. Imagina-se que algo em torno de 40 municípios tenham carros diários para Garanhuns. Imaginem com cada carro fazendo uma ou duas viagens por dia quantas pessoas vêm fazer compras, consultas médicas, buscar serviços...

A solução é o terminal de passageiros que foi inclusive promessa de campanha de Izaías Régis nas duas eleições, mas nunca saiu do papel. Com esta infraestrutura, podendo ser gerida pela iniciativa privada, através de uma PPP, os passageiros teriam acesso facilmente ao transporte público urbano, além de receberem o tratamento que merecem.

Uma paralisação regional está sendo convocada, e se acontecer, Garanhuns só tem a perder. Imaginem quanto deixa de entrar de dinheiro em Garanhuns com apenas um dia de parada geral. E a longo prazo com a diminuição de pessoas vindo para a cidade. Está na hora de dialogar. E Urgente!!

A coisa já não está boa, e fazendo assim...

E pra finalizar, tem a questão humana, a pessoa veio para uma consulta médica porque já não está bem, e o município exige deslocamentos desnecessários, só por conta da atividade econômica. Tem quem ache desumano.

Deputado Claudiano Filho solicita do Governo Federal subsídios para o milho em Pernambuco

O deputado estadual Claudiano Martins (PP) irá acompanhar o governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara, na visita do Presidente da República, Michel Temer, ao município de Serra Talhada, para a inauguração do novo campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão. 

Aproveitando a ocasião, Claudiano vai solicitar a retomada do projeto Venda Balcão Especial, de suma importância para o agricultor pernambucano que já vem enfrentando o quinto ano consecutivo de seca, agravando fortemente as condições dos produtores rurais do interior do Estado. Com a falta de água, os produtores estão sem poder manter seus rebanhos, dificultando sustento da família.

No ano de 2012, o Governo do Estado em parceria com o Governo Federal lançou o programa onde o Governo disponibilizava para os produtores rurais atingidos pelas estiagens e cadastrados no programa a venda da saca de 60 quilos do milho ao preço subsidiado de R$18,12, valor 60% abaixo do praticado no mercado. Hoje, chega a uma média de R$ 56,00 a saca de 60 quilos.

Na época, o Governo do Estado utilizava o valor recebido com a venda do milho para custear a operação de logística – armazenamento, transporte, ensacamento, para que o milho cheguasse aos polos de comercialização. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) ficava com a tarefa de implantar estes pólos nos municípios, chegando a ter 12 polos municipais: Recife, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Floresta, Serra Talhada, Salgueiro, Itaíba, Ouricuri e Petrolina, no sertão, além de Garanhuns, no Agreste Meridional.

Hoje, a Conab atua apenas em Recife e no município de Arcoverde, vendendo a saca de 60 quilos a um preço médio de R$ 47,00.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.