GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

UNOPAR GARANHUNS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 1 de março de 2017

Bloco da UPE reúne foliões no Bairro do Recife



A animação tomou conta dos foliões que acompanharam o desfile do “Bloco UPÉ na Folia” da Universidade de Pernambuco (UPE), na quinta-feira pré-carnavalesca, pelas ruas históricas do Recife Antigo. Milhares de pessoas acompanharam o bloco, principalmente a comunidade acadêmica, que curte a folia com seu próprio estandarte desde 2003.

Uma orquestra de frevo deu ritmo à folia, que reuniu servidores, funcionários, professores, alunos e muitos foliões. Na concentração, muitos cliques. Além do pessoal da capital, muita gente do interior se deslocou para o Recife para curtir a festa.

O reitor da Universidade, Prof. Pedro Falcão, como se vê na foto, curtiu o bloco, e ainda teve fôlego para curtir o Galo da Madrugada, no sábado, e no domingo seguiu para Garanhuns onde se encontrou com amigos para continuar a festa, na cidade e em São João.

Já nesta quarta-feira, Falcão retornou ao Recife com a família.

Sobre texto da assessoria de imprensa da UPE

CNBB lança Campanha da Fraternidade 2017 preocupada com Meio-Ambiente e cultura dos povos



Com o tema "Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida", a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente, nesta Quarta-feira de Cinzas, dia primeiro de março, a Campanha da Fraternidade 2017 (CF 2017). O lançamento aconteceu na sede da entidade, em Brasília (DF), nesta manhã.

A campanha, que tem como lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2.15), alerta para o cuidado da Casa Comum, de modo especial dos biomas brasileiros. Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta é dar ênfase à diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem, sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.

Ainda de acordo com o bispo, a CF deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. "Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, cultivar e a guardar”, salienta.

Ministério Público recomenda a prefeito de Iati combater o nepotismo


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Iati, Antônio José de Souza (Tonho de Lula), ao presidente da Câmara Municipal e ao presidente do Fundo Previdenciário de Iati (IPREVI), a adoção de uma série de medidas para evitar a prática do nepotismo nos quadros funcionais dos municípios, que devem ser estendidas aos demais agentes públicos que detenham a atribuição de nomear e exonerar ocupantes de cargos comissionados e funções de confiança na administração municipal direta e indireta.

De acordo com o promotor de Justiça Ademilton das Virgens Carvalho Leitão, a experiência tem demonstrado que a prática de nepotismo resulta num aumento significativo de cargos comissionados e/ou funções de confiança, cujas atribuições não se caracterizam como de chefia, assessoramento ou direção, em detrimento daqueles de provimento efetivo, cujo acesso se dá mediante concurso público de provas e de títulos.

O prefeito deverá se abster de nomear como ocupantes de cargos comissionados ou funções de confiança os cônjuges, companheiros ou parentes até o terceiro grau da autoridade nomeante e de agentes públicos investidos nas atribuições de chefia, direção e assessoramento, e promover as exonerações de quem for encontrado nessa situação.

O MPPE também recomendou a abstenção de contratar diretamente, mediante dispensa ou inexigibilidade de licitação, pessoa jurídica cujos sócios enquadrem-se nas condições de parentesco destacadas, devendo rescindir os contratos que encaixem-se em tal situação. O mesmo é válido para a celebração, aditamento, manutenção ou prorrogação de contrato de prestação de serviço com empresa que venha a contratar empregado cônjuge, companheiro ou parente dos gestores ou autoridades nomeantes.

O MPPE recomenda ainda que não sejam contratados por tempo determinado, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, pessoas que se encaixem nas condições de parentesco previstas por Lei. Também deverá ser vedada a prática conhecida popularmente como nepotismo cruzado, caracterizado por ajustes entre autoridades distintas para burlar a proibição do nepotismo.

O gestor tem um prazo de 10 dias para remeter ao MPPE a cópia dos atos de exoneração e rescisão contratual de todos aqueles que se encontrem nas situações de nepotismo, ou informar expressamente a inexistência delas.

Sílvio Costa e Armando Monteiro seguem caminhos diferentes



Enquanto Sílvio Costa busca manter união com o PT de Lula e Dilma, o senador Armando Monteiro muda de lado e se aproxima do PSDB e do DEM (reveja aqui), partidos considerados golpistas pelos petistas e defensores de Lula. A nota abaixo sobre Sílvio Costa é do jornalista Inaldo Sampaio.



Cumprindo o que havia dito 30 dias atrás, o deputado federal Sílvio Costa (PTdoB) esteve com o presidente regional do PT, Bruno Ribeiro, na última sexta-feira (24), para uma troca de opiniões sobre a conjuntura política local e nacional.

Costa confirmou ao dirigente petista que seu nome está à disposição do Partido dos Trabalhadores para disputar uma das vagas no Senado nas eleições do próximo ano, caso o senador Humberto Costa (PT) decida não concorrer à reeleição.

Ele pretende ser “o senador de Lula” e está convencido de que teria os votos dos cerca de 40% pernambucanos que se opuseram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousssef, de cuja “tropa de choque” fez parte na Câmara Federal.

Sílvio Costa e Bruno Ribeiro discutiram também os projetos de reforma previdenciária e trabalhista enviadas pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional. E, no plano local, a crise na área de segurança pública.

Costa entende que o Brasil precisa de uma reforma previdenciária, mas faz restrições ao texto do projeto que está em tramitação na Câmara.

Armando Monteiro está conversando com Bruno Araújo e João Lyra (ambos PSDB) e Mendoncinha (DEM).
O deputado Álvaro tem participado ativamente desta aproximação

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.