CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

COLÉGIO STA. JOANA D'ARC

DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 19 de junho de 2017

EDUCAÇÃO EM GARANHUNS atrasa pagamentos a estagiários


"Por Lincoln Cardoso

A educação municipal de Garanhuns/PE, passa por mais um capítulo triste.

Estagiários reclamam o não pagamento de suas bolsas de R$ 552,00 mensais. Falam que o pagamento do mês de abril foi feito no dia 12 de maio e o pagamento do mês de maio ainda não foi efetuado até a presente data de 18/06/2017.

Sabemos que o estagiário da rede municipal de Garanhuns/PE passa por grandes dificuldades até chegar ao seu local de trabalho, pois muitos trabalham longe e depende da bolsa educacional para chegarem em suas escolas.

Muitos já estão indo a pé ou pedindo dinheiro emprestado para cumprir seu compromisso com a educação de Garanhuns/PE.

Como a imagem do aplicativo do CIEE que foi enviada por alguns estagiários mostra que não há previsão de pagamento.

Os estagiários pedem providências à prefeitura de Garanhuns/PE.

Enquete mostra rejeição a segundo mandato de Izaías



Enquete não tem valor científico, não vale como pesquisa, mas acreditamos que oferece resultados, se não com exatidão, com alguns apontamentos reais. É o que mostra a enquete que fizemos comparando a segunda gestão Izaías Régis com a primeira, onde tirando críticas pontuais, acabou com boa avaliação, levando a uma reeleição com certa tranquilidade.

Partindo deste norte, perguntamos se a segunda gestão está melhor, a mesma coisa ou piorou em relação aos primeiros quatro anos. E o resultado foi impressionante. Uma maioria esmagadora, portanto com grande parte dos eleitores do prefeito, apontaram que a segunda gestão está muito pior. Nos comentários no Facebook, pode-se ver decepção e insatisfação.

Na enquete trocamos os tradicionais "ótimo, bom, regular, ruim e péssimo" por opções parecidas, colocando uma opção "O governo acabou", tentando captar o sentimento de quem acha que está ruim e não tem mais como se recuperar, e 1/4 dos nossos e-leitores clicaram nesta opção. Depois a gente faz uma análise geral, pois este número bate com a oposição nas urnas em 2016. Portanto, os 65% que acreditam que piorou é o sentimento de quem votou em Izaías.

É bom lembrar que a enquete compara o Governo Izaías com o próprio Governo Izaías, mas o time é outro, a realidade econômica é outra, e as decisões impopulares da segunda gestão têm abalado o prestígio de um governo que acreditava ser quase hegemônico. Conversei com uma pessoa do governo e ele também via esta avaliação negativa do governo, mas creditava à crise financeira, que fez com que Izaías fizesse cortes, por outro lado, não comentou as situações da saúde e educação em Garanhuns, que já mudaram os secretários este ano, e os constantes choques da gestão com parte do funcionalismo, principalmente os professores, que somadas a outras questões, desgastam as relações e o governo perante a opinião pública.

Vamos ao resultado:

ENQUETE: Como você avalia o segundo governo Izaías em relação à primeira gestão?

Melhorou bastante! 2.30% (16 votos)
Está melhor! 1.01% (7 votos)
A mesma coisa! 6.19% (43 votos)
Mudou pra pior! 66.04% (459 votos)
O governo acabou! 24.46% (170 votos)
Total: 695 votos

Imagens do encerramento do V Joana D'Arc com Cristo






Com a certeza da missão cumprida, a família Joana D'Arc juntamente com os familiares dos nossos alunos, fechou o V Joana D'Arc com cristo com uma resposta de fé, amor e oração.

Durante todo o evento tivemos a presença forte do Divino Espirito Santo, onde finalizamos com a imagem do nosso Senhor Jesus Cristo entre alunos e familiares.

Agradecemos a presença de todos os familiares, alunos, grupo de jovens evangelizadores e professores que foram os grandes responsáveis por todo o encontro.

Rumo ao VI Joana D'Arc com Cristo, que o glorioso Deus ilumine a cada família.

Maria Almeida Rocha
Colégio Santa Joana D'Arc

Alô Compesa - 7 dias sem águas em ruas de Aluísio Pinto


Ronaldo,

Estamos a uma semana ( 07 dias) sem água da Compesa e ainda não temos previsão de quando irá chegar água. Hoje (domingo) segundo o calendário de abastecimento, era pra estar chegando água aqui no bairro Aluísio Pinto, mas quando ligo pra lá para mais esclarecimentos eles não sabem informar o que está acontecendo, disseram que iriam fazer a solicitação para resolver o problema o mais rápido possível. 

Raniere Gomes - Leitor do Blog

Paulo Câmara entrega viaturas para Batalhões da Polícia Militar



No esforço para fortalecer a segurança pública no estado, o governador Paulo Câmara vai entregar 17 caminhonetes Hilux cabine dupla aos batalhões do sertão, em solenidade que acontecerá nesta segunda-feira (19), às 16h30, na sede do 5º Batalhão de Polícia Militar, em Petrolina.

Receberão as viaturas unidades da PM de todo o sertão, sendo três em média para cada um. "Vamos aumentar a capacidade de ação da tropa com veículos possantes que garantem velocidade e segurança nos deslocamentos", afirma o governador.

A ação faz parte do Plano de reforço à Segurança de Pernambuco, lançado em abril deste ano, que prevê investimentos de cerca de R$ 290 milhões na área. Além do reforço estrutural, serão incorporados mais 4.500 policiais militares ao efetivo até dezembro. Os primeiros policiais a entrar são os 1.500, cuja formação termina em agosto.

O 9º BPM em Garanhuns também está recebendo novas viaturas Hilux para reforçar a segurança no Agreste Meridional.

PREFEITURA DE GARANHUNS: Ministério Público de Pernambuco divulga em seu site recomendação ao prefeito para não alterar base de cálculo de salários dos professores





Em decorrência da aprovação, na Câmara de Vereadores de Garanhuns, de um projeto de lei que estabelece os vencimentos dos professores da rede pública de Garanhuns sem a menção às horas-aula, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito Izaías Régis que não adote a eventual lei como fundamento para alterar a base de cálculo dos vencimentos de professores da hora-aula para a hora-relógio.

Segundo esclarece o promotor de Justiça Domingos Sávio Pereira Agra, no texto da recomendação, é uma prática sedimentada nas administrações municipais e estaduais que o vencimento dos professores seja fixado com base na carga horária, que pode ir de 150 a 200 horas-aula por mês. 

Diferentemente da hora-relógio, que tem 60 minutos, aos professores é legalmente assegurado que a hora-aula equivale a 50 minutos em período diurno e vespertino, e 40 minutos no turno da noite.

Considerando que o projeto de lei foi apresentado pela Prefeitura de Garanhuns como um aumento de 7,64% na remuneração dos profissionais do magistério, mas não menciona como seriam contabilizadas as jornadas de trabalho de 150 e 200 horas, o promotor de Justiça entende que abre-se um precedente para que a base de cálculo da remuneração seja substituída para a hora-relógio sem o correspondente reajuste.

“Tal prática, na verdade, representa uma diminuição da remuneração da hora de trabalho dos professores, violando o princípio da irredutibilidade de vencimentos”, destacou Domingos Sávio. O representante do MPPE também aponta que o projeto de lei visa reajustar apenas a grade de remuneração dos professores, e que utilizar tal lei para implantar novo regime de cálculo da remuneração, sem que essa questão tenha sido exposta pelo Poder Executivo nem debatida pelos vereadores, violaria os princípios de honestidade e lealdade às instituições, com implicações previstas na Lei de Improbidade Administrativa.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO ORIGINAL:

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.