CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

COLÉGIO STA. JOANA D'ARC

DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

ENQUETE: Se a eleição para presidente fosse hoje, em quem você votaria?




Se a eleição para presidente fosse hoje, em quem você votaria?

Ciro Gomes
Geraldo Alckmin
Jair Bolsonaro
João Dória
Luciana Genro
Lula
Marina Silva
Outro

UNOPAR GARANHUNS: Comunicado sobre funcionamento nos dias 12, 13 e 14 de outubro


IST, Aids e Hepatites Virais: R$ 500 mil para projetos. Inscrições terminando!


Termina na próxima terça-feira (17.10) o período de inscrição dos interessados em desenvolver projetos comunitários que trabalhem as infecções sexualmente transmissíveis (IST), Aids e hepatites virais. Ao todo, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disponibilizará R$ 500 mil para execução de 10 projetos, sendo R$ 50 mil cada um . Podem se inscrever Organizações Não-Governamentais (ONG) e outras Organizações da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos, com sede em Pernambuco e com, no mínimo, 2 anos de existência. O objetivo da iniciativa é reduzir a incidência das infecções pelo HIV e outras IST; ampliar o acesso e melhorar a qualidade do diagnóstico, tratamento e assistência aos portadores do HIV/Aids e outras IST; e fortalecer as instituições públicas e privadas responsáveis pelo controle das IST/AIDS

O edital do processo de seleção pública está disponível no portal.saude.pe.gov.br. Serão considerados no processo de seleção somente projetos direcionados para os segmentos da população mais vulneráveis, obedecendo o quantitativo a seguir: Homossexuais e/ou bissexuais, travestis, transexuais (2 projetos financiados); Adolescentes jovens masculino e feminino (2); Mulheres (1); Pessoas vivendo com HIV/Aids (2); Profissionais do sexo (2); e Pessoas vivendo com Hepatites Virais (1).

Os projetos devem ser entregues até o dia 17.10. Já o parecer técnico da coordenação municipal/gestor de saúde (do município onde as ações serão desenvolvidas) pode ser encaminhado até 24.10. Ambos devem ser enviados ao Programa Estadual de IST/Aids/HV à Rua Dona Maria Augusta Nogueira, 519 – Bongi, CEP 50.751-530 – Recife/PE, com o título: DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO DE PROJETOS. No dia 27.10 serão divulgados os projetos habilitados para seleção e em 21.11, o resultado final. A análise das iniciativas será feita por um Comitê Externo de Seleção, constituído por quatro profissionais de Universidades e Instituições Públicas de Ensino e Pesquisa não ligados a ONGs/OSCs.

Cada atividade selecionada deve ter a duração de 1 ano, a contar da data do pagamento da primeira parcela. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) fornecerá, sem custo, insumos de prevenção (preservativos e gel lubrificante) necessários às atividades previstas, de acordo com o solicitado e após análise do órgão.

Álvaro Porto ocupa espaço deixado por Izaías no Agreste, e pode estar projetando a prefeitura


Álvaro encaminha apoio majoritário do grupo de Izaías 


Izaías deu destaque a Álvaro no lançamento do Natal de Garanhuns e liberou seu grupo para fechar com o deputado


Existem alguns deputados no Agreste Meridional, a grande maioria aliada ao governador Paulo Câmara. A oposição comandada por Armando Monteiro precisava de uma grande liderança regional, e o próprio Armando cobrou isto ao prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, em ato público, no início do ano, quando pediu que o aliado "deixasse o cafezinho no centro da cidade, visitasse os prefeitos da região e se tornasse uma grande liderança". Muita gente até apostaria que o prefeito de Garanhuns pudesse ser candidato a deputado federal. 

Izaías não seguiu o conselho do seu mentor, e pior, viu seu governo elogiado começar a cair na aprovação, após um tumultuado 2017. Problemas na saúde, briga com professores, atrasos a fornecedores, bloqueio judicial, asfalto sonrisal, choque com Ministério Público, trocas de secretários, brigas internas, etc. Creio que Armando nunca passou tanto tempo sem vir a Garanhuns, e o deputado federal do prefeito, Jorge Corte Real, nem lembro quando esteve aqui. Faz tempo.

Álvaro com lideranças da oposição estadual
Neste ínterim, o deputado estadual Álvaro Porto, que se elegeu pela oposição, passou uma chuva na base aliada do Governo e rompeu atirando, tornando-se o mais crítico e articulador deputado da oposição, até mesmo que o líder Sílvio Costa Filho, a democrata Priscila Krause e Edílson Silva, do PSTU.

Em nível estadual, Álvaro teve importante participação no diálogo entre Armando, João Lyra, Bruno Araújo e Mendoncinha, chegando a recebê-los em casa, para reuniões que definiriam o rumo das oposições no estado. E quando Fernando Bezerra cortou relações com o Governo do Estado e o PSB, foi em Canhotinho que todos eles demonstraram estar unidos, em um grande evento popular. Aliás, Álvaro foi prefeito de Canhotinho, elegeu um sobrinho como sucessor, Felipe Porto, e comenta-se que outro familiar já esteja se preparando para disputa de 2020.

Agora, Álvaro conquista o espaço que Armando imaginou destinado a Izaías. Tem apoio de diversas  lideranças em muitos municípios do Agreste, garantindo sua reeleição. E com articulação local, o deputado já tem um subgrupo dentro da prefeitura de Garanhuns, vários secretários e vereadores, e como o próprio prefeito afirmou que não construiu este apoio, percebe-se que o ex-prefeito de Canhotinho soube aproveitar a perda de rumo de Izaías visando 2018. Agora, não tem volta, e Izaías não terá mais como lançar seu próprio candidato. 

Almoço de Álvaro com principais assessores de Izaías,
inclusive o vice-prefeito Haroldo, secretários e vereadores
Com Álvaro liderando este grupo político dentro da prefeitura, a campanha de 2018 pode não ser o destino final, e o deputado se torna um nome para a disputa de prefeito em 2020. Álvaro nem precisaria de tanta gente assim com ele agora, então o foco deve estar mais na frente. Com o governo Izaías caindo na aprovação (embora se busque o toque de mágica no Natal para melhorar a imagem), talvez o prefeito não tenha mais o poder de mudar esta história.

E Garanhuns pode ir mais uma vez para uma campanha traumática de um nome de fora tentar conquistar o Palácio Celso Galvão. Desta vez de forma diferente, pois seria com o apoio do grupo que comanda as ações da prefeitura.

Vão dizer que não se trata de 2020 e só se estar pensando em 2018. Não é bem assim, a eleição para prefeito já começou, e passa pela eleição de deputado e governador, obrigatoriamente. Como Izaías não é candidato a nada, nem demonstra querer liderar, seu grupo está se movimentando e procurando quem será. E nosso prefeito que brigou tanto para expulsar os estrangeiros, pode ajudar, mesmo que não esteja na linha de frente, na campanha do ex-prefeito de Canhotinho em Garanhuns.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.