DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Agreste de Pernambuco forma mais 36 Especialistas em Saúde Pública. Nova turma será formada




Aconteceu nesta sexta-feira (20), em Garanhuns, Agreste do estado, a formatura da primeira turma do curso de Especialização em Saúde Pública na V Regional de Saúde. Ao todo foram 36 formandos vindos de diversos municípios. A realização é da Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco.

Luiz Melo (HRDM), Catarina Fábia (GERES) e Ricarda Samara (SES)
"Trata-se de um investimento humano eficaz que aumenta a capacidade regional de enfrentar os desafios, com pessoal mais qualificado, motivado e comprometido com a saúde pública da nossa região" - Afirmou Catarina Tenório, Gestora Regional de Saúde e escolhida como Oradora Oficial da turma.

A diretora da ESPPE, Célia Borges, presidiu a mesa de trabalhos. A Secretaria Estadual de Saúde esteve presente com a Secretária Executiva de Coordenação Geral, Ana Callou, a Secretária Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Ricarda Samara, entre outras coordenações. O Secretário de Saúde de Caetés, Marco Calado Filho (COSEMS), Rosa Maria Gomes, representando o CES, e Rosa Maria Souza, vice-diretora da Escola de Governo em Saúde da ENSP / FIOCRUZ e coordenadora da secretaria técnica e executiva da REDESCOLA, também formaram a mesa de trabalhos.

NOVA TURMA E MAIS VAGAS

Ana Cláudia Callou, em seu pronunciamento, afirmou que a turma encerrava de forma exitosa seus estudos, e revelou que nova turma terá suas inscrições iniciadas. 

"Serão mais 36 sanitaristas que ingressarão no curso ministrado pela Escola de Governo em Saúde Pública, sendo a continuidade de um investimento do Governador Paulo Câmara para a melhoria dos recursos humanos na regional de Garanhuns e do Agreste" - finalizou.

Paulo Câmara anuncia quarta fábrica da Tramontina em Pernambuco




Pernambuco ganhará uma nova fábrica da Tramontina. Com investimento de R$ 130 milhões, a quarta planta industrial da empresa no Estado vai ser instalada no município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, e será a única do grupo a produzir porcelanato no Brasil, para distribuição em todo o território nacional e em alguns pontos estratégicos do mercado internacional. O empreendimento vai gerar 200 empregos diretos. As tratativas para anúncio da nova planta foram concluídas nesta segunda-feira (23.10), durante encontro do governador Paulo Câmara com o presidente da Tramontina, Clóvis Tramontina, no Palácio do Campo das Princesas. 

"Estou muito feliz de poder anunciar a instalação de mais um expressivo empreendimento em nosso Estado, num momento que o Brasil encontra-se parado. A Tramontina é uma grande empresa, que é referência no Brasil e no exterior, e vai nos ajudar a dar mais um importante passo para a superação dessa crise nacional. São 200 empregos diretos e muitos outros indiretos que se juntam aos postos de trabalho que estamos abrindo em nosso Estado. Pernambuco, em setembro, foi o líder na geração de emprego no País, e vamos seguir trabalhando para criar as condições para empregar cada vez mais pernambucanos", destacou Paulo Câmara. 

O terreno que receberá a nova planta da Tramontina foi doado pelo Governo de Pernambuco e conta com uma área de 66,2 hectares. A administração estadual também será responsável pela viabilização das obras de infraestrutura, como o acesso viário, no distrito industrial de Moreno, concluído em maio deste ano, além da concessão de incentivos no diferimento do pagamento do ICMS devido de importação de máquinas e equipamentos destinados a integrar o ativo fixo da empresa/diferimento na aquisição interna de máquinas e equipamentos.

Participaram do encontro o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; o presidente da AD Diper, Leonardo Cerquinho; o diretor executivo da Tramontina, Rui Baldasso; o diretor administrativo da Tramontina, Igor Arregul; e Karina Adriana Willms; além do presidente da Ferreira Costa, Guilherme Ferreira Costa.

A EMPRESA - A Tramontina é uma empresa brasileira que possui mais de 100 anos de operação, reconhecida como referência de qualidade em mais de 120 países. A companhia emprega mais de sete mil funcionários, atuam em fábricas e unidades operacionais e comerciais espalhados por todo o Brasil. Em Pernambuco, as plantas já instaladas estão localizadas no bairro da Várzea (uma unidade), no Recife, e no município de Moreno (duas unidades). A Tramontina produz cerca de 18 mil produtos divididos em linhas como reforma e construção, móveis, infantil, ferramentas industriais cozinha, jardim e agricultura, banheiro e churrasco.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Com apoio de mais de 200 parlamentares, Danilo Cabral vai criar Frente em Defesa do SUAS



Com 220 assinaturas de parlamentares, o deputado federal Danilo Cabral (PSB/PE) alcançou o número necessário para criar a Frente Parlamentar em Defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O objetivo é evitar o esvaziamento do SUAS, principalmente depois que o governo federal anunciou um corte no orçamento da Assistência Social no Orçamento Geral da União (OGU) do próximo ano.

“O governo do presidente Temer vem promovendo uma série de cortes no orçamento de diversas políticas públicas. E, recentemente, anunciou um corte de aproximadamente 95% no orçamento do SUAS”, denuncia Danilo Cabral. A proposta orçamentária do Governo foi imediatamente condenada pelo deputado, que iniciou a mobilização para defender o SUAS e coletar assinaturas para criação de uma Frente no Congresso Nacional.

Na avaliação do parlamentar, o corte põe em risco o Sistema Único de Assistência Social porque vai impossibilitar a realização de serviços fundamentais, como o funcionamento dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e os Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

“O SUAS é muito importante porque mantém e preserva toda uma rede de proteção social. Aqueles que na sua trajetória de vida não tiveram acesso à construção de sua cidadania precisam do Sistema. Estamos falando aqui de pessoas em situação de vulnerabilidade social que são atendidas pelos CRAS, CREAS, Núcleos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, dentre outras ações, programas e projetos. O governo do presidente Temer quer acabar com tudo isso. Não podemos permitir”, destaca.

Segundo o socialista, é preciso mobilizar a sociedade e o Congresso Nacional para que não haja retrocessos nas políticas públicas da área. “Com a Frente Parlamentar, pretendemos unir parlamentares, gestores, assistentes sociais, profissionais, conselhos, fóruns, sindicatos e a sociedade em geral para defender e fortalecer o Sistema Único de Assistência Social”, disse Danilo. A principal pauta da Frente será a imediata recomposição do orçamento federal destinado ao SUAS para o ano de 2018.

SUAS – Garantido pela Lei 12.435/2011, o Sistema Único de Assistência Social está organizado de forma descentralizada e participativa, nos níveis federal, estadual e municipal. Atende e protege famílias, crianças, adolescentes, jovens, pessoas com deficiência, idosos, população em situação de rua, mulheres em situação de violência, dentre outros grupos vulneráveis socialmente. Integram o SUAS os entes federativos, conselhos de assistência social e entidades da assistência social, constituindo uma rede articulada e complementar responsável pela gestão da assistência e proteção social em todo Brasil.

GARANHUNS: Trabalho do 9º BPM tem reconhecimento na Assembleia Legislativa do Estado

Ten Cel Paulo Cesar, comandante do 9º BPM em Garanhuns


O combate à criminalidade tem sido uma constante em Garanhuns e região, mesmo diante do quadro de violência urbana agravado pela séria crise econômica vivida nos últimos anos no país.  O 9º BPM, sediado no município tem dado respostas aos reclames da população, por isto, o deputado estadual Claudiano Martins, através de requerimento à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado, solicitou um Voto de Aplauso ao Tenente Coronel PM Paulo Cesar Gonçalves Cavalcanti, pelos excelentes serviços que o mesmo vem prestando à frente do batalhão da Polícia Militar.

O TEN CEL PM Paulo Cesar assumiu o comando do 9º BPM no dia 1º de Janeiro de 2017, maior unidade policial militar do Estado de Pernambuco, abrangendo 20 cidades e uma extensa divisa com o Estado de Alagoas, de cerca de 180 km.

Claudiano Filho argumenta em seu pedido: "O comandante com sua equipe vem conseguindo reconhecimento da população das cidades que fazem parte de sua área de atuação devido as ações bem sucedidas que o mesmo implantou no seu comando, tais como:

- Ativação da ROCAM, Reestruturação do GATI e criação do GATI Rural, efetividade nas ações de combate a violência contra a mulher, criação do NÚCLEO Integrado de Prevenção e Ações Comunitárias, Criação da operação Recaptura, Instituição da Operação Salvo- Conduto, entre outras.

Diante de todo o exposto e do visível engajamento do Tenente Coronel PM Paulo Cesar na defesa da sociedade, trabalhando para conseguir reduzir os índices de criminalidade na área do 9º BPM, através de ações de policiamento ostensivo a pé, motorizado, de transito e montado, estando a todo momento presente em todos os municípios, solicito de meus pares a aprovação deste .

Sala das Reuniões, em 10 de outubro de 2017.

Claudiano Martins Filho
Deputado Estadual"

Pernambuco convoca municípios para Semana de Mobilização Contra o Aedes

Ação nacional busca chamar a atenção de toda a sociedade 
para eliminação de criadouros do mosquito


A partir desta segunda (23.10), até a sexta-feira (27.10), o Brasil estará vivenciando a Semana de Mobilização Contra o Aedes Aegypti. O Governo de Pernambuco incentiva que todos os municípios do Estado, nesse período, realizem ações para eliminar possíveis focos do mosquito, além de atividades voltadas para a população, que também precisa estar engajada nessa luta. Nesta segunda (23.10), a partir das 9h, na sede da SES, no Bongi, haverá uma reunião do Comitê de Mobilização Social de Controle e Prevenção às Arboviroses, com o intuito de apresentar os dados atuais e chamar a atenção para que toda a sociedade intensifique as ações para eliminação dos criadouros do mosquito vetor durante esta semana de mobilização nacional.

Em 2017, Pernambuco tem registrado uma queda nas notificações das arboviroses, quando é feita a comparação com os dados do mesmo período de 2016. Isso significa uma diminuição de 87,6% nas notificações de dengue, 93,2% de chikungunya e 94,1% de zika. Apesar disso, de acordo com o 5º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que monitora a quantidade de imóveis com a presença de larvas do mosquito, 156 cidades (84,7% dos municípios pernambucanos) estão em situação de risco para transmissão elevada das doenças. A presença de larvas aumenta a possibilidade do surgimento de mosquitos e, consequentemente, da transmissão das enfermidades, o que reforça a importância de ações para eliminar os criadouros.

“Depois de vivenciarmos dois anos seguidos de epidemia das arboviroses, com a introdução de novos vírus no Estado e de novas doenças provocadas pelo mosquito, como a Síndrome Congênita do Zika/microcefalia, tivemos em 2017 uma redução significativa no número de casos de dengue, chikungunya e zika. Mas isso não significa que a batalha contra o Aedes aegypti está finalizada. Desde o início do ano, nosso levantamento do índice de infestação vem mostrando que ainda há muitas larvas do Aedes nas residências dos pernambucanos e um mosquito já é suficiente para infectar diversas pessoas. Precisamos, desde já, manter nossa rotina de eliminação dos possíveis criadouros, para evitar novas epidemias no verão que já se aproxima”, diz a gerente do Programa de Vigilância das Arboviroses da SES, Claudenice Pontes. 

Claudenice ressalta que, durante esta semana, os municípios devem estar engajados em atividades de mobilização social para repassar informações de prevenção à população. “Os entes públicos precisam realizar suas ações, mas sem o apoio da sociedade não vamos conseguir continuar diminuindo os índices de infestação do mosquito e consequentemente das arboviroses”, diz a gerente.

Ela lembra que, em caso de necessidade de armazenamento de água, é preciso tapar todo o recipiente, para que ele não se transforme em um possível criadouro. Também é importante manter a vigilância nos quintais e entornos da residência. “Uma garrafa plástica, uma tampa e um pneu podem se transformar em ambientes ideais para a proliferação do Aedes aegypti. Precisamos fazer o descarte adequado desses recipientes e manter uma rotina de vigilância nas nossas casas para eliminar constantemente possíveis criadouros ou focos do mosquito”, pontua Claudenice.

A gerente do Programa de Vigilância das Arboviroses da SES ainda ressalta que o Estado está à disposição de todos os municípios pernambucanos para prestar apoio técnico. A SES também encaminha para os municípios bombas costais, além de capas para vedação de recipientes para armazenamento de água. Além de fazer o monitoramento dos índices das cidades, é de responsabilidade do Estado, em caso de surto epidêmico, a realização do bloqueio de transmissão com a aplicação de inseticida por meio da nebulização espacial a frio (tratamento a UBV), utilizando equipamentos portáteis ou pesados.

Cuidados importantes para eliminar os focos dos mosquitos:

- Mantenha bem tampados caixas d’água, jarras, cisternas, poços ou qualquer outro reservatório de água.

- Mantenha as lixeiras tampadas e secas. Nunca jogue lixo em terrenos baldios.

- Coloque no lixo todo objeto que possa acumular água. O lixo deve ser colocado em sacos plásticos bem fechados.

- Lave os bebedouros de animais com uma bucha pelo menos uma vez por semana e troque a água todos os dias.

- Cubra e guarde os pneus em locais secos, protegidos das chuvas.

- Guarde as garrafas secas de cabeça para baixo e não deixe no quintal objetos que acumulem água.

- Encha os pratinhos de plantas com areia.

- Retire a água acumulada sobre a laje.

- Mantenha as calhas d’água limpas.

Fábrica da Peixe em Pesqueira se transforma em centro de compras popular



O governador Paulo Câmara decreta, nesta segunda-feira (23.10), a desapropriação do imóvel que sediava a Fábrica Peixe, no município de Pesqueira (Agreste), para fins de utilidade pública. No local, será construído um centro de compras, numa parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Pesqueira.

A Fábrica Peixe é uma referência de Pesqueira para todo o estado, e reaproveitar o prédio com investimento em turismo e cultura é um presente para o município e para a auto-estima da população, além do incremento econômico regional.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.