CABEÇALHO

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

MITOS E VERDADES SOBRE CIRURGIA BARIÁTRICA - A GASTROMED TIRA SUAS DÚVIDAS!




1. QUALQUER UM PODE FAZER UMA CIRURGIA BARIÁTRICA. 

Mito – A redução do estômago é indicada para pacientes a partir de 16 anos que têm o índice de massa corpórea, o chamado IMC, acima de 40 kg/m², com ou sem doenças associadas, como diabetes, hipertensão, e entre 35 e 40 kg/m², com doenças associadas. É preciso também que o paciente tenha tentado emagrecer sem sucesso por dois anos, em média, com dieta, exercícios físicos e medicamentos. 

2. NÃO EXISTE CONTRAINDICAÇÃO 

Mito: A cirurgia não pode ser realizada em pacientes portadores de doenças psiquiátricas que impeçam a adesão ao tratamento pós-cirúrgico, usuários de drogas e alcóolatras, pacientes que sofrem de compulsão alimentar e em quem tem doença cardíaca em estágio avançado. 

3. QUEM FEZ REDUÇÃO DE ESTÔMAGO NÃO PODE ENGRAVIDAR 

Mito – A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica recomenda que as mulheres procurem engravidar dois anos após a cirurgia. Engravidou? Informe o médico que a acompanhou durante todo o processo de tratamento. 

4. VOCÊ EMAGRECE BEM MAIS NOS SEIS PRIMEIROS MESES APÓS A CIRURGIA. 

Verdade – “No começo, o seu metabolismo queima mais gordura”. O emagrecimento total acontece em até dois anos. A expectativa é que se perca de 30 a 40% do peso inicial. 

5. A PACIENTE TERÁ NECESSARIAMENTE DE FAZER PLÁSTICAS PARA RETIRAR O EXCESSO DE PELE. 

Mito – “Com um bom programa nutricional e atividade física, quem perde de 25 a 35 kg não precisa se submeter à cirurgia, mas isso varia de acordo com cada paciente”. Quem é mais jovem tem vantagens, pois a pele é mais elástica. 

6. DÁ PARA FAZER PLÁSTICAS E TIRAR O EXCESSO DE PELE LOGO APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA. 

Mito – Você terá de lidar com o excesso de pele, em média, por dois anos. “O ideal é que a paciente perca todo o peso esperado e esteja bem para ser operada novamente”. 

7. SÓ EXISTE UM TIPO DE CIRURGIA PARA REDUZIR O ESTÔMAGO. 

Mito – Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, há quatro tipos de técnicas aprovadas no Brasil. 

8. A CIRURGIA BARIÁTRICA É MUITO CARA. 

Verdade – Quem pensa em arcar o valor da cirurgia com grana do próprio bolso terá de pagar, em média, de R$ 25 mil a R$ 30 mil. “É preciso pagar equipe médica e diária hospitalar além de material laparoscópico e equipamento cirúrgico o que torna o valor elevado”. 

9. É IMPORTANTE O ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO ANTES E APÓS A CIRURGIA. 

Verdade – A avaliação psicológica é importante para saber se o paciente tem expectativas reais com relação à cirurgia , se não está num momento de depressão ou estresse muito grande ou se tem algum outro problema que possa atrapalhar o tratamento. Durante as sessões, é investigado o que levou essa pessoa a engordar, já que normalmente essas pessoas não fazem a menor ideia. Não adianta fazer a cirurgia se não mudar a estrutura que provocou a obesidade. Por isso, alguns médicos recomendam também que o paciente tenha acompanhamento psicológico após a cirurgia. 

10. A CIRURGIA BARIÁTRICA É MAIS ARRISCADA QUE OUTRAS CIRURGIAS. 

Mito – Durante a operação, os riscos de complicações, como um problema cardiológico, é igual ao de qualquer outro procedimento cirúrgico abdominal. No pós-operatórias, complicações leves e graves ocorrem em 4% dos casos. “Nos primeiros 30 dias, pode haver sangramento interno, infecções e complicações clínicas, como trombose”.


DR. ALYSSON AMAURY CANSANÇÃO DE SOUZA CRM 16023
Dr. Allyson Amaury - Cirurgião Gastro
- Título de Especialista em Cirurgia Geral pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
- Residência Médica em Cirurgia Geral .
- Residência Médica em Videolaparoscopia.
- Pós-graduação em Gastroenterologia.
- Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões(CBC).
- Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD).
- Membro da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva(SOBED).
- Membro da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG).
- Membro da Sociedade Brasileira de Videocirurgia (SOBRACIL).
- Membro da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT)

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.