BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 17 de abril de 2018

Entrega dos Planos Intermunicipais de Resíduos Sólidos acontece nesta quarta, em Garanhuns


Partido de Bolsonaro convida simpatizantes para reunião em Garanhuns


Luciano Bivar e Jair Bolsonaro

O PSL - Partido Social Liberal, realiza reunião em Garanhuns na próxima sexta-feira (20), às 19h, no auditório da CDL, no centro da cidade. No encontro estarão presentes o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, e outras lideranças estaduais, Marcos Amaral, Sílvio Nascimento, Gilson Machado Neto e os pré-candidatos por Garanhuns.

Os integrantes do PSL no município estão convidando amigos e simpatizantes da direita e que apoiam o projeto presidencial do deputado federal Jair Bolsonaro.


Joaquim Barbosa mexe no cenário eleitoral e se torna forte concorrente ao Palácio do Planalto



A última pesquisa para presidente mostrou que Lula continua liderando a corrida eleitoral para o Palácio do Planalto, mas sem ele, seu eleitorado se dispersa, ou seja, não tem um herdeiro natural. Vemos também que os principais nomes não conseguiram ainda fidelizar o eleitorado, que parece esperar por novidades, e é aí que entra o outsider Joaquim Barbosa.

O PSB parece ter acertado no que os eleitores querem, alguém sem histórico político, sem ligação com políticos investigados e, portanto, sem rejeição. E mais, vindo das esferas do Poder Judiciário, com o recall de ter sido um ministro do STF que combateu a corrupção.

Surpreendeu muita gente Joaquim alcançar a casa dos 10% nas pesquisas, e estar no retrovisor dos líderes Bolsonaro e Marina (se Lula não disputar). Barbosa tem potencial para herdar votos de Lula, e olha que não teve ainda, sequer, nenhum momento pré-eleitoral, quer fosse uma entrevista, um ato, um discurso, qualquer coisa. Portanto, esses 10% são frutos apenas do noticiário.

Quanto à exposição e conhecimento do eleitorado das pré-candidaturas, é claro também que Bolsonaro e Marina, junto com Ciro Gomes e Alckmin, já estavam na corrida eleitoral há algum tempo. Assim, à medida que mais pessoas saibam da história e da candidatura de Joaquim, seus números devem crescer ainda mais, é o que chamamos de "potencial de crescimento", quando mais pessoas tomem conhecimento da sua candidatura.

CANDIDATO DE CENTRO

Lula era sempre candidato de esquerda, e só se elegeu quando caminhou para o centro no projeto "Lulinha Paz e Amor". No geral, os eleitores temem os radicais, sejam de direita ou esquerda. Como já mostramos aqui, a corrida para presidente tem cerca de 20 competidores, e este ano com predominância da direita. A esquerda está em crise com a exposição da corrupção nos governos Lula e Dilma. Assim, além de Lula, temos apenas Manoela D'Ávila (PCdoB) e Guilherme Boulos (PSOL), além de Marina, que já não é tão radical como há alguns anos. Ciro Gomes é o típico centro-esquerda, hoje mais próximo do discurso de Marina. Ambos esperam herdar os votos de Lula.

A direita e a centro-direita têm vários candidatos, com Michel Temer, Rodrigo Maia, Jair Bolsonaro, Henrique Meirelles, alguns empresários e candidatos de partidos menores.

Joaquim Barbosa ocuparia o centro, conquistando eleitores dos dois polos. Em um possível segundo turno, pode conquistar a esquerda em uma disputa contra representantes da direita, Bolsonaro ou Alckmin, por exemplo, ou atrair o eleitorado da direita, em uma disputa com candidatos de esquerda. 

Características como honestidade, credibilidade e coerência ajudarão Barbosa na campanha, em uma época de ódio nas redes sociais e de desconfiança na classe política nacional.

Inicia Mestrado Profissional em Culturas Africanas, da Diáspora, e dos Povos Indígenas na UPE Garanhuns



A Universidade de Pernambuco, Campus Garanhuns, abriu o primeiro Mestrado Profissional em Antropologia. A seleção ocorreu no segundo semestre do ano de 2017 e as aulas iniciaram em março de 2018. A turma é constituída de 15 alunos, vindos de várias cidades da região e até de outros estados do Brasil. O corpo docente do curso é composto por professores doutores da UPE Campus Garanhuns, UPE Recife e professores convidados de outras instituições UFRPE – UAG e UFPE. O curso tem como coordenadora a Professora Dra. Silvania Núbia Chagas e vice coordenadora Professora Dra. Vânia Fialho. 

O Mestrado tem como foco de pesquisa o estudo sobre a cultura africana, das comunidades remanescentes de quilombos e os povos indígenas. 

As temáticas trabalhadas visam apresentar a importância desses povos na formação do povo brasileiro, perpassando por questões políticas, econômicas, sociais e culturais e as discussões em sala também apontam para as dificuldades enfrentadas por esses povos que, mesmo diante de uma sociedade que se coloca como justa e livre de preconceitos, trata de forma discriminatória e indiferente os integrantes desses grupos étnicos. 

Tendo em vista que no mês de abril comemora-se o “DIA DO ÍNDIO”, os mestrandos estão organizando ações junto às escolas da região com o propósito de sensibilizar os professores da escola básica para a importância da temática indígena trabalhada em sala de aula. Esta ação tem como objetivo despertar para a importância de apresentar o índio brasileiro na contemporaneidade alertando para questões de alteridade e cultura, percebendo também a necessidade de se pensar o índio para além da visão folclórica que é propagada. Nesse sentido, os mestrandos, através de seminários, irão propor atividades que possam contribuir para a mudança da atual prática pedagógica das escolas.

Com informações da profª Klebia Sampaio

NESTLÉ / DPA adquire unidade fabril em Garanhuns. SAIBA MAIS!

Planta atende à crescente demanda da região Nordeste



São Paulo, — Para consolidar sua estratégia de crescimento no Brasil, a Dairy Partners Americas(DPA), empresa líder na categoria de iogurtes na região Nordeste com as marcas, Nestlé, Nestlé Grego, Nestlé Ideal, Neston, Ninho, Molico, Chambinho, Chamyto, Chandelle e Zero Lacto anunciou a aquisição do site industrial em que já atua, em Garanhuns, no Estado de Pernambuco. A planta está estrategicamente localizada em uma das principais bacias leiteiras do Nordeste, o que possibilitará a consolidação da liderança da DPA na região ao ampliar o portfólio e o volume de produtos fabricados localmente para atender à crescente demanda de consumo e contribuir para que os produtos cheguem mais rapidamente em um maior número de pontos de vendas

A Unidade gera cerca de 700 empregos, entre diretos e indiretos, e tem uma captação de leite de cerca de 30 milhões de litro/ano diretamente de produtores locais. A DPA é uma joint venture formada entre a Nestlé e a neozelandesa Fonterra, maior exportadora de lácteos do mundo.

Atuação responsável — Como uma das maiores captadoras de leite do País, a DPA atua de forma responsável na cadeia de leite para proporcionar melhorias na qualidade, rentabilidade e sustentabilidade das fazendas. Somente a atividade de captação de leite em Garanhuns gera, de forma direta e indireta, cerca de 420 postos de trabalho, entre produtores de leite, técnicos de campo, transportadores e demais funções de apoio à produção.

Com a parceria da Nestlé, a empresa desenvolve uma série de iniciativas junto aos fornecedores de leite com o objetivo de melhorar o desempenho econômico e técnico das fazendas. Dentre as principais iniciativas estão o programa Boas Práticas na Fazenda (BPF), que tem 12 anos de existência e é um dos mais abrangentes na cadeia do leite, focando elementos de qualidade e conformidade na operação. Toda a metodologia utilizada no programa foi desenvolvida na Nova Zelândia pela Fonterra, em parceria com a empresa QCONZ, que é a responsável por replicar o trabalho no Brasil.

Outras iniciativas diferenciadas são o Sistema de Valorização do Leite (SVL), que precifica de maneira diferenciada os fornecedores que alcançam elevados índices de qualidade em sua produção de leite; e o Programa NATA (Núcleo de Assistência Técnica Autorizada), com o objetivo de treinar e repassar conhecimento técnico-financeiro de produção leiteira às fazendas fornecedoras da DPA.

A realização de visitas técnicas mensais por profissionais especializados e treinados pela DPA e pela Nestlé-UFV (Universidade Federal de Viçosa), com acompanhamento de dados financeiros e zootécnicos, são atividades promovidas pela DPA, que buscam transferir para os fazendeiros do Nordeste tecnologia de ponta, desenvolvida no próprio Brasil e também na Nova Zelândia, país referência mundial em produção eficiente e sustentável de leite.

Publicação orginal

UPE divulga informações do seu Processo de Ingresso 2019



Nesta sexta-feira (14/04) a Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) divulgou as datas do seu processo de ingresso 2019. O calendário foi lançado, hoje, oficialmente no Erem Fernando de Noronha pela equipe da CPCA/UPE.

No dia 18/06 já começam as inscrições para as três fases do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) e seguem até o dia 01 de agosto, exclusivamente pela internet, através do endereço  abaixo:

A taxa custará R$ 97,00. É obrigatório que o candidato possua CPF próprio e conta de e-mail válida. Os detalhes, novidades e mudanças para a seleção deste ano serão divulgados no lançamento do Processo, com previsão para acontecer no início de junho.

Outras informações através dos telefones: (81) 3183-3660 e 3183-3791, 
ou ainda no endereço eletrônico: http://processodeingresso.upe.br.

PERÍODO DE INSCRIÇÕES:
SSA: 18/06 a 01/08/2018
Solicitação de isenção (candidatos com NIS): de 18 a 25/06/2018
Taxa: R$ 97,00

CALENDÁRIO DE PROVAS:
SSA 3: 18 e 19 de novembro de 2018 (manhã)
SSA 1: 02 e 03 de dezembro de 2018 (manhã)
SSA 2: 02 e 03 de dezembro de 2018 (tarde)

Informações sobre o Concurso Público para o Ministério Público de Pernambuco

Saiu a autorização do concurso Ministério Público Pernambuco para os cargos da área administrativa. 

Remuneração

Os cargos do Quadro de Apoio Técnico-Administrativo são de nível médio e superior. O vencimento base inicial dos cargos de Técnico Ministerial (Nível Médio) é de R$ 3.171,52, sendo o vencimento final R$ 14.573,03. Atualmente o MPPE possui 10 cargos vagos de Técnico Ministerial, segundo portal de transparência.

Já para os cargos de Analista Ministerial (Nível Superior), o vencimento inicial é de R$ 4.809,54, sendo o vencimento final de R$ 22.099,68. Atualmente o MPPE possui 9 cargos vagos de Analista Ministerial, segundo portal de transparência.

Último concurso

O último concurso público ocorreu em 2012. Foram oferecidas 38 vagas em cargos de nível médio e superior. Os cargos de nível superior foram de analista ministerial para as áreas de arquitetura, ciências contábeis, comunicação social-jornalismo, engenharia civil, informática, jurídica, psicologia e serviço social.

As provas para o cargo de Analista Ministerial foi composta de Conhecimentos Básicos (20 questões – Peso 1) e Conhecimentos Específicos (30 questões – peso 3).

Já para o cargo de Técnico Ministerial a prova foi composta de Conhecimentos Básicos (30 questões – peso 1) e Conhecimentos Específicos (30 questões – peso 2).

Apesar do número inicial de vagas, o portal RA levantou o número total de nomeados: 462 no total!

Desses 462 nomeados, foram 239 Técnicos, sendo 204 para área administrativa.

Para saber mais:

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.