CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

COLÉGIO STA. JOANA D'ARC

DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Escola de Aplicação da UPE Garanhuns abre inscrições para Processo Seletivo



Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra - UPE Campus Garanhuns, para o ano letivo 2019. 

As inscrições são realizadas nas dependências da Unidade de Ensino dentro da UPE de Garanhuns, até o dia 14/09/2018, sempre de 08:00h às 12:00h. As vagas ofertadas são para o 6º, 7º e 8º Anos do Ensino Fundamental e 1º e 2º Anos do Ensino Médio.

A Escola de Aplicação da UPE Garanhuns está entre as 10 melhores do Estado de Pernambuco, com resultados expressivos no IDEB 2017 divulgados na segunda-feira (03), alcançando a nota 7.3 no Ensino Fundamental e 6.4 no Ensino Médio. campeã de aprovação no ENEM, SSA e vestibulares em geral, destacando-se na região como referência em qualidade de Ensino. 

Está aí mais uma grande oportunidade para nossos jovens estudantes.

UPE e Porto Digital agora têm convênio de cooperação técnica

Convênio representa mais um avanço na Universidade de Pernambuco


Foi assinado nesta terça-feira (11/09), convênio de cooperação técnica entre a Universidade de Pernambuco (UPE) e o Porto Digital, com interveniência do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Iaupe).

O acordo objetiva a cooperação técnica, científica, cultural e financeira entre as instituições, visando o desenvolvimento e execução de programas e projetos de cooperação e o intercâmbio em assuntos voltados para o fomento do empreendedorismo e da inovação tecnológica.

A assinatura do termo, que aconteceu no Auditório João Coutinho da Faculdade de Ciências da Administração e Direito da UPE (Fcap), contou com a presença do Reitor da instituição, Prof. Pedro Falcão, do diretor pró-tempore da Fcap/UPE, Prof. José Roberto Cavalcanti, do diretor de inovação do Porto Digital, Guilherme Coutinho, do diretor geral do Iaupe, Prof. Roberto Santos, além de professores e alunos da Universidade.

Mais de mil detentos do estado ganham cursos de qualificação a partir de outubro

A ação é resultado da parceria da SJDH e Justiça Federal, firmada na tarde desta segunda (10/09), que possibilitará a oferta de cursos pelo Senai e Senac


Uma parceria, firmada na tarde desta segunda (10/09), entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), e a 36ª Vara da Justiça Federal/PE vai garantir, já a partir do próximo mês, cursos de qualificação para 1.620 reeducandos, do sistema fechado e semiaberto, das 23 unidades prisionais do estado. É o projeto “Novos Horizontes com Justiça”, cujo termo de responsabilidade foi assinado pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, o Executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, e pela Juíza Carolina Souza Malta.

Os cursos serão ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) graças ao investimento de aproximadamente R$ 198 mil, disponibilizado pelo judiciário federal. “A Justiça Federal tem a disponibilidade de recursos financeiros provenientes da execução das penas de prestação pecuniária, então houve a possibilidade financeira que permitiu que um projeto de relevância para o estado pudesse ser aceito por nós. Há uma questão social muito importante que é saber que essas pessoas vão sair da unidade prisional, que essa saída ocorra com a possibilidade de empreender para que não voltem para a criminalidade que é o caminho que elas conhecem”, explica a juíza Carolina Malta. 

Pedro Eurico e Cícero Rodrigues
A Seres distribuiu as vagas de acordo com as oportunidades do mercado e a realidade de cada região com cargas horárias que variam entre 20 e 30 horas. Serão oferecidas capacitações em artesanato, pintura, cozinha, corte e costura, estética e beleza, aplicação de películas automotivas, injeção eletrônica de motocicletas entre outras. “Parcerias que envolvam educação e profissionalização são fundamentais no processo de ressocialização. Todo preso tem prazo de validade e quanto mais qualificado ele sair das prisões, menores serão os índices de reincidência. Ganham os presos e a sociedade”, destaca o secretário Pedro Eurico. 

Também nesta tarde foi apresentado à Justiça Federal um novo projeto intitulado “Liberdade pela Leitura”, direcionado ao Projeto Remição de Pena pela Leitura, já implantado nas 23 unidades prisionais de Pernambuco. Orçado em R$ 116 mil, o projeto prevê a aquisição de livros, com parecer positivo para a remição, cartilha de orientações e materiais necessários à avaliação do projeto.

QUALIFICAÇÃO E LEITURA EM NÚMEROS - Em 2018, 738 reeducandos em Pernambuco foram beneficiados com cursos e oficinas oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), empresa Teleport e pelo Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa). A cada 12 horas de curso, no período de três dias, o reeducando tem direito a um dia a menos na pena.

Já o Projeto Remição de Pena pela Leitura, implantado em 2016 e ampliado para todo o estado em 2017, registra 1.890 inscritos em sua 10ª turma com um total de 851 aprovados. A previsão é de que com a 11ª turma, que está em andamento, o número de inscritos chegue a 2.900. A cada obra lida e resenha produzida e aprovada pela Secretaria de Educação do Estado, o preso reduz em sete dias a sua pena. Pernambuco registra atualmente em torno de 32 mil presos no Sistema Prisional. 

Fotos: Ray Evllyn/SJDH

Sábado é o Dia D da campanha de vacinação antirrábica. Mais de 100 mil cães e gatos devem ser vacinados no Agreste Meridional



Os municípios pernambucanos realizam no próximo sábado (15.09) o dia D da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica Canina e Felina. Neste dia, cerca de 8 mil pontos de vacinação estarão funcionando, de acordo com a organização de cada cidade. A meta no Estado é imunizar mais de 1,5 milhão de cães (1.160.989) e gatos (366.855).

No Agreste Meridional, sob coordenação da Vigilância em Saúde da V GERES, sediada em Garanhuns, espera-se a vacinação de mais de 120 mil animais, segundo a apoiadora institucional Michelle Paschoal. "São mais de 80 mil cães e quase 40 mil gatos que precisam ser vacinados. As secretarias municipais de saúde estarão com ações específicas para o Dia D da campanha nacional."

Catarina Tenório, gestora regional de saúde, reforça a importância da campanha. "Estamos contatando pessoalmente os gestores para que deem prioridade à ação. Tivemos excelentes resultados na vacinação contra a poliomielite e sarampo em nossa regional, e com a participação de todos, vamos também conseguir bater as metas do Ministério da Saúde".

SAIBA MAIS

A Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica tem o objetivo de controlar a circulação do vírus da raiva canina e felina, prevenindo, assim, a raiva humana. 

A raiva é uma doença viral e infecciosa, transmitida por mamíferos. A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, arranhadura e lambedura de mucosas. O vírus penetra no organismo, multiplica-se e atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, o sistema nervoso central. O coordenador estadual do Programa de Controle da Raiva, da SES, Francisco Duarte, ressalta que a melhor forma de prevenção é vacinação. Quem não conseguir vacinar seu animal no dia D da Campanha deve procurar a secretaria de saúde do seu município, no setor de zoonoses.

Ao ser agredida por um animal, a pessoa deve lavar imediatamente o ferimento com água e sabão, e procurar com urgência o Posto de Saúde mais próximo. Cães raivosos apresentam sintomas como: agressividade (atacando pessoas e objetos) ou tristeza (procurando lugares escuros), salivação excessiva, dificuldade para engolir, latido rouco e paralisia das patas traseiras. Nos humanos, a doença ataca o sistema nervoso central, levando à morte. O período de incubação é extremamente variável, desde dias até anos, com uma média de 45 dias, no homem, e de 10 dias a 2 meses, no cão.

O tratamento profilático anti-rábico também é recomendado para toda agressão por espécie silvestre (morcegos, raposa/cachorro do mato e sagüis). O soro e a vacina para esse tratamento estão disponibilizados na rede do SUS, gratuitamente. A vacina antirrábica canina também é gratuita. O único meio de prevenir a ocorrência da doença em áreas urbanas é por meio da vacinação anual de cães e gatos.

PAULO LIDERA E JÁ GANHARIA NO PRIMEIRO TURNO - Folha de Pernambuco


HADDAD É O CANDIDATO DE LULA - Jornal do Commercio


Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.