BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Inscrições para concurso da Prefeitura de Caruaru terminam domingo (11/11)


Terminam domingo (11/11) as inscrições para o concurso público da Prefeitura Municipal de Caruaru para provimento de 50 vagas para o cargo de Guarda Municipal. As inscrições devem ser efetuadas no endereço eletrônico www.upenet.com.br, no link: Prefeitura de Caruaru - Guarda Municipal - 2018.

Os interessados devem realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ R$ 94,00, preferencialmente em casa lotéricas, até o dia 12/11/2018. A prova escrita de conhecimentos será aplicada no dia 16/12/2018.

A seleção será realizada em etapas. A primeira é composta de quatro fases, sendo a primeira fase constituída de prova de conhecimentos objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, a segunda constituída de avaliação de exames de saúde, de caráter meramente classificatório.

Já a terceira fase será constituída dos exames de capacidade física, de caráter apenas eliminatório, e a quarta e última corresponde a avaliação psicológica, de caráter eliminatório.

A segunda etapa consistirá de fase única, composta do Curso de Formação Profissional, de eliminatório e classificatório.

A execução das fases previstas na primeira etapa será de responsabilidade do Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe).

Os concluintes do curso de Formação Técnico-Profissional de Guardas Municipais terão remuneração base no valor de R$ 1.398,99, mais as vantagens previstas na legislação em vigor. 

Outras informações podem ser obtidas no site do Conupe (www.upenet.com.br), no link: Prefeitura de Caruaru - Guarda Municipal - 2018, através do e-mail: guardacaruaru@gmail.com ou dos telefones: (81) 3033-7394 / 7397. Confira em anexo o edital completo.

Inscrições do Vestibular IFPE 2019.1 encerram na próxima segunda (12)

Candidatos devem acessar a página da Cvest, preencher os dados da inscrição e efetuar o pagamento da GRU até 13 de novembro



Seguem abertas, até a próxima segunda-feira (12), as inscrições para o Vestibular IFPE 2019.1. Os candidatos que não solicitaram ou não obtiveram a isenção da taxa de inscrição devem realizar o cadastro no site da Comissão de Vestibulares e Concursos do IFPE (cvest.ifpe.edu.br), imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) e efetuar o pagamento, até o dia 13 de novembro, em qualquer agência do Banco do Brasil.

As inscrições custam R$30, caso o candidato tenha se inscrito em curso técnico, ou de R$55, se inscrito para curso superior. Caso o pagamento não seja efetuado até o próximo dia 13, a inscrição não será considerada válida. Inscrições para o Proeja são gratuitas.

O Vestibular IFPE 2019.1 oferece 4.538 vagas, distribuídas entre cursos técnicos integrados ao Ensino Médio e subsequentes, além de cursos superiores, ofertados nos campi Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru,Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão.

Especificamente para o Campus Garanhuns, estão sendo ofertadas 328 vagas divididas entre os três cursos Técnicos em Eletroeletrônica, Informática e Meio Ambiente, nas modalidades Integrado ao Ensino Médio e Subsequente, e o curso superior de Engenharia Elétrica.

ACESSIBILIDADE –Candidatos com deficiência física, intelectual ou sensorial dispõem de uma hora a mais para realização da prova e têm direito a solicitar condições especiais. A CVEST pode disponibilizar, por exemplo, um fiscal para marcação do gabarito, uma versão da prova com fonte ampliada, um ledor para prova ou mesmo um intérprete de Libras. Para requerer a realização de prova em condição especial, basta apresentar requerimento, disponível no Manual do Candidato, e entregá-lo devidamente documentado com atestado médico contendo diagnóstico e CID (Código Internacional de Doenças), até 13 de novembro.

COTAS -Metade das vagas do Vestibular 2019.1 é oferecida pelo Sistema de Cotas e reservada para candidatos oriundos da rede pública de ensino. Essas vagas são subdivididas entre os que têm renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo e os que têm renda superior a essa faixa. Os candidatos também podem concorrer dentro das subcotas voltadas aos que se autodeclarem pretos, pardos ou indígenas e também as destinadas a pessoas com algum tipo de deficiência. Nos cursos de vocação agrícola, 25% das vagas de ampla concorrência são reservadas para moradores da zona rural ou filho de agricultores.

PROVAS |As provas serão realizadas no dia 16 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer a uma das vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os cursos superiores. A divulgação do listão com o nome dos aprovados está prevista para dia 07 de janeiro de 2019.

Prefeitos da região buscam recursos em Brasília


A última semana foi de muitos encontros políticos em Brasília, como vemos nestas fotos divulgadas pelo prefeito de Palmeirina, Marcelo Neves. Prefeitos da região, a exemplo de Expedito Nogueira (Calçado), Matheus Martins (Terezinha) e Douglas Duarte (Angelim), além do próprio Marcelo, visitaram parlamentares em busca de liberação de verbas, através de emendas parlamentares, para seus municípios. 

Na foto acima, o grupo esteve junto com o senador (reeleito) Humberto Costa. Marcelo Neves também publicou em seu Instagram fotos com os deputados Pastor Eurico e Jarbas Vasconcelos, que no próximo ano retorna ao Senado Federal.

Prefeito que não se movimenta e se restringe a administrar apenas recursos oriundos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), vai ter muitas dificuldades em mostrar serviços para a população. 

Tem que ir atrás mesmo, seja no Governo Estadual, seja em Brasília. Além de parcerias com iniciativa privada.

MAIS ÁGUA: Ministro da Integração promete nova liberação de recursos para a Adutora do Agreste

Governador Paulo Câmara mostrou a importância de concluir a maior obra hídrica do Estado

Em audiência com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, na segunda (05), em Brasília, o governador Paulo Câmara, acompanhado do deputado federal Fernando Monteiro e do presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, recebeu a garantia da liberação de R$ 39 milhões, para completar os 70% de liberação previstas no PAC Seca. Esses recursos servirão para acelerar as etapas da obra, que permitirão entregar água do Rio São Francisco a diversos municípios do Agreste.

"Demonstramos ao ministro as nossas preocupações com a seca que persiste no Nordeste e de como essa obra já podia estar beneficiando milhares de pernambucanos. O ministro está sensível à problemática da região e se comprometeu a liberar pelo menos R$ 39 milhões ainda nesta semana”, informou Paulo Câmara. Durante o ano de 2018 foram liberados apenas R$ 29 milhões para a obra da Adutora do Agreste. Em 2017, foram destinados R$ 194 milhões para o empreendimento.

A Adutora do Agreste já está beneficiando o município de Arcoverde e muito próxima de entregar água em Pesqueira. A obra está atuando em 20 frentes de serviço e o esforço concentrado desta semana é garantir o abastecimento de Pesqueira e caminhar em direção a Belo Jardim, município que se encontra praticamente em colapso. 

Além de tratar sobre os recursos do Convênio atual, que beneficia 23 cidades, o governador Paulo Câmara ainda falou sobre a necessidade de conveniar a 2ª Etapa, que atenderá mais 45 municípios. “Foi compromisso entre os Governos Federal e Estadual, que as águas do São Francisco também chegariam aos demais municípios do Agreste através das obras complementares”, lembrou Paulo.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.