DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

RÁDIO JORNAL / Fisioterapeutas falam sobre serviços oferecidos na UPAE Garanhuns

Samara Pontes (ao centro) comanda o programa Consultório, onde conversa sobre o mundo da saúde

 
A Rádio Jornal de Garanhuns apresenta diariamente o programa Consultório, comandado pela radialista Samara Pontes, e sempre conta entre seus convidados com profissionais da UPAE Garanhuns, que conversam sobre suas especialidades e os serviços oferecidos à população dos 21 municípios da V Regional de Saúde.

Na última quinta-feira (06), os fisioterapeutas Gleydson Almeida e Natálya Vaz discorreram sobre seus atendimentos, e como as pessoas devem fazer para conseguir avaliação e sessões na UPAE. "As pessoas devem procurar o Posto de Saúde mais próximo de sua residência. O médico vai analisar e, se for o caso, encaminhar para nossa Unidade." - Explicou Gleydson Almeida.

A UPAE Garanhuns dispõe de quatro fisioterapeutas. Além de Gleydson e Natálya, conta ainda com Izabely Sales e Pâmela Correia. O setor funciona de segunda a sexta-feira, nos turnos da manhã e tarde. São serviços comuns na unidade: Na área de neurologia, geralmente sequelas de patologias que acometem o sistema nervoso (a exemplo do AVC), pediatria (crianças com retardo no desenvolvimento, síndrome de Down, microcefalia), traumato-ortopedia (sequelas de fraturas, entorses, pós-operatórios) e reumatologia (artrite, artrose e fibromialgia), entre outros.

A UPAE Garanhuns é unidade da Rede SUS da Secretaria Estadual de Saúde, sob Gestão IMIP, em parceria com as secretarias municipais de Saúde e a V Gerência Regional de Saúde.

SEGURANÇA NAS ESTRADAS / Operação Integrada Rodovida em Pernambuco, do Natal ao Carnaval

Ação busca a integração entre os órgãos públicos de todas as esferas para reduzir acidentes de trânsito



Foi lançada na última sexta-feira (14) e segue até o dia 10 de março de 2019,  a Operação Integrada Rodovida em Pernambuco. A iniciativa visa reduzir a violência no trânsito e os custos sociais, em um período marcado pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais, em função das férias escolares e das festas de Natal, Ano Novo e Carnaval. 

As atividades são integradas entre as forças de segurança pública federal, estadual e municipal, nos trechos mais críticos de acidentalidade do país. Serão priorizadas ações de fiscalização e de prevenção, voltadas para as condutas de risco dos condutores, como a embriaguez ao volante, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, não uso do cinto de segurança, transporte inadequado de crianças, falta do capacete e uso do telefone celular ao volante. 

Participam da ação a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e equipes da Operação Lei Seca. 

Rodovida

A Operação Integrada Rodovida tem como principal objetivo reduzir a quantidade de acidentes graves nas vias públicas e o consequente custo social, através da integração entre os órgãos de trânsito de todo o país. A Rodovida integra, também, o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, criado em 2011, pela Organização das Nações Unidas (ONU). A meta prioritária desse pacto é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

A operação é uma iniciativa do governo federal, capitaneada pelos Ministérios da Segurança Pública, Justiça, Cidades, Saúde, Transportes, Portos e Aviação Civil, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Polícias Militares (PMs), Polícias Civis, Guardas Municipais, Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU), Corpo de Bombeiros, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs), Departamentos de Estradas e Rodagem (DERs), Secretarias Municipais de Trânsito, Ministério Público, Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e SEST/SENAT. 

Pernambuco possui cinco trechos entre os 100 segmentos de 10 km com maior índice de acidentes graves, em 2018, nas rodovias federais do Brasil

Município - Recife
BR - 101
KM – 60 ao 70
Acidentes - 132
Acidentes graves – 28
Feridos - 132
Mortos - 2
Ranking nacional - 27

Município – Abreu e Lima
BR - 101
KM – 40 ao 50
Acidentes - 102
Acidentes graves – 23
Feridos - 110
Mortos - 6
Ranking nacional - 43

Município – Jaboatão dos Guararapes
BR - 101
KM – 70 ao 80
Acidentes - 102
Acidentes graves – 21
Feridos - 97
Mortos - 4
Ranking nacional - 53

Município – Petrolina
BR - 407
KM – 120 ao 130
Acidentes - 58
Acidentes graves – 19
Feridos - 62
Mortos - 3
Ranking nacional - 65

Município – Jaboatão dos Guararapes
BR - 101
KM – 80 ao 90
Acidentes - 83
Acidentes graves – 16
Feridos - 67
Mortos - 3
Ranking nacional - 96

DETRAN / Pernambuco já conta com Habilitação e CRLV Digital

FOTOS: PAULO MACIEL // DETRAN-PE

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, lançou hoje (13), o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos – CRLV, Digital. A ação é uma parceria do Ministério das Cidades, Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, e o Serviço Federal de Processamento de Dados – Serpro. A versão eletrônica do documento do veículo estará disponível no mesmo aplicativo da Carteira Nacional de Habilitação - CNH Digital, isso quer dizer que os motoristas pernambucanos podem conduzir seus veículos portando a versão digital do CRLV.

Segundo o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, Pernambuco é o 5º Estado a implantar a tecnologia do CRLV Digital. “Já contamos com 28.609 CNH’s digitais e o DETRAN-PE passa agora oferecer o CRLV, que traz todas as informações do documento impresso e um QR Code que pode ser lido para verificar se o CRLV é falso em uma abordagem de trânsito. Além disso, permite exportação em arquivo pdf, com assinatura digital, para ser utilizado em alguma necessidade que exija um documento autenticado”, destacou.

Para baixar o CRLV Digital é necessário que o licenciamento de 2018 do veículo esteja quitado, ou seja, taxas do Detran, multas e DPVat. O acesso ao CRLV Digital é possível adicionando o documento após o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível na App Store e Google Play.

Quem já possui instalado o aplicativo CNH Digital, não precisa realizar o download da Carteira Digital de Trânsito. O aplicativo será atualizado de forma automática para a CDT, desde que a opção de atualização automática para APPs esteja acionada no dispositivo móvel.

Permitir o cadastramento do veículo no próprio aplicativo e não exige que o proprietário compareça ao Detran. É mais uma inovação oferecendo garantia e segurança. Traz comodidade e praticidade ao cidadão, já habituado a levar o celular para todos os lugares.

71º Batalhão de Infantaria Motorizado - NOTA DE FALECIMENTO‏


É com enorme pesar que o Comando do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (71º B I Mtz) comunica o falecimento do Soldado JOSÉ CARLOS OLIVEIRA DA SILVA, de 20 anos de idade.

O Soldado OLIVEIRA SILVA foi encontrado desacordado pela família, no dia 16 de dezembro de 2018 (domingo), por volta de 11h, na garagem da sua residência, supostamente por ter cometido suicídio por enforcamento.

De imediato, o militar foi levado por seus familiares ao Hospital Regional Dom Moura. Entretanto, ao dar entrada no hospital já se encontrava sem vida, apresentando sinais de enforcamento.

O Comando do 71º BI Mtz se solidariza com a perda do estimado militar e informa que está prestando todo o apoio necessário aos seus familiares, aos quais expressa os sinceros sentimentos.

MÁRCIO ROCHA LUSTOSA – Tenente-Coronel
Respondendo pelo Comando do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado

BACIA LEITEIRA / Produtores do Agreste reclamam que indústrias de laticínios compram leite em pó em outros estados. SAIBA MAIS!



Garanhuns e o Agreste Meridional, com incremento de alguns municípios que já pisam em solo sertanejo, são responsáveis pela maior parte da produção de leite no estado, sendo o principal viés econômico regional, contudo, não estamos conseguindo estabilizar a cadeia produtiva, já há longos anos, e por diversos fatores, como foi a seca. Agora, as fábricas de laticínios instaladas na região (com festa) estão importando leite em pó de outros estados, quando poderiam adquirir o leite de nossa região. A queda nos preços tem gerado crise, reclamada pelos setores representativos. No ano passado, o leite chegou a R$ 1,50, atualmente, o produtor tem vendido a R$ 0,90.

Tem sito mais fácil e barato para as indústrias importar o leite em pó, por isso, precisamos resolver esta equação, proporcionando que a atividade volte a gerar emprego e renda, e ainda impulsione o desenvolvimento dos outros segmentos econômicos no Agreste. E isto só se faz com o diálogo e participação dos produtores, das indústrias e dos governos. Urgente.

Uma ampla reportagem sobre o assunto foi feita pela Folha de Pernambuco. Recomendamos a leitura no link abaixo.

Resultado de imagem para FOLHA DE PERNAMBUCO

ECONOMIA

Bacia leiteira encara queda de vendas e de preços em PE

Depois de perdas provocadas por seis anos de seca, os produtores de leite de Pernambuco agora enfrentam uma nova crise: a queda das compras por parte das indústrias de laticínios, que estão optando pela mercadoria em pó de grandes produtores de outros estados e até de fora do País. 
Por: Eduarda Barbosa

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.