DESTAQUES DO BLOG

quinta-feira, 21 de março de 2019

Maia chama projeto de Moro de “copia e cola” e critica atuação de ministro

Irritado, presidente da Câmara desaprova articulação do governo e afirma que presidente deve dialogar com deputados



Visivelmente irritado num momento em que o governo precisa do Congresso para aprovar a reforma da Previdência, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), evitou comentar o projeto com mudanças na aposentadoria dos militares, criticou ministros e cobrou articulação do governo Jair Bolsonaro.

Um dos alvos de duras declarações foi o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a quem Maia se referiu como “funcionário” de Bolsonaro.

Na véspera, Maia suspendeu a tramitação de propostas do pacote anticrime elaborado pelo ministro em um momento em que a Câmara discute a polêmica reforma da Previdência.

Nesta quarta, avisou que o projeto de Moro é um “copia e cola” de projeto apresentado por seu antecessor na pasta, o hoje ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, e será votado no momento “oportuno”, após a análise da reforma da Previdência.

AGORA COMIGO: Está explicado porque a aprovação de Bolsonaro despenca e a rejeição sobe de vez. Até quem é governo não está se suportando. É tanta briga, vaidade, incompetência e despreparo que está causando desconforto até nos apoiadores mais experientes. 

Nem precisa de oposição para esta desconstrução tão rápida.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.