COLÉGIO STA. JOANA D'ARC

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

FULÔ DE MANDACARU TOCA NA BAIXA GRANDE, PALMEIRINA

Dia 19 de janeiro no Povoado Baixa Grande, Palmeirina.
Festa de São Sebastião, e a grande atração é a banda Fulô de Mandacaru.
Realização: Governo Municipal.
Apoio: Dep. Estadual Claudiano Filho e Dep. Federal João Campos.

SAIBA MAIS
https://www.facebook.com/PalmeirinaPernambuco/?ref=br_rs

VÍDEO ANTIGO DE GARANHUNS mostra a Padaria Lucy, Skina 1, Hotel Petrópolis e S.Moraes. Todos funcionando!


Vamos recordar. A primeira publicação deste vídeo foi em dezembro de 2010. Foi o Franklin Holanda que nos brindou com este vídeo histórico de Garanhuns. A gravação foi feita por ele mesmo em 1990 e mostra alguns prédios na época, como a prefeitura, Ferreira Costa, o Centro Cultural e o Garanhuns Palace.

Mas destacamos das gravações quatro casas comerciais que já não existem.

A Padaria Lucy, na esquina da Dom José, que dá para a Praça Jardim. No filme dá pra ver ainda aquela senhora de cabelos brancos atendendo seus clientes, acho que era D. Amélia. avó do Lourival Fernandes, que logo depois entrou em contato com o blog dizendo que matou saudades! Tempo bom!

S. Moraes - O Mão Aberta - A loja está aberta, aparece pouco, mas dá pra ver aquele enorme desenho que virou uma marca nos últimos anos da loja.

Hotel Petrópolis - Dá pra sentir saudades de coisa que a gente nem viveu. Nunca entrei naquele hotel, mas ao vê-lo funcionando neste vídeo e saber o estado que o prédio se encontra atualmente... Só as paredes para contar a história!

Skina 1 - Foi a lanchonete mais importante de Garanhuns (ou terá sido a Chic Lanches?). Ponto de encontro de casais e da galera que passava ali pra conversar e fazer seus lanches até tarde da noite.

Muita gente nem vai mais saber onde ficavam estes comércios, que cada um da sua maneira, marcaram a história de Garanhuns.

Exercício: Sabem que prédio era este? Onde ficava?
.
publicado originalmente em 17/12/2010

AGORA COMIGO / Decreto das armas não agradou nem um lado nem outro

Estava lendo sobre este decreto das armas. 

Quem defende, queria uma liberação mais ampla. Até dentro do governo. 

O presidente precisou dizer que é somente um primeiro passo.

Quem é contra a facilitação do acesso ao posse de armas, logicamente, criticou.

Ou seja, Bolsonaro se arranhou com os dois lados da polêmica. Moro perdeu a batalha contra o núcleo político.

De qualquer forma, como mostra o Jornal do Commercio desta quinta, esquenta a procura por armas no estado.

Pátria Armada, Brasil.

Perguntinha: Você chega em uma festa ou entra em uma van ou ônibus, e vê gente armada, você se sente mais seguro ou vai embora? Ah! Vão dizer que muitos vão deixar as armas em casa quando forem para festas ou viajar?

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.