DESTAQUES DO BLOG

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

sábado, 25 de maio de 2019

AGRESTE LENTICULAR: ARTISTA GARANHUENSE RESGATA TÉCNICA DO SÉCULO 19



A técnica lenticular há tempos foi incorporada pela indústria e pode ser vista em brinquedos, agendas, cadernos, e quadros decorativos, em especial naqueles de temática religiosa. Pouco gente sabe nominá-la e quase ninguém compreende sua lógica de funcionamento e histórico no universo das artes visuais. A pesquisa Agreste Lenticular, apoiada pelo Funcultura, idealizada e capitaneada pela artista, professora de Artes Visuais e doutoranda do PPGDesign da UFPE, Marcela Camelo, visa justamente esmiuçar e resgatar essa técnica secular de composição de imagem.

Marcela é filha de Genaldo Barros, e parece ter herdado a paixão pela arte.

ProRural tem novo presidente


Resultado de imagem para marcio stefanni
O advogado e funcionário de carreira do BNDES Márcio Stefanni, 41 anos, assume o ProRural (Programa Estadual de Apoio ao Pequeno Produtor Rural), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado. Na direção-geral do ProRural, ele terá a missão de tocar o projeto Pernambuco Rural Sustentável, financiado pelo Banco Mundial.

Márcio Stefanni entrou no Governo de Pernambuco em 2011, na segunda gestão Eduardo Campos, como diretor da AD/Diper, tendo ocupado ainda os cargos de secretário de Desenvolvimento Econômico e Presidente de Suape. No primeiro mandato do governador Paulo Câmara, Stefanni foi secretário da Fazenda, secretário de Planejamento e secretário de Turismo.

Senado homenageia professor Fernando Figueira, fundador do IMIP


O Senado realizou na manhã desta sexta-feira (24/05) sessão solene para homenagear o centenário de nascimento do professor Fernando Figueira, fundador do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (Imip). O evento, requerido pelo senador Humberto Costa e pelos deputados federais João Campos e Felipe Carreras, contou com a presença de inúmeros profissionais de saúde de Pernambuco, familiares do professor, além de grande número de parlamentares do Estado. O secretário estadual de Saúde, André Longo, compôs a mesa solene, representando o governador Paulo Câmara. O reitor da Universidade de Pernambuco, Profº. Pedro Falcão, foi representado pelo Dr. Guido Correia de Araújo.

Em seu discurso, André Longo, destacou a importância de Fernando Figueira para a saúde e para sociedade pernambucana. "O professor Fernando Figueira com sua bela história e suas grandes realizações tem uma grande importância para saúde pública de Pernambuco e do Brasil e para toda a sociedade do nosso Estado. Além de concretizar sua maior obra, que foi o IMIP - que atende milhares de pessoas diariamente, salvando inúmeras vidas, em uma instituição 100% SUS - o professor também teve notável atuação como gestor público. Como secretário de Saúde de Pernambuco, entre de 1971 a 1975, foi pioneiro na elaboração de um plano de saúde para o Estado, criou a Fundação de Saúde Amaury de Medeiros (Fusam), o Centro Integral de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), além de fundar o Hemope e o Laboratório Central (Lacen). Fernando Figueira ainda reformulou o atendimento psiquiátrico, implantando a triagem dos doentes e evitando as hospitalizações desnecessárias. Para além de todas essas realizações e obras, o professor deixou também um legado filosófico, como grande humanista, focado nos problemas sociais de nosso povo e, mais marcadamente, das mães e das crianças em contexto de vulnerabilidade", ressaltou. 

O secretário da assessoria especial do Governo de Pernambuco e filho do homenageado, Antônio Carlos Figueira, destacou o legado do Professor Fernando Figueira. "Este ano, no dia 04 de fevereiro, o idealizador do IMIP, Fernando Figueira, completaria 100 anos. Cito o IMIP, porque essa foi a sua primeira grande obra social. Hoje o maior hospital 100% SUS do Nordeste brasileiro e referência para a população carente de toda a Região. Mas o IMIP foi apenas o ponto de partida de sua história. Fernando Figueira foi um homem múltiplo, que na condição de médico, gestor, educador, pesquisador e gestor criou diversas instituições no âmbito da saúde e do ensino. Por onde passou, fincou a bandeira de desbravador e defensor da ética e das boas práticas sociais. Soube, como alguns raros, combinar à medicina, a assistência à Saúde com a pesquisa e o ensino. Para ele, a associação docente-assistencial era essencial. Não se ensina falando, se ensina exercendo", frisou. 

Biografia de Fernando Figueira

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.