PE CONTRA O CORONAVÍRUS

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

NOTA DE PESAR DA CULTURA PERNAMBUCANA PELO FALECIMENTO DE GENIVAL LACERDA


O secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto, e o presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Marcelo Canuto, expressam profundo pesar com a notícia do falecimento do cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, por complicações da Covid-19. Ele estava internado desde 30 de novembro de 2020, tinha 89 anos e quase 70 de carreira artística. Ele recebeu os títulos de cidadão pernambucano (2011) e recifense (2016), pelos serviços prestados à cultura.

"Para mim, ele sempre foi esse símbolo da identidade nordestina, um artista irreverente e criativo ao seu modo. Não haverá outro como Genival Lacerda. É uma perda muito sentida", comentou Gilberto Freyre Neto. 

Para Marcelo Canuto, "Genival Lacerda é um ícone da nossa cultura, retratando, como poucos, esse universo nordestino, usando a sátira como ferramenta para expressar sua arte e seu talento. Mesmo sendo paraibano de Campina Grande, nós pernambucanos o tínhamos como um dos nossos, um artista com a cara da gente. Sinto muito por essa partida, é mais um mestre que se vai", declarou Canuto.

Vacinação/ Brasil no fim da fila até na America do Sul

 Revista Veja

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.