PE CONTRA O CORONAVÍRUS

segunda-feira, 22 de junho de 2020

SESI lança competição de robótica de combate à Covid-19 para estudantes



O Serviço Social da Indústria (SESI) lançou um campeonato para estimular os estudantes de todo o Brasil a buscarem soluções de enfrentamento aos danos causados pela epidemia do coronavírus. Trata-se do Desafio SESI de Robótica Covid-19, que vai premiar alunos que criarem, à distância, projetos que minimizem os impactos causados pela doença. As inscrições estão abertas em https://torneio.herokuapp.com/signup/desafiocovid e podem ser feitas até o dia 30 de junho.

Podem participar do campeonato, que será todo realizado de forma virtual, alunos de 9 a 18 anos de escolas públicas ou particulares, assim como das unidades do SESI. As equipes devem ser compostas por quatro a 10 estudantes, além de um técnico maior de 18 anos.

Segundo a gerente de Educação do SESI-PE, Mirella Barreto, a competição é uma boa oportunidade para incentivar a cultura de inovação e promover a difusão de diversos conhecimentos entre os jovens. “O mundo todo está em busca de soluções para a Covid-19 e nós temos a certeza que nossos jovens podem ajudar neste momento de crise, propondo alternativas que ajudem no combate à pandemia e ainda aprendendo matemática, ciências e tecnologia de forma lúdica”, disse.

Na primeira fase do torneio, organizado pelo Departamento Nacional do SESI, os participantes terão que escolher uma área impactada pela Covid-19 e elaborar soluções que utilizem a robótica para combater e prevenir os danos causados pela pandemia. Tudo isso usando como base os critérios de avaliação, como pesquisa, criatividade e inovação, empreendedorismo e impacto social. Além disso, a equipe deve enviar um vídeo de até dois minutos que será analisado pela banca julgadora.

Já na segunda etapa, marcada para começar no dia 19 de agosto, os times deverão detalhar a solução do projeto e enviar um vídeo de dois minutos defendendo a ideia. No dia 25 de setembro, será divulgado os três primeiros colocados na classificação geral e os que se destacaram nas categorias “Melhor Projeto de Pesquisa”, “Melhor Projeto em Criatividade e Inovação”, “Melhor Proposta de Empreendedorismo” e “Melhor Proposta de Impacto Social”.

AYRTON DIÓGENES: Solenidade de Diplomação de vereadores cassados em 1964

Publicado originalmente em 14 de abril de 2014, quando a Câmara Municipal de Garanhuns resgatou os diplomas de vereadores e suplentes cassados em 1964. Esta republicação é uma homenagem a Ayrton Diógenes Ivo Ubirajara, falecido nesta segunda-feira (22), na capital pernambucana, onde estava internado. 

A sessão solene de entrega dos diplomas foi iniciativa do então presidente da Cas Legislativa, Audálio Machado Filho, cujo pai é amigo de longas datas de tio Ayrton. Sobre seu falecimento, Audálio lembrou em nosso grupo do Whatsapp que Ayrton foi líder estudantil aqui nos anos 60, depois funcionário no Banco Econômico e BNB, quando chegou 64, ele era suplente de vereador, perdeu o emprego e teve o diploma de suplente cassado. Anos depois, com a anistia, foi reintegrado e aposentado pelo Banco do Nordeste. "Como presidente da Câmara, em 2014, junto com a Comissão da Verdade Estadual, devolvemos os diplomas dos suplentes cassados em 1964" - disse Audálio. 

Ayrton Diógenes é casado com Wilsonita, irmã de Wilcenira (minha sogra) e Wildeny, mãe de Sivaldo, Johny, Sandra, e outros tantos irmãos. Deixa esposa, o filho José Aracy (Tota), netos e um mundo de amigos. Deputado, Sivaldo comunicou o falecimento a amigos e está levando a mensagem à ALEPE, para devidas homenagens.

Infelizmente da postagem original o blog só resgatou esta foto, onde a família representa tio Ayrton na solenidade da Câmara, mas que ilustra com boa representação aquele momento.

Familiares recebem Diplomação de Ayrton Diógenes



Na última sexta-feira, aconteceu a Sessão Histórica da Câmara Municipal, que, além dos assuntos em pauta da Reunião Ordinária, restituiu de forma simbólica, os direitos políticos de Suplentes de Vereadores Cassados em abril de 1964.

Diversas instituições prestigiaram o grande momento histórico na Câmara de Garanhuns. OAB/PE Subceccional Garanhuns, Procuradoria do Município, Instituto Garanhuns, Comissão da Verdade Dom Helder Camara, Poder Executivo Municipal, através do Secretário Pedro Passos, além de familiares dos vereadores cassados, e que receberam, simbolicamente, seus direitos políticos na sessão especial desta sexta-feira, 50 anos depois.

A Comissão Estadual da Verdade Dom Helder Câmara esteve presente, com o Dr. Manoel Moraes, Nadja Brayner e Joelma Gusmão.

Dr. Manoel Moraes, afirmou: "O Direito à Memória e à Verdade não é apenas para as vítimas, é de todos, e até transgeracional. Por isto a Comissão está aqui. E registramos que nesta Casa aconteceu a primeira Audiência Pública da Comissão estadual, no ano passado. E pelo que sabemos, acontece agora o primeiro momento em uma Câmara Municipal, que deve servir de exemplo paa o país". Dr. Moraes registrou também que infelizmente, devido problemas de saúde, o presidente Fernando Coelho, da CEV Dom Helder Câmara, não pode estar presente.

Dr. Ivan Rodrigues: "Este evento tem importância na medida que adverte a esta e as futuras gerações, para que se trate com zelo e com todo cuidado a democracia".

Vários parentes receberam os diplomas dos suplentes cassados, com destaque para a família de Ayrton Diógenes Ivo Ubirajara. Além dele, foram também registrados os Diplomas de José Calado dos Santos, Pedro Rodrigues de Souza, João Barreto Filho, Edson de Araújo , João Gonçalves da Silva e José Vieira de Azevedo (José Brechó).

COVID-19: Estudantes da UPE Garanhuns desenvolvem aplicativo para informar sobre aglomerações na cidade


Um grupo de estudantes do curso de Bacharelado em Engenharia de Software da Universidade de Pernambuco (UPE), sediado no Campus Garanhuns, se uniu para desenvolver um aplicativo para auxiliar no combater ao COVID-19 na microrregião de Garanhuns. A iniciativa surgiu da observação dos estudantes sobre o desrespeito em relação a quarentena sobre as restrições necessárias diante ao grande fluxo de pessoas no comércio.

Denominados de “Rebase Team”, o grupo é composto por seis estudantes do terceiro período: José Edgleyson, José Thiago, Kelvin Vasconcelos, Luiz Gustavo, Muryllo Pimenta e Sávio Santos. E são orientados pelo professor Carlo Marcelo Revoredo da Silva como uma atividade extensionista na UPE.

O aplicativo também informa um resumo dos casos de coronavírus em Pernambuco e na cidade, dados esses que são divulgados diariamente pelo instagram da Prefeitura de Garanhuns (@prefgaranhuns) e pelo site: https://covid.saude.gov.br/.

Contudo, nessa etapa inicial do projeto, se faz necessária uma participação significativa de usuários que residam nas cidades que pertencem a microrregião de Garanhuns, a saber: Garanhuns, Bom Conselho, Lajedo, Caetés, Canhotinho, São João, Iati, Correntes, Saloá, Jurema, Jupi, Lagoa do Ouro, Paranatama, Jucati, Angelim, Calçado, Brejão, Palmeirinha e Terezinha. A importância do engajamento desses cidadãos remete aos mesmos atuarem como sensores, auxiliando o aplicativo com dados que serão processados para posteriores tomadas de decisão.

. Para baixar o aplicativo, basta entrar na loja de aplicativos do seu celular e pesquisar por “Garanhuns”. Se preferir, segue o link do aplicativo: http://abre.ai/gunscovid.


Instagram - @teamrebase

EDUCAÇÃO / Congresso Nacional deve votar Novo FUNDEB já!






 
Danilo Cabral defende votação urgente do Fundeb

Os deputados integrantes da Comissão Especial que analisa o novo Fundeb (PEC 15/15) pressionam para que o texto seja colocado em votação na Câmara Federal. O atual fundo termina em dezembro e, assim, a educação básica brasileira perderá seu principal instrumento de financiamento se o Congresso Nacional não aprovar sua renovação.

Em reunião com profissionais da educação do Agreste, o deputado federal Danilo Cabral (PSB), vice-presidente da Comissão Especial, adiantou que pode haver uma flexibilização do valor da contribuição da União no primeiro ano de vigência do fundo permanente. Mas manterá o percentual de 20% para ser atingido em 2026. 

“Teremos uma real queda da arrecadação, com expectativa que alcance o patamar de 25%, e isso impacta diretamente no Fundeb. Por isso, estamos estudando a revisão dos valores para a contribuição da União no primeiro ano da constitucionalização do fundo”, afirmou Danilo Cabral. Inicialmente, o valor previsto para participação da União em 2021 era de 15%. Há possibilidade que esse valor caia para 12,5%. 

O relatório elaborado pela deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM- TO) está pronto. Os deputados negociam com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a realização a votação ainda neste mês. Danilo Cabral explica que a redução no patamar inicial da contribuição do Fundeb deverá ser compensada com o Plano Emergencial da Educação (PL 3165/2020), em tramitação na Câmara Federal, que prevê a destinação de R$ 31 bilhões para estados e municípios. 

“Esses recursos têm o objetivo de recompor as perdas da educação durante a pandemia, além de ajudar nas demandas para as atividades presenciais”, explicou o deputado. Em abril e maio deste ano, Pernambuco sofreu uma redução de mais de R$ 100 milhões do Fundeb em relação ao mesmo período de 2019. 

Somando-se ao Plano Emergencial da Educação, na Câmara Federal, outras duas iniciativas tratam sobre o retorno das atividades presenciais nas escolas de todo país. A Comissão Externa de Acompanhamento de Volta às Aulas e o projeto de lei 2949/2020, que elabora diretrizes para o retorno das aulas presenciais. São ações, segundo Danilo Cabral, que tramitam para tratar sobre a educação no contexto da pandemia, mas também precisamos falar para o futuro”, disse. 

O parlamentar destacou o Plano Nacional de Educação (PNE), que completa seis anos hoje (22) e tem dez anos de vigência. O texto foi uma construção da sociedade e aprovado por unanimidade, tanto pela Câmara, como pelo Senado Federal. “Precisamos reposicionar o Plano, pois o atual governo colocou o documento numa gaveta e quase nenhuma das 20 metas foram cumpridas até agora”, ressaltou Danilo Cabral. Segundo avaliações do Tribunal de Contas da União e de relatórios do próprio Ministério da Educação, não foram ou não serão alcançadas as metas 2, 3, 4, 5, 6, 9, 10, 12, 15, 16, 17, 19 e 20.

A reunião virtual foi realizada na manhã desta segunda-feira (22) pela Gerência Regional do Vale do Capibaribe, reunindo gestores, professores e outros profissionais da comunidade escolar. Participaram o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, o deputado estadual Paulo Dutra (PSB), a secretária-executiva estadual de Educação, Maria Medeiros. 

Foto: Reprodução da internet 

Cota parlamentar foi usada para promover atos que pediam fechamento do Congresso

A Procuradoria-Geral da República começou a desvendar o rastro do dinheiro que financia manifestações antidemocráticas favoráveis ao fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional. O repórter Gabriel Mascarenhas teve acesso ao inquérito.

A investigação descreve operações de patrocínio do grupo 300 pelo Brasil, da extremista Sara Giromini, presa na semana passada; o faturamento de sites a partir da transmissão ao vivo dos atos ilegais; e o uso de dinheiro público por parte de parlamentares para divulgar as manifestações através das redes sociais.


COVID-19 / Semana decisiva para Garanhuns e região



Se tivesse acompanhado os números que caem em diversas regiões do estado, principalmente região metropolitana, Garanhuns e os demais 20 municípios avançariam nesta segunda para a etapa seguinte do Plano de Convivência para reabertura de segmentos econômicos no estado, contudo, a data para Garanhuns e os municípios que compõem as regiões que têm suas sedes em Caruaru, Palmares e Goiana foi adiada. Petrolina que iria abrir, foi proibida por força da justiça.

Para que tenhamos de volta o movimento no comércio e outras atividades é necessário que os municípios convoquem a população e incrementem as ações de combate ao Coronavírus, para que as estatísticas mostrem esta melhora. Por enquanto, o que vemos são os números aumentarem.

Em reunião na última sexta-feira (19) a diretoria da CDL com o deputado Sivaldo Albino, a equipe lojista local, sob a presidência do Geraldo Nogueira afirmou que estão com um plano de comunicação para incentivar medidas protetivas para a população, principalmente na periferia, menos atingida por informação e fiscalização. A entidade está entregando uma pauta de sugestões para o Governo do Estado, intermediada por Sivaldo.

É necessário que as prefeituras reforcem as ações esta semana, pois se a população fica se deslocando, inclusive para outras cidades, de pouco vale o esforço de alguns diante a negligência de outros.

É fato que os índices de isolamento caíram muito de maio para cá e a fadiga de estar em casa, junto com o aperto financeiro está tirando as pessoas de casa, o que aumenta a responsabilidade dos orgãos de prover medidas de proteção sanitárias mais eficazes, e acompanhamento mais rápido de suspeitos, aliado a tratamento hospitalar.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.