GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Pernambuco autoriza vacinação de pessoas a partir dos 50 anos

Pactuação com os municípios, que definirão suas estratégias de operacionalização, levou em conta análises epidemiológicas



O Governo de Pernambuco autorizou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 de todas as pessoas com 50 anos ou mais no Estado, independente de comorbidade ou categoria profissional. A decisão foi tomada na tarde desta segunda-feira (31.05), em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e pactuada com os secretários municipais de Saúde. Com a nova deliberação, as cidades estão autorizadas a avançar de forma progressiva, de acordo com a realidade de cada município, a imunização do público de 50 a 59 anos.

“Precisamos dar velocidade ao processo vacinal no Estado por meio do critério de faixa etária. Por isso, decidimos ampliar a imunização das pessoas a partir dos 50 anos. Cada município deve definir a estratégia de operacionalização de acordo com disponibilidade de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. Ao balizar essa faixa de idade, estaremos contemplando também grande parte das pessoas com comorbidades, sem a necessidade de atestado, dando celeridade ao processo de imunização”, explicou o governador Paulo Câmara.

A decisão também levou em conta as análises epidemiológicas, que apontam que a faixa etária entre 50 e 59 anos registra, atualmente, o maior número de pessoas internadas em leitos de UTI. O quantitativo representa 25% do total de internados em leitos de terapia intensiva na rede pública, além de responderem por 20% do total de óbitos.

Os gestores municipais também foram orientados sobre a importância de organizar a logística para avanço da imunização em seus territórios. Para a nova faixa etária, a recomendação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) é que sejam utilizadas apenas as vacinas recebidas para a 1ª dose. As segundas doses devem continuar sendo administrados para o término do esquema vacinal.

“Estamos deflagrando uma série de medidas para conter o avanço da pandemia em Pernambuco, como a ampliação do número de leitos, a distribuição de concentradores de oxigênio, a montagem da Central Emergencial de Oxigênio e as inúmeras restrições no Plano de Convivência, e as estratégias de vacinação também são essenciais. Continuaremos monitorando os indicadores e certamente faremos uma nova avaliação nos próximos dias para analisar o resultado da ampliação da vacina por faixa etária”, reforçou o secretário de Saúde, André Longo.

Crédito das imagens: Hugo Dourado/SES-PE

Governo de Pernambuco oficializa veto à Copa América





NOTA OFICIAL

O Governo de Pernambuco monitora, de forma permanente, por meio do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, os indicadores da doença no Estado. Nas últimas semanas, foi identificada uma nova aceleração dos casos, que motivou novas medidas restritivas no Agreste e na Região Metropolitana.

Apesar de ainda não ter sido procurado oficialmente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Governo do Estado reforça que o atual cenário epidemiológico não permite a realização de evento do porte da Copa América no território de Pernambuco.

Números atualizados Covid-19




Até o momento, a pandemia do novo coronavírus já deixou 170.384.848 contaminados e 3.542.587 mortos no mundo. No Brasil são 16.515.120 contaminados e 461.931 mortos. Os dados são da Universidade Johns Hopkins.

O número de doses de vacina aplicadas no planeta chegou a 1,86 bilhão. No Brasil são 67.810.393 de unidades administradas. Os dados são da Bloomberg (mundial) e de VEJA (nacional).

Boletim Covid-19 – 30/05/2021 | Prefeitura de Garanhuns




A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram confirmados oito óbitos por Covid-19 neste domingo (30). Seis óbitos ocorreram em unidades da rede pública, nos dias 02, 07, 08, 16, 17 e 19/05, sendo de pessoas com 83, 65, 61, 38, 45 e 52 anos, respectivamente. Outros dois óbitos ocorreram em unidades da rede particular, nos dias 14 e 15/05 sendo de pessoas com 60 e 83 anos.

Também foram notificados 36 casos positivos da Covid-19. Outros 13 casos que se encontravam em investigação pela Vigilância Epidemiológica, junto às unidades notificantes, foram inseridos no sistema de informação. Até hoje, 31197 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 13137 pessoas foram vacinadas com a segunda dose contra a Covid-19.

Mais 17 pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença. Outros 36 óbitos estão em investigação. Ao final do processo, os casos podem ser acrescentados ao boletim, se forem de pacientes que residiam em Garanhuns e confirmados para Covid-19; ou encaminhados para registro pelos seus municípios de origem, e/ou descartados.

Ao todo, já foram confirmados 11393 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 209 pessoas vieram a óbito, 9238 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 659 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 14308 testes pela rede municipal.

Atualmente, o município dispõe de 40 leitos clínicos, sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19 e outros 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales. A taxa de ocupação dos leitos clínicos de enfermaria municipais encontra-se em 72%. O percentual não inclui o número de pacientes graves, internados em leitos de UTI. A taxa de ocupação dos leitos de UTI da Unidade de Tratamento Covid-19 encontra-se em 100%.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.