GOVERNO DO ESTADO

sábado, 27 de novembro de 2021

Covid: nova variante assusta, e países suspendem voos do Sul da África




A Covid voltou a assustar o mundo com a identificação de uma nova variante encontrada na África do Sul e já detectada em Israel, Bélgica e Hong Kong. A Organização Mundial da Saúde (OMS) batizou a cepa de “Ômicron” e a classificou como uma “variante de preocupação” — aquela que, além de se alastrar, impacta no curso da doença, por exemplo, elevando a taxa de transmissão, mudando ou aumentando os sintomas ou reduzindo a efetividade de medidas de saúde.
A reação foi imediata e teve escala global. A União Europeia e países como Estados Unidos, Canadá, Índia e Reino Unido suspenderam voos originados no Sul da África.

Repercussão no Brasil: o Ministério da Saúde emitiu alerta de risco sobre a variante. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata de voos provenientes de seis países africanos. O presidente Jair Bolsonaro disse que avalia “medidas racionais” sobre a entrada de estrangeiros no país, mas não explicou o que será feito.

Opinião de especialista: o virologista Amílcar Tanuri, da UFRJ, explica que a variante preocupa porque tem muitas mutações em partes cruciais do vírus: “É motivo para apreensão, mas não para pânico”. 

Vacinação antirrábica tem início na área rural de Garanhuns neste sábado (27)




Com o intuito de ampliar a proteção de cães e gatos, a Campanha de Vacinação Antirrábica será realizada, a partir deste sábado (27), em diversas localidades da área rural de Garanhuns. O cronograma vai contemplar os distritos, sítios e comunidades quilombolas; com pontos de apoio fixo nas Unidades Básicas de Saúde de São Pedro, Iratama e Miracica I.

A equipe da Secretaria de Saúde também irá garantir a vacinação em domicílio, nas localidades de difícil acesso e residências com grande quantidade de animais. Até o momento, mais de 5200 animais não humanos já foram vacinados contra a raiva durante a campanha, este ano.

Podem ser vacinados cães e gatos a partir de quatro meses de idade, que não tenham sido imunizados contra a raiva nos últimos 12 meses. Nos pontos fixos, os animais devem ser conduzidos por um tutor responsável adulto.

Assessoria de Comunicação – Secretaria de Saúde de Garanhuns

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.