DESTAQUES DO BLOG

DR. ELENÍLSON LIBERATO

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

PALMEIRINA: Nota do prefeito Marcelo Neves sobre o roubo do caminhão da coleta de lixo


O Governo Municipal de Palmeirina comunica à população palmeirinense, que na manhã de quarta-feira (24/10), por volta das 9:30h a caçamba do município (placa: PCF 6832) foi tomada de assalto na PE-187, nas proximidades do Sítio Quatis quando voltava de uma viagem do aterro sanitário de Iati, após levar uma carrada de resíduos sólidos (lixo). Informamos também que foi feito o BO na delegacia de Polícia Civil e as medidas cabíveis para recuperação do veículo estão sendo tomadas. Além de que o veículo está assegurado.

Aproveitamos a oportunidade para informar que a Gestão Municipal está tomando providências para normalizar a coleta de lixo que por consequência da falta da caçamba estará comprometida.

Marcelo Neves
Prefeito

CARTA DE REITORES DE UNIVERSIDADES BRASILEIRAS DEFENDE DEMOCRACIA

A Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem,) publicou nota em defesa das Universidades e da democracia. A UPE assina também o manifesto. Confira abaixo na íntegra.



BRASIL: EM DIVERSIDADE E COM DEMOCRACIA

Sem a democracia restará a barbárie. Sem a garantia de liberdades individuais e o respeito às regras mais elementares de convivência pacífica em sociedade perde-se parte fundamental dos laços que nos trouxeram até aqui como Nação.

Há mais de 800 anos, as Universidades se constituíram sob o signo da liberdade de pensamento e da busca por autonomia, fundando suas atividades, crescentemente, sobre a premissa da razão crítica e do método científico. As Academias nasceram para serem vanguardas do pensamento, projetando-se tantas vezes para além do seu tempo, contribuindo, assim, para o processo civilizatório.

No Brasil, as Universidades são um fenômeno relativamente tardio, mesmo em relação a vários países latino-americanos. Com sua emergência no cenário nacional, elas assumiram o papel de construir e socializar conhecimento, alavancar a ciência e a tecnologia e colocar o País em postos de destaque em muitas áreas do conhecimento.

Notadamente, as universidades públicas (federais, estaduais e municipais) cumprem este papel tão importante e caro à Nação. No conjunto, todas as instituições de ensino superior, independentemente de sua natureza jurídica, devem ser vistas como elementos importantes dentro de um sistema que promove avanços no campo da educação, com evidentes reflexos na pesquisa, tecnologia e inovação.

Nos últimos anos, as nossas Universidades têm sido vítimas de ataques à autonomia, aprofundando um processo de sucateamento e desmonte, que tem afixiado financeiramente a maioria delas em quase todos os Estados. No quadro geral das crises fiscais dos Estados, nem sempre tem se verificado a priorização da continuidade dos investimentos, não se fazendo jus à enorme e inegável contribuição que estas instituições prestaram e prestam para o desenvolvimento regional nos distintos Estados.

Mais recentemente, os ataques às Universidades têm ocorrido também no terreno essencial da liberdade de ensinar e aprender. Ações e agressões se espalham pelo País no sentido de ferir esta liberdade que é constitutiva, desde as origens, da instituição universitária. Tais eventos ferem de morte esta instituição secular.

No momento atual, percebemos a Nação brasileira esgarçada por uma disputa eleitoral e a sociedade sendo vitimada pela intolerância e pela repetição de práticas condenáveis em relação ao respeito pelo outro, à convivência tolerante e ao processo de construção democrática da sociedade. Com a percepção da alteridade e a convivência com o outro em suas idiossincrasias, emergiu e se mantém o modo democrático de viver em coletividade, colocando a justiça social como elemento norteador.

Sem a democracia restará a barbárie. Sem a garantia de liberdades individuais e o respeito às regras mais elementares de convivência pacífica em sociedade perde-se parte fundamental dos laços que nos trouxeram até aqui como Nação. Não podemos assistir impassíveis a tais práticas!

Queremos proclamar, de forma clara, que defenderemos com todas as nossas forças as conquistas históricas da democracia em nosso País e conclamamos a todos e todas a se juntarem a este propósito, nos diversos âmbitos de atuação. O ambiente universitário jamais poderá se tornar palco de intolerâncias e rupturas com os valores essenciais apregoados e defendidos como elos fundamentais de coesão nas sociedades modernas.

Defendemos e defenderemos o caráter público de nossas Universidades e com o mesmo vigor e a mesma veemência os valores fundamentais da democracia em nosso País!

Somente a educação crítico-reflexiva poderá nos levar a patamares civilizatórios mais elevados, honrando as melhores tradições de tantos educadores, educadoras, importantes intelectuais, artistas e cientistas. Assim, sobre o pressuposto da diversidade que nos constitui como povo brasileiro, em consonância com os fundamentos da República, podemos olhar para o horizonte e continuar construindo uma sociedade livre, justa e solidária, com desenvolvimento regional e nacional, com diminuição das desigualdades, promovendo o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e qualquer outras formas de discriminação.

Brasília, 22 de outubro de 2018.

Haroldo Reimer
Presidente da Abruem
.

HADDAD RECEBE APOIO EM GARANHUNS EM MANIFESTAÇÃO NESTA SEXTA-FEIRA, 26


POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA AMEAÇAS A ROSA WEBER - Jornal do Commercio


Possibilidade de virada na eleição para presidente. Ibope anima militância para reta final! Petista já ganha em São Paulo, capital



Algumas boas informações na pesquisa do Ibope a favor da campanha de Fernando Haddad animaram a militância e o discurso da virada ganhou as ruas e as redes sociais. A pesquisa aponta queda de Bolsonaro e aumento de sua rejeição, e também crescimento de Haddad e queda em sua rejeição. Além disso mostrou queda de Bolsonaro em segmentos importantes como os evangélicos e mostra possível a virada de Haddad, que já lidera na cidade de São Paulo.

Faltam apenas quatro dias para a eleição, e o clima agora é mesmo de entusiasmo de Haddad, como ainda não havia acontecido neste segundo turno. Bolsonaro estava tão certo da vitória que já tratava abertamente da montagem de seu governo, inclusive aproveitando parte da equipe de Michel Temer.

Se Haddad mantiver o crescimento em São Paulo e tiver a votação que se espera no Nordeste, pode consolidar a virada. A questão agora é o pouco tempo, são três dias para a eleição do domingo.

Com a virada de Haddad em São Paulo, o argumento preconceituoso contra o Nordeste perde força, e o petista tem mais chance de crescer em outros municípios paulistas que tenham a influência da capital. Além disso, lideranças políticas de todo lado anunciam apoio ao petista, para evitar ver Bolsonaro presidente.

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.