GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Cepe Editora libera novos e-books para download gratuito



Dez e-books de autores publicados pela Cepe Editora serão liberados para download gratuito a partir de hoje (13.04), numa ação solidária nesses tempos de isolamento social. A lista ficará aberta até 15 de maio e substitui os 14 livros eletrônicos que tiveram leitura franqueada ao público no período de 23 de março a 10 de abril. Os dez títulos estarão disponíveis nas plataformas da Amazon, Apple, Kobo, Livraria Cultura e Google Play Books.

Uma das publicações é o livro de poesias Gris, da poeta e escritora Cida Pedrosa, lançado em outubro de 2018. "Gris (cinza em inglês) tem tudo a ver com esse momento que estamos vivendo, 90% das poesias falam sobre a solidão na cidade", afirma Cida Pedrosa. O poema Empatia, inspirado num bem-te-vi, é um deles, destaca. "O bem-te-vi que canta/ na minúscula janela do banheiro/ sabe que eu/ sentada neste espaço 1x2/ tenho uma ausência de ninho/ tão grande quanto a dele", declama a poeta ao telefone.

Cida Pedrosa é uma das escritoras que entrou em contato com a Cepe para sugerir a liberação gratuita da obra que ela escreveu, durante a quarentena. "Com as pessoas em casa, quanto mais possibilidades de leitura gratuita, melhor. Esse é o nosso papel social como escritor e também o da Cepe, como empresa de economia mista", reflete.

A nova lista de e-books com download gratuito inclui três livros de poesia, um de conto, um de ensaio, dois infantojuvenis, um de jornalismo, um de história e um romance. "A ideia foi tentar mesclar o máximo possível de estilos diferentes e livros que, majoritariamente, estão esgotados em sua versão física, mas ainda vivos na versão digital", declara o gerente de Marketing da Cepe, Rafael Chagas.

Watsu, livro de poesias de José Juva, é um dos vencedores do 3º Prêmio Pernambucano de Literatura, em 2015. Ensaio sobre o livro Grande Sertão: Veredas (Guimarães Rosa), a publicação Genealogia da Ferocidade, de autoria de Silviano Santiago e lançada em 2017, inaugurou o Selo Suplemento de Pernambuco para obras que pensam as relações entre literatura e o contemporâneo.

De acordo com Rafael Chagas, a editora escolheu os 14 títulos para compor a primeira lista de e-books com leitura gratuita. "A receptividade foi excelente", avalia. Entre títulos pagos e gratuitos, o número de downloads cresceu 3.153% no site da Cepe, no mês de março, quando teve início a quarentena. "Chegamos a 6k de downloads em março", diz o superintendente de Mídias Digitais da Cepe, Rodolfo Galvão. As cinco publicações mais procuradas foram: Mulher sob influência de um algoritmo, Os olhos de Diadorim e outros ensaios, A valente princesa Valéria, O massacre da Granja São Bento e O menino mais estranho do mundo.

Na segunda seleção de e-books foram observados dois critérios: a proposta de autores que solicitaram o download gratuito de suas obras (Cida Pedrosa, João Paulo Parísio, José Juva e Silviano Santiago) e indicações da editora. "O livro infantil Era uma vez... tem uma proposta bem legal porque são várias pequenas histórias que podem ser contadas para as crianças em momentos e dias diferentes, não exige uma leitura contínua", comenta Rafael Chagas.

O jornalista Homero Fonseca, autor de Tapacurá: viagem ao planeta dos boatos, elogia a liberação dos títulos. "Excelente iniciativa, neste momento tão singular da história mundial, especialmente no Brasil, onde, além dos terríveis impactos da pandemia na saúde e na economia, temos uma condução política ideológica, idiossincrática e desastrada por parte do chefe do governo", declara. "Quanto ao livro, penso que sua temática - boatos geradores de pânico coletivo - tem tudo a ver com o que se desenrola hoje, quando o medo e as fakes news assombram o mundo", acrescenta.

Governo de Pernambuco prorroga prazo de fechamento de praias e parques em todo o Estado

Preocupação com o aumento dos casos de Covid-19 motivou novo decreto, que estende a proibição até o dia 20 deste mês


O governador Paulo Câmara assinou decreto, na tarde desta segunda-feira (13.04), prorrogando por mais uma semana o fechamento dos parques públicos, praias e seus calçadões. A intenção da nova medida é intensificar o isolamento social, buscando reduzir ao máximo o impacto da pandemia do novo coronavírus em Pernambuco.

A proibição do acesso a essas áreas foi inicialmente adotada por dois dias, a partir de 4 de abril, tendo sido prorrogada para o dia 13. Com o avanço da pandemia, o Governo decidiu estender ainda mais o prazo de fechamento, agora para o dia 20 deste mês.

De acordo com o decreto assinado nesta segunda, permanece vedado ao público o acesso às praias e ao calçadão das avenidas situadas nas faixas de beira-mar e de beira-rio em Pernambuco, bem como aos parques públicos localizados no Estado, para a prática de qualquer atividade.

CORONAVÍRUS / Pernambuco recebe mais seis mil kits de testagem da Fundação Oswaldo Cruz



O Governo de Pernambuco recebeu da Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (Fiocruz-RJ), na quinta-feira (9), quatro mil kits de testagem capazes de detectar a presença do novo coronavírus nos pacientes. Com essa remessa, o estado contabiliza seis mil testes que serão ser aplicados ao longo dos próximos dias. 

Os dois mil testes a mais são fruto da parceria do Laboratório Aggeu Magalhães com a Secretaria de Saúde de Pernambuco e devem ser destinados, primeiramente, a profissionais de saúde e de segurança. O aumento da capacidade de testagem possibilita o estado de identificar os casos positivos de Covid-19 e assim mapear a circulação do vírus no estado, oferecendo mais subsídio ao poder público para tomar as ações necessárias. 

A maior quantidade de testagem tem impulsionado os números do Coronavírus em Pernambuco. Portanto, os números estão subindo rapidamente por dois motivos, maior infectação com as pessoas nas ruas e maior quantidade de testagem.

Desde o dia 13 de março, quando o Lacen-PE foi habilitado para realizar os exames para a Covid-19, Pernambuco já realizou nestes cerca de três mil deles exclusivos para Covid-19.

Sobre informações do Diário de Pernambuco.

Escolas particulares prorrogam férias até final de abril


OLHA ESTA HISTÓRIA / De surpresa, Papa Francisco liga para programa de TV e faz homenagem a profissionais de saúde


Em uma Sexta-Feira Santa atípica, em que a Basílica de São Pedro, no Vaticano, ficou fechada ao público, o Papa Francisco surpreendeu ao telefonar a um programa de televisão para falar sobre as celebrações da Páscoa e também homenagear quem vem se dedicando a combater a pandemia de coronavírus. O pontífice chegou a comparar os profissionais da saúde a soldados de guerra.

A apresentadora Lorenza Bianchetti, da emissora Rai1, atendeu ao chamado sem saber de quem se tratava. “Alô, boa noite, Lorena, como você está?”, disse o papa, prontamente reconhecido pela jornalista, que o agradeceu por sua “participação paterna de nosso sofrimento.” Papa Francisco, então, citou a data em que se celebra a crucificação e ressurreição de Jesus Cristo segundo a tradição cristã para falar dos dramas atuais.

“Penso nas histórias de crucificação desta pandemia, os médicos, enfermeiros, enfermeiras, irmãs e sacerdotes que morreram no front como soldados que deram suas vidas por amor, resistentes como Maria sob a cruz”, afirmou o papa, horas antes de celebrar uma Via Crucis incomum, sem as pessoas acompanhando.”Estou perto do povo de Deus, especialmente daqueles que mais sofrem, das vítimas da pandemia, da dor do mundo, mas olhando com esperança, que não tira a dor, mas não decepciona”, completou.

Ao contrário do que ocorria desde 1964, a Via Crucis deste ano não se deu no Coliseu, mas em uma cerimônia privada na Praça São Pedro, na qual Franscisco leu orações escritas por cinco detentos, uma família vítima de homicídio, a filha de um condenado a prisão perpétua, uma educadora, um juiz corregedor de presídios, a mãe de um presidiário, uma catequista, um sacerdote acusado injustamente, um frade voluntário e um policial. 

COMPARTILHE

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.