BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 6 de março de 2019

SAÚDE / Conheça os serviços oferecidos pela UPAE Garanhuns

Unidade de Atendimento Especializado faz parte da Rede SUS



A UPAE Garanhuns conta com recepções, consultórios, modernos centros de apoio ao diagnóstico e exames, bloco cirúrgico para procedimentos de baixa complexidade, equipamentos de última geração e corpo funcional apto para atender centenas de pacientes por dia. Tudo isto pela Rede SUS, em parceria com as secretarias de saúde dos municípios que fazem parte da V GERES, sob Gestão IMIP e Secretaria Estadual de Saúde.

A UPAE Garanhuns oferece atualmente as seguintes especialidades médicas: Anestesiologia, Alergologia, Angiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Dermatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Geriatria, Ginecologia, Infectologia, Mastologia, Nefrologia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Proctologia, Reumatologia e Urologia. 

Além destas, a unidade ainda oferta consultas com profissionais em Nutrição, Psicologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Enfermagem, Serviço Social e Farmácia, e ainda sessões de fisioterapia.

Quando necessário, os pacientes podem fazer, na própria unidade, os exames solicitados, como os laboratoriais mais comuns, ou mais complexos, a exemplo de eletrocardiograma, ecocardiograma, mapa, holter, teste ergométrico, raio-X, mamografia, audiometria, ultrassonografia, densitometria, urodinâmica, colposcopia, endoscopia, ultrassonografia, entre muitos outros. 

No bloco cirúrgico, a UPAE Garanhuns oferece procedimentos em cirurgia geral, dermatologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, proctologia e urologia.

Os pacientes da unidade são encaminhados pela regulação regional, após atendimento das Unidades de Saúde da Família e hospitais dos 21 municípios que fazem parte da V Regional de Saúde.

Carnaval no Colégio Santa Joana D’Arc foi só alegria


    
Os alunos e professores do CSJD se divertiram com as marchinhas de carnaval e juntamente com os colegas se envolveram no mundo mágico das fantasias.

No Colégio Santa Joana D’Arc, os alunos dispõem de uma excelente infraestrutura, ensino inovador comprometido com a aprendizagem significativa e muito lazer.

Para conferir mais, clique aqui.

SAÚDE / Paulo recepciona 1.373 novos residentes

Evento aconteceu na quinta-feira (28), no Centro de Convenções de Pernambuco. Ao todo, serão investidos pela administração estadual R$ 81 milhões na formação especializada desses profissionais



Em mais uma demonstração do compromisso permanente da gestão com o fortalecimento e valorização da Saúde em Pernambuco, o governador Paulo Câmara fez questão de recepcionar, nesta quinta-feira (28.02), os 1.373 novos residentes que irão atuar nas unidades da rede estadual de saúde. As vagas oferecidas no edital deste ano representam um aumento de 43% em relação ao ano de 2014, que contou com 932 residentes. A solenidade, realizada no Centro de Convenções, em Olinda, marca o primeiro contato desses profissionais com a gestão estadual e com os coordenadores dos programas de residência.
“A gente vem aqui hoje dar as boas-vindas aos novos residentes e desejar sucesso a todos. Eu não tenho dúvidas de que serão grandes profissionais, vão salvar muitas vidas e dar orgulho ao povo de Pernambuco. A saúde pública, junto com a segurança e a geração de emprego, tem sido um desafio de todos os governantes, e tem tido cada vez mais um olhar presente da população em cobranças justas para a melhoria desses serviços. Nós sabemos que podemos avançar, melhorar, com a capacidade de oferecer condições estruturais, condições de boas unidades. Esse é o nosso desafio permanente”, destacou o governador.
Paulo Câmara lembrou ainda os avanços no setor nos últimos anos. “Praticamente dobramos o número de leitos do Estado de 2007 até hoje. É só ver a quantidade de leitos de UTI que nós multiplicamos por cinco nos últimos 12 anos. Contratações que foram feitas, novas unidades que foram entregues, a exemplo dos três hospitais regionais metropolitanos, como o Hospital Mestre Vitalino, lá em Caruaru, e várias unidades, sejam as UPAs 24 horas, as UPAs Especialidades”, frisou o governador, defendendo que esse conjunto de ações deu condições para a saúde de Pernambuco melhorar e dar respostas mais rápidas aos anseios da população.

A residência médica e em outras áreas da saúde são modalidades de pós-graduação caracterizadas por ensino em serviço. O Estado possui 47 instituições credenciadas para ofertar os programas de residência, que podem durar até cinco anos. Do total de vagas oferecidas em 2019, 837 são de Residência Médica e 536 de Residência em Área Profissional de Saúde.

Os 202 Anos da Revolução Pernambucana



O deputado Isaltino Nascimento (PSB) exaltou, na Reunião Plenária da última quinta-feira (28), os 202 anos da Revolução Pernambucana de 1817. Conforme lembrou, o movimento enfrentou a Coroa portuguesa, alcançou a Independência e estabeleceu uma República que durou 74 dias. O parlamentar também destacou como “referência da altivez, força e luta do povo pernambucano”, o feriado em celebração à Data Magna, em 6 de março, dia que marcou o início da insurreição.

No pronunciamento, Isaltino citou pontos do projeto político da Revolução Pernambucana, como a possibilidade de mulheres votarem e a emancipação de escravos. Ele ressaltou, ainda, que a repressão pela Coroa portuguesa resultou em mais de três mil mortos e perda de áreas importantes da Província de Pernambuco para a Bahia, que apoiou a Coroa, e para Alagoas, que ainda não existia.

O socialista é autor, junto com a ex-deputada Terezinha Nunes, da lei que institui o dia 6 de março como Data Magna e feriado civil. Conforme salientou, o hino de Pernambuco e a bandeira do Estado também são legados simbólicos da Revolução de 1817.
“Fizemos um processo de mobilização aqui na Casa para consagrar a Data Magna. Foi feita uma consulta popular, e o povo pernambucano escolheu majoritariamente 1817 como referência importante daqueles bravos homens e mulheres que cerraram fileiras contra a Coroa e pagaram um preço muito alto”, prosseguiu.

Isaltino Nascimento finalizou o discurso lembrando que a Revolução de 1817 contribuiu para a Independência do Brasil, cinco anos depois. “Essa data mexeu com toda a estrutura da Coroa portuguesa”, pontuou.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.